quarta-feira, 12 de dezembro de 2007




Esse rapaz que sinto emoção
Sinto tristeza
Sinto saudade
E já me fez chorar
De alegria e de tristeza
E fala pouco comigo
É o mesmo que me faz sorrir
Que me tornou mais sensível
 Que me fez descobrir a mim mesma
Que me faz escrever
Conhecer novas pessoas
Descobrir um novo mundo
Me redescobrir mulher
Faz o brilho do sol ser mais intenso
Meus olhos brilharem
Os bem-te-vis cantarem mais bonito
Me fez mais simpática
O céu ficar mais azul
Faz a saudade dolorida ficar colorida
Em todos os momentos está presente
Como esquecê-lo?
Se me faz tanto bem
Descobri dois mundos encantados
O meu mundo
O mundo que está aí
Não quero esquecê-lo
Mesmo sentindo saudade




12 comentários:

Paula Calixto disse...

Mundo é um arder-molhado-seco-cheio envolto de nós e me volta de nós mesmos!

Ou algo assim... (;

Beijos, lindeza.

Edson Marques disse...

Eu queria ser "esse rapaz"...


Por tudo, menso por te fazer chorar!



Abraços, flores, estrelas..

Erika disse...

eu tbm estou assim, com saudade, desde o começo da semana.

beijos

www.oncoto.erikamurari.com.br

Paula Barros disse...

Obrigada Paula, Edson e Erika
sempre presentes, ajudando a amenizar a saudade.
Ou aumentando. Estou com saudade de vocês.

beijos carinhos no coração

Paula Barros disse...

Edson, cuidados redobrados
Estou precisando de substituto
Mente fértil, coração abandonado
Saudades.............

suzi disse...

QUERIDA EU TB VIVO COM SAUDADES,UM BJ COM CARINHO SUZI

Codinome Beija-Flor disse...

Paula,

Obrigada pela visita, também vou passear seu blog.
Abraços

paula barros disse...

Suzi sei da sua saudade. Realmente é enorme. bjs

Anônimo disse...

Ave Maria!...
Li, gostei, amei e também fiquei com saudades, uma saudade dolorida e colorida como você fala, mas, gostosa de sentir.

bjs,
Iza Varejão

paula barros disse...

Obrigada Iza pela visita, pelas palavras, esta saudade é que me move e aprofunda o sentir.
Volte sempre
bjs

Maria Cecília disse...

ô mulher, é uma pena que algumas pessoas sejam tão medrosas, receiosas, que não percebam, que deixem de conhecer uma pessoa tão especial quanto você, mas é assim mesmo! Tem o dor de escrever, de ancantar, de emocionar, mas não tem a capacidade se se conhecer, de se achar capaz de despertar sentimentos lindos! Cheiro grande, amo tuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

Paula Barros disse...

Obrigada irmã. Escrevendo bem hem!
Pois é, assim são as pessoas.
Mais tenho tu.

beijos no coração.