sexta-feira, 13 de junho de 2008




Sexta-feira - 13.06.08



Estou em Niterói. Andando um pouco só. Sempre explorando lugares.Essa viagem não é só lazer, até porque não combina comigo me desligar de tudo, até gostaria.Tem sido um resgate de histórias familiares. Não que tenha procurado saber das coisas do passado. Basta uma boa escuta. Tios e primas decidiram trazer o passado. É remontar um quebra-cabeça. É saber de histórias que não sabia. É descobrir que o certo é o errado, o errado é o certo, que o bom é o mau, o mau é bom. E na verdade não tem certo, nem errado, bom, nem mau. Tem seres humanos, com histórias de vida, com visões diferentes do mundo, e de um mundo que até era comum a todos. É constatar que o ser humano é uma caixinha de surpresas. É perceber que se cada um se colocasse no lugar do outro, ouvisse o outro, prestasse atenção as situação, a vida seria mais fácil. E outra constatação, o ser humano sofre, pelos valores que ele atribui as pessoas e objetos. Minha nossa! Quantos problemas são minimizados quando mudamos o valor que damos as situações. Mas não é fácil. Não é fácil.

19 comentários:

BAh disse...

Eu costumo dizer que o grande segredo de tudo está em aprender a lidar com as pessoas e com as situações. É, para mim, um passa-tempo delicioso estudar as pessoas e seus comportamentos; seus valores e a forma como cada um encara seus problemas.
Não é fácil mesmo. Mas é um desafio maravilhoso!

BAh disse...

Bom final de semana!

sergio disse...

Paulinha, somos o produto do meio e portanto, crescemos com essa influência. Sem querer (as vezes) nos passam situações e cremos que seja verdade. O tempo mostra que em certos momentos nossos conceitos estão equivocados. Nada que possa reavaliar e recomeçar. Por isso temos que rever nossos conceitos, para que não estejam superados. Abraço e bj querida amiga

Isaque Viana disse...

Paula, pq a gente não marca alguma coisa?
Já que cê tá aqui no rio???
Eu tenho oficina de teatro em nikit amanhã. Saio 17h... a gente pode tomar um suco, sei lá.
Enfim, veja aí moça.

beijo!

Layla Lauar disse...

Bem...como meu material de trabalho é o ser humano, já estou acostumada com essas contradições, verdades e mentiras trocam de lado, conforme a visão de quem as contam.

um beijo

Betho Sides disse...

De volta ao passado! Isso não é nome de um filme?...hehehehehe, bewijos e bom final de semana Paulinha e aproveite

Poeta Mauro Rocha disse...

O valor das coisa é medido pelo ângulo que as pessoas determinam.Não é fácil, mas quem disse que seria.

Um beijo e um ótimo fim de semana.

MAURO ROCHA

Rêê disse...

oláá qerida
saudades
beijus

edson marques disse...

Essas histórias requentadas, algumas mal contadas, precisam mesmo ser recontadas.

Escreva-as, se puder.

Abraços, flores, estrelas..

O Sibarita disse...

Dona Paula curta bem, viu? O que levamos da vida é isso!

É fia, tá tudo certo! Mas, pergunto: não volta mais não, é? Hummm... kkkkk

E o Santo Antonio como é que é você fez alguma simapatia dai do Rio?

Fez não, foi? kkk Então, vá no Sibarita ler sobre o Glorioso Santo Antonio! kkk

-E ai Santo Antonio?
-E ai que ela no Rio se esqueceu até de mim, sei não, viu?
-ô foi? kkk Que mulher é essa meu Santo Antonio? kkk
-Oi não pergunte a mim não! EU TÔ É RETADO com ela, nem uma oraçãozinha, vou esperar ela para o ano que vem, eu sei que ela não vai está no Rio e ai eu quero ver como é que vai ser! rsrssr
-O que é isso Santo Antonio? O Senhor é vingativo, é? Ai Deus! kkk
-Sou vingativo não! Mas, ela me esqueceu só porque está no Rio, então, bom então...
-Xiiiiiiiiiiiiiii.... Se cuida fia!kkkkk

bjs
O Sibarita

Pedro disse...

Gosto dessas histórias desconhecidas do passado.

MONICAVOX disse...

querida Paula, aproveite muito sua viagem e é bem verdade, somos todos uma caixinha de surpresas, boas e ruins, e algumas mais ou menos.....bjus , e saudades,
walk on forever,monicavox

Marcelo Báfica disse...

Temos que aproveitar cada momento embora as vezes não seja o objetivo imediato.
Bom final de semana.

Bj.

Fábio Mayer disse...

Oi!!!

Eu postei fotos da Serra Gaúcha, já em três ocasiões. Cadernos de Viagem - Serra Gaúcha, são os títulos.

Hoje tem novidade sobre isso lá no blog,mas procure nas postagens anteriores que encontra as demais.

laura disse...

Todos nós somos caixinhas de surpresas. Certa vez, depois de uma noite juntos,
um amigo nosso disse.
eu queria muito ser fiel, ou mentiroso, e esses sinonimos eu não sou. Até uma próxima vontade.
Fui embora batendo a porta com raiva.
E voltei uma semana depois, ele me olhou riu e perguntou
- Quer um vinho ?
Somos uma caixa de surpresas ou não?
nós nunca sabemos como agir amanhã.
Ficamos por conta das surpresas que damos a nós mesmas.
não é fácil, mas é assim.

Um beijo do Canadá p/voce. Amanhã chego a Ottawa.

Pedro Ivo disse...

Eu costumo falar, que o homem é seu maior problema, se ele se auto analisar e para de jugar ao próximo, muitas coisas mudariam.

Beijos.

wilson rezende disse...

Passando para desejar um ótimo domingo Paulinha, um grande beijo.

Menina do Rio disse...

Os problemas são sempre do tamanho que os imaginamos. Bem vinda ao Rio!

Um beijo de boa semana

Milady disse...

ser humano é um bicho engraçado mesmo!!!! e o mais engraçado parece ser a questão de que é difícil que as pessoas pensem em simplificar as situações... é muito mais fácil ficar centrado apenas em si mesmo...

Volte logo!

beijos