segunda-feira, 28 de abril de 2008

Estava atrasada. Quase não deu tempo de fechar a porta. Não se controlou e foi se despedir. Algo mais forte a impulsionava a ficar um pouco mais com ele. Um beijo, um olhar, uma carícia. Entrega-se da forma dela. Com seus receios, com as fantasias, corpo trêmulo, o desejo que só ela sabe o quanto a deixa desnorteada. Ele? Sempre quer mais. Nunca está satisfeito. Quer que ela se solte, grite alto o seu desejo. Não para ele escutar, ou os outros. Mas para ela própria escutar.

12 comentários:

Anônimo disse...

Sou o relógio que te atrasa,
A porta que se abre,
O coração que te espera,
O sono do seu cansaço,
O grito do seu ser,
O susto do seu medo,
A musica da sua dança,
Sou sua volta, sem ida,
Sua energia e matéria.
Hoje sou eu sem você
Perdido numa noite sem fim.

Bia disse...

"Quer que ela se solte, grite alto o seu desejo. Não para ele escutar, ou os outros. Mas para ela própria escutar."

É sempre gratificante ver um 'ele' que não se importa apenas com o próprio prazer, mas que quer dar para a parceira muito além daquilo que seu corpo pode experimentar... quer dar a 'ela' o prazer de se conhecer não apenas como mulher, mas como 'gente'.

Gostei deste texto, amiga! Como sempre, mostrando a tua sensibilidade.

Ficam sorrisos, pétalas e beijos, desejando que tua viagem continue a ser inundada de alegrias, surpresas e muito prazer.

Edson Marques disse...

E se ela não escuta?!


Vim te perguntar por que andas sumida?

Ou, sumida, corres?!

Abraços, flores, restrelas..

MONICAVOX disse...

querida,esses são momentos para se lembrar pelo resto da vida.Taí a emoção,uma bela recordação, a esperança da repetição daquilo que nos toma de assalto.
Aproveite e curta o momento.Te desejo muita sorte e felicidade.

Beijos e saudades,
walk on forever,monicavox

Isaque Viana disse...

Paula, que lindo, cara!
Caramba...

Adorei isto aqui, ó:

"Não para ele escutar, ou os outros. Mas para ela própria escutar."

Lindo, Paula!
Lindo.

Beijão

sergio disse...

Como diz minha amiga: EITA PESTE...
Algum momento inesquecível ficou marcado, registrado e historiado por ti Paulinha! Bom proveito na sua viagem! olha, se forem para ilha do mel, evitem paranaguá, vão por pontal do sul.. bjs

Betho Sides disse...

Esses gritos são díficeis, só a mente escuta...então é besteira gritar, o som não sai! O o corpo sente. beijos

Paulo Roberto disse...

Isso aconteceu com vc quando voltou de viagem?
Tem um video no meu blog, gostaria muito que vc assistisse.
Um abraço!

Milady disse...

Fala baixinho.. bem baixinho... num sussuro... que a tua alma escuta!

beijos

Codinome Beija-Flor disse...

às vezes o silêncio fala tão mais alto, diz muito mais.
Bjos

novo leitor disse...

"E se você desejar do fundo do seu coração que seja verdade
Então para você a realidade nada mais será do que um reflexo da imaginação"

continue a escrever como sempre.
adorei o seu blog

Chuvinha disse...

Algumas coisas precisam ser ditas para nós por nós mesmos.