terça-feira, 15 de abril de 2008


Alcântara - MA - foto Paula Barros
*
*
*
Emoção e entendimento não combinam.
Querer compreender a emoção é matá-la aos poucos
Não questione as emoções
Viva
Sinta
O ser humano tem mania de querer entender tudo
Querer explicar o que sente
Enquadrar em certo e errado
Tem medo do que não vê
Se o sentir faz vibrar
Assusta-se
Quer explicação para o que deveria ser sentido
Altera o fluir das emoções
Aprisiona os sentimentos na razão
Quer entender
Quer explicação
Passou
Não sentiu
Não vive
u
*
*
*

13 comentários:

Layla Lauar disse...

Está certa amiga...como já disse a grande Clarice Lispector:

Renda-se, como eu me rendi.
Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei.
Não se preocupe em entender,
viver ultrapassa qualquer entendimento.
.

Explicações para quê?

belo poema, gostei por demais

beijos mil procê!

Anônimo disse...

Paula faço só para você
Todos meus versos com prazer
Em cada frase, um beijo
Em cada parágrafo, meu desejo.

Em todo instante que eu te leio
Você faz bem por merecer,
É quando estivesse anoitecendo
Eu te leio até o amanhecer.

Mais versos não vale nada
Não te quero impressionada
Com os versos que eu fizer
Quero dizer-te as verdades
Deste coração que te quer.

Revelando minha grande ansiedade
Esperando encontrar-te
linda como és
Para sussurrar aos teus ouvidos
Estes versos tão doidos

Meus poemas são cartas e canções,
Nascidas do coração
Porém, quem se interessar
Copiá-los para sua amada,

Não se iluda fazendo
deles suas palavras,
Porque, neles, existe a essência,
Da Paula poetisa, menina e mulher!!

Nana Lopes disse...

Cada dia que passo por aqui ha uma imagem e textos mais lindos que o outro...

Roberto Mauro disse...

Paula, muito obrigado pelos seus comentários, voce tem o dom de entender.de me entender. Parece as vezes, que não estou escrevendo e sim conversando
com voce. Uma mesa, dois copos de uma bebida qualquer,uma vela trêmula de luz, um diálogo de letras, sem sexo, sem nexo,sem corpo, mas se entendendo.Eu converso meus posts voce responde seus comentários.As almas entendem...

Chuvinha disse...

O melhor sabor está no inesperado. O beijo roubado, o coração acelerado,a semente de algo que não compreendemos. Essas são verdadeiras emoções. Muitas estão prontas dentro de nós apenas esperando a ocasião...o impulso.

MONICAVOX disse...

querida paula, o ser humano é um poço ainda de mistérios.queremos nos conhecer, mas ao mesmo tempo nos entregar ás emoções.
tudo é válido, desde que seja com consciência.é esse mundo interior misterioso que fascina a humanidade há milênios.se não fossemos buscá-lo, seríamos ainda das cavernas.
há que se deixar levar pelas emoções também, e depende muito de cada um.sou muito racional ás vezes,não me deixo levar com facilidade,mas também, sou intensa no sentir...paradoxo total.
olha, escreva sempre o que quiser e achar em meus coments.são as diferenças que leio que me fazem refletir mais e mais.obrigada sempre.

bjus e tenha um otimo dia..
walk on forever,monicavox

Ricardo Rayol disse...

não quero entender tudo mas quero que tudo me entenda.

Milady disse...

Ah, eu nem me preocupo mais em entender nada, Paula! Já sei que a parte mais interessante é justamente sentir... Então, vou tentar entender pra quê?!

E assim vou vivendo e aproveitando!!!!

beijos

Alisson disse...

O racionalismo excessivo é um vício terrível, como eu posso atestar acerca de mim mesmo. Não se pode saber tudo, explicar tudo, controlar tudo. Uma hora temos de deixar fluir. Se o medo ainda nos faz correr em busca da salvação, o pânico nos paralisa. E isso não é bom.

Que bom que você gostou da dedicatória, minha linda...Você merece muito mais do que simples versos meus, todos de "pés quebrados"...

beijos

a.h.

sergio disse...

EXISTEM FATOS E COISAS QUE ACONTECEM NAS NOSSAS VIDAS QUE NÃO VALE A PENA BUSCAR EXPLICAÇÕES E O JEITO É, VIVER O MOMENTO PARA NÃO SE ARREPENDER MAIS TARDE. BJ E ABRAÇO AMIGA PAULINHA!

bruxinha disse...

O Sergio tem toda razão. Viva este momento Paula! bj magico para ti

Anônimo disse...

Passeando pelos blogs
em um Lan House, estou no seu e por curiosidade vim ler esses comments. E me impressionei com um poema escrito por Roberto Mauro.
em forma de comentário.
Paula Barros, a força, a intuição, a beleza, a singeleza. A vela acesa com o não sexo. Isso é muito profundo e lindo. Parabens por ser o motivo desse comentário.

Meu nome é Maria Elena Ribamar
meu e-mail é mel.ribamar@bol.com.br

entrei como anonimo por estar em uma Lan.
Abçs.

Bandys disse...

Paula,
Curta, viva, sinta!O resto?
Ah o resto deixa pra lá.
Beijos