sexta-feira, 18 de janeiro de 2008











Levei o bebedouro para o jardim da casa da minha mãe. Acredito que às vezes precisamos reavaliar os sonhos. Fazer um bom planejamento para não ter frustrações.

3 comentários:

Codinome Beija-Flor disse...

Paula,
Não há sonhos sem riscos. Logo alguma frustação... é quase inevitável.
Bjos

Osc@r Luiz disse...

Paula, querida,
Concordo com a Esfinge.
Quanto ao bebedouro, já tive muitos relatos de pessoas que o abandonaram por colocar água com açúcar nele e ver o açúcar fermentar e infelizmente matar os pássaros involuntariamente.
No chalé que eu entrei o ano, em Porto Belo-SC (que eu ainda vou postar), tinha uma árvore ao lado que atraía só que eu pude identificar 5 espécies diferentes de beija-flores e em quantidades que eu jamais havia visto. Vou postar as fotos desta árvore pois quero alguém que me diga do que se trata pra que eu possa plantar lá na Chapada dos Guimarães, meu refúgio.
É um enorme prazer receber as suas visitas frequentes e ter o privilégio de visitar esse seu cantinho que tanto soma à minha aprendizagem.
Beijo!

Layla Lauar disse...

Oi Querida

As vezes é bem melhor que os sonhos sejam apenas sonhos...alguns se realizam e acabam se transformando em pesadelo, aconteceu comigo.

Beijos, um lindo sábado