domingo, 2 de março de 2008



Na dança
Dança a alma, o corpo, a mente
Se conhece, é conhecido, interage, faz amigos
Danço para me divertir, para lembrar, para esquecer
Quando danço a vida dança mais ritmada
Dançando aprendi a aceitar elogios, a entender algumas mentiras
Aprendi a disfarçar algumas verdades, e a sorrir
Na dança fui me soltando, superando problemas
Por causa da dança também já criei problemas
Mas todos os problemas ficam pequenos quando danço

Para dançar é preciso entender quem guia e quem é guiado
É preciso respeitar o outro

A lidar com os limites, seus e do outro
Aprendemos o momento de parar , de seguir e de recuar

Ir para direita e para esquerda
Ter jogo de cintura
Flexibilidade
E tolerância
Se não, não dança
Se não, não se convive
A cada passo da dança a vida passa

Passa mais animada


Alguns dançarinos usam esse tipo de sapatos.

8 comentários:

Edson marques disse...

Paula,

Hoje eu te respondi diretamente lá no blog Mude, nos comentários.


Depois voltarei aqui, para dançarmos!

Abraços, flores, estrelas..

Akicage disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

wilson rezende disse...

Dançar é uma das melhores coisas da vida...faz um tempão que não danço rsrsrsrs.

Professor Sergio disse...

oi Paula! vc fez-me lembrar do blog da Adélia (A dança das Tulipas). Por várias vezes li post no blog dela sobre A DANÇA DA VIDA. E sempre comento, que nesta dança, o que não pode é perder o compasso! abraço e bj Paulinha

Professor Sergio disse...

Tem post e presente especial para você no meu blog neste domingo maravilhoso! bj Paulinha

Chuvinha disse...

A dança tem o poder de nos soltar...e no balanço dos passos, balança a nossa libido também.

Ricardo Rayol disse...

deixemos a dança nos levar

Anônimo disse...

QUERIDA PAULA.DANÇAR COMO VC BEM DISSE SE SOLTAR ,DEIXAR O OUTRO LEVAR SE ENTREGAR ,DANÇAR COM A ALMA.EU AINDA NÃO SEI DANÇAR MAS UM DIA CHEGO LÁ .ADOREI A FOTO DO SAPATO BRANCO E PRETO UM BJ SUZI