quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Sol, mar, ar, azul, verde, bem-estar, carinho...


Quando você diz que está triste, tenho vontade de colocar a sua cabeça no meu colo e dar dengo. Quando você diz está cansado,tenho vontade de fazer massagem para você relaxar Quando você diz que viajou ou vai viajar, tenho vontade que volte logo. Gosto de ter notícias e rezo para que sua viagem seja boa e tranqüila. Quando demoro a falar com você,tenho uma saudade enorme. Quando você diz que está cheio de tesão, tenho vontade de estar juntinho para trocarmos os tesões. Quando você telefona, tenho vontade de correr para me encontrar com você. Meu coração bate acelerado, o sorriso fica estampado. Quando você diz para vivermos o presente Concordo e vivo. Mas sempre desobedeço. Porque sei que amanhã ainda estarei pensando em você

21 comentários:

small cap stocks disse...

thats amazing story.

edson marques disse...

Sou adepto das paixões desse tipo: desgovernadas e dançantes.

Procuro tê-las muito, e sempre.

E muitas!


Abraços, flores, estrelas..

vilminha disse...

hum querida paula, impossível não querer desobedecer pois o coração tem razões e emoções e não obedece o racional. Parabéns seu poema esta maravilhoso gostei muito dessa parte "Quando você diz que está cheio de tesão Tenho vontade de estar juntinho para trocarmos os tesões" enebriante isto. Obrigada pelo seu carinho deixado no meu blog amei suas palavras. Beijos e eue Deus te ilumine sempre, porque dai assim venho aqui me deliciar em seus poemas.

Poeta Mauro Rocha disse...

Bonito poema!!!

Zek disse...

Como é bom ter alguem né... para a vida inteira, para daqui a pouco, para depois de amanha,para se dar, para receber !!!!

Lindo poema, e obrigado pelas sempre tão gentis palavras!!

abs

sergio disse...

Paulinha.. isso é pura sinceridade e cumplicidade em forma de poesia. Como fico feliz quando fico sabendo que desta forma e havendo reciprocidade, tudo fica mais colorido. Abraço e bj querida amiga

Everson Russo disse...

Uau,trocarmos tesoes,te desobedeço porque amanhã ainda estarei pensando em ti, o mais interessante disso, do amor, da paixão, daquela coisa cega que nos cega, que não temos a menor ideia de quando começa, não sabemos se vai acabar, so temos a intensidade, e mesmo assim,não sabemos o quanto, do que somos capazes em loucura e em amor, em desejos, em alucinações....tenha uma linda quinta feira minha adoravel poetisa, beijos na alma e muita inspiração e muito amor ao seu dia...

Glayce disse...

esse último verso é liiiindo!!!!

beijos

Ricardo Rayol disse...

paixão é muito bom.

elane rebello disse...

lindo demais!!!vc é maravilhosa!!!
qdo ha reciprocidade até a saudade fica mais branda!!
bj

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Que linda foto e que lindo poema, Paula! vc tem o dom mesmo! também eu, Paula, modéstia à parte, fiz um post lindo, em que publiquei obras de vários amigos da Blogosfera. Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blospot.com
Um beijo,
Renata
PS: A sua presença para mim é certa, não me decepcione

Antonio Ximenes disse...

O melhor amor é o do dengo e o do chamego.

O melhor amor é aquele do apelido engraçado que a gente batiza um ao outro.

O melhor Amor é aquele que se parece mais com a Paixão.

Abração pra tu.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Paula, minha amiga:
O que onsidero MEU post é a crítica ao filme. Então, basta lê-la e comentá-la. Se tiver curiosidade de ler tudo o que está publicado, venha um poquinho a cada dia, principalmente porque gosto de dar uma força para os amigos da Blogosfera, publicando-os. Não precisa ler tudo de uma vez, nem eu tenho paciência. Esclarecido, linda?
Mil beijos da Rê

F. Reoli disse...

Como é bonita a cabeça das mulheres românticas... gosto tanto... beijo!

Pedro disse...

Mas é uma desobediência válida...

Pipinha disse...

Olá querida Paula, obrigada pelas suas palavras amáveis no meu cantinho.
Gostei muito deste texto!
Viver sempre o presente, mas pensando um pouquinho no amanhã, é isso mesmo!
Boa noite com muito carinho, paz e alegria no coração.
Beijinhos carinhosos e abraço meiguinho.

álisson da hora disse...

sorte do acalentado...

Daniel disse...

Esse poema pareceu aquelas cartas de amor adelescente rsrs. Lindo poema, parabéns! Bjus.

http://so-pensando.blogspot.com

Deusa Odoyá disse...

Oi amiga Paula.
Muito lindo e sublime esse poema.
Te aguardo no meu cantinho.
fique na paz.
Regina Coeli.

Dr. Fácil disse...

Linda poesia. Muito fofa! Beijos!

O Sibarita disse...

Oi dona moça! Hummmm... tá que tá né fia?

Um texto belo que diz o quanto ama!

-Raapaaazzzzzzz! kkk
-O que?
-Oi sei não, viu? Mas...
-É abra o olho que você não é japones! kkkk
-E eu pensando...
-Pois é! É denorex, parece mais não é! kkk
-Xiiiiiiii vou embora! kkk

bjs
O Sibarita