quarta-feira, 19 de dezembro de 2007




Estou tonta de tanto girar por aí
Vi cenas maravilhosas
Vi cavalo de pelos prateados levando a mais bela estrela, feliz
Vi a linda estrela, a mais bela, sendo cavalgada, feliz
Vi tantas coisas e senti
Quero mesmo é ser um girassol ou um copo de leite
Ficaria ali a noite toda
Cheirando poesia
Um girassol mergulhado num copo com leite
Observando e sentindo
Girando a cada movimento seu
Acompanhando a sua luz a brilhar
Podia até brilhar junto a estrela
Você é o astro rei
E eu o girassol feliz



9 comentários:

Layla Lauar disse...

Lindo por demais..emocionada, feliz !!! obrigada, obrigada, obrigada. Você é um amor...vou te linkar...

Beijos mil porcê.

Edson Marques disse...

Paula,


Acabo de chegar, trazendo a Aurora em meu colo.

Madrugadíssima...

Adorei as figuras. Tuas metáforas cavalgam a Poesia.

Abraços, flores, estrelas!

paula barros disse...

Queridos, Edson e Layla
agora estamos os três aqui.
Sendo o que podemos ser.
O que queremos ser
Sendo muito mais do que tudo isso
Nos permitimos ser...
Todos temos asas....


obrigada pela inspiração
obrigada por terem vindo
E juntos sigo sentindo...

Beijos

Erika disse...

Edson é uma inspiração e tanto.

Ficou lindo.

Beijos

www.oncoto.erikamurari.com.br

Dalaila disse...

e nessa tontura e nesse girar se encontra o sol para que não percamos as pétalas

Ana disse...

És fascinação ...amor

paula barros disse...

erika, dalaila e ana vocês são uns amores. obrigada
beijos no coração

Paulo Palavra disse...

"Como um girassol, como um girassol. Amarelooo!!"

paula barros disse...

Oi Paulinho que bom vê-lo por aqui.
Volte sempre.
bjs