quarta-feira, 5 de novembro de 2008

O tempo passa......

O tempo passa
Passa com ele
As certezas e incertezas
Vem mais...

O tempo passa
A emoção se modifica
O que era
Já não é mais...

O tempo passa
As lágrimas por falta de entendimento
Viraram sopros de alívio
Do carinho que não era sentido
Hoje já na faz mais sentido
O olhar que era mudo
Da mudez que cegava J
á não incomoda mais....

O tempo passa
A ausência nem é percebida
A falta de contato não incomoda
Tudo que era importante J
á não é mais
Você se foi
Nem percebi
Só percebi quando voltou
 E não mais me emocionou
A sua ausência nem foi notada
Ela não incomodou
As lágrima já não rolavam
O tempo passou....... 

31 comentários:

tossan disse...

É assim mesmo, tudo se renova, até as pessoas e seus sentimentos. Olhe sempre para frente você encontrará o que está procurando. Eu encontrei. Bj

Beatriz disse...

O tempo passa e com ele passam também os sonhos e tantas coisas mais...

Um poema, amiga, que nos mostra a atuação inexorável do tempo. Belo poema!

Te deixo o sorriso de um anjo enfeitando as horas do teu dia e meu beijo num carinho.

Recanto de Sonhos disse...

Achei triste o poema.Uma volta que não emociona mais,uma ausência que
não é percebida.Não foi só o tempo que passou.O amor também.
Beijos,Paula.Um dia iluminado pra você.

Márcia(clarinha) disse...

E passa correndo, ontem era domingo, hoje é quarta e amanhã 2009.
O que foi, foi...
Vivamos agora, já!

lindo dia flor
beijos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Paulinha, o tempo passa e nós passamos com ele, mas olhando sempre em frente encontras algo, que te fará feliz...

Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Homero, O Tosco disse...

Um dia tudo acaba, alegria, tristeza, amor, paz, pizza, bolo,amor, ódio, carnaval, festa, vida, guerra, férias, sorte, azar, enfim Tudo acaba, vira poeira e um dia até mesmo a poeira deixa de existir.

Abraços

Everson e Izi disse...

VAmos por assim dizer, o tempo é interessante em todos os cantinhos da nossa vida, no amor é aquilo que já comentamos, inclusive eu falei de Junho, uma musica minha, as vezes estamos amando intensamente,e o tempo parece pequeno, sofremos aquela ansiedade e o medo do fim, as vezes pedimos um tempo, sinal que o amor já nao tem a mesma força de antes, e se muito tempo ficamos, podemos acostumar com a ausencia e daí, vida que segue, fila que anda, é muito complicado sentirmos falta de alguem, e depois sentirmos que nao faz falta esse mesmo alguem...aquele velho conflitozinho que nos cerca dia apos dia....beijos na alma e uma linda tarde de quarta pra ti....

Lilith disse...

Nossa...todos os seus poemas são muito bonitos, mas esse em especial, me deixou um tempo parada, olhando pra tela e refletindo... "Nunca posso permitir que isso nos aconteça..."

Ficou muito lindo. Mesmo. Triste, mas lindo demais...

Bj imenso

ex-controlador de tráfego aéreo disse...

Oi Paula,

Mais uma estação.

Esta é a primavera, a da renovação da vida. Tudo agora renasce, brota, cresce, floresce e aparece, para cumprir o ciclo da vida.

Eu vejo essa vida toda renascendo em cada leitura que faço aqui, em você.

E o mar hoje, como está?

Um beijo com muito carinho, Paulinha!!!

Recanto de Sonhos disse...

Achei triste e belo o poema.
Lembra o Samba da Bênção?

"É melhor ser alegre que ser triste.
A alegria é a melhor coisa que existe.É assim como a luz no coração.
Mas,pra fazer um samba com beleza
é preciso um bocado de tristeza,
é preciso um bocado de tristeza,
senão não se faz uma samba,não..."

Poesia é expressão dos sentimentos,
todos e quaisquer sentimentos.
E você,Paula,se expressa otimamente
bem nos seus versos.
Um beijo,uma ótima tarde.
Amarísio

Layla Lauar disse...

o "para sempre" só existe nos contos de fadas... por isso vivo cada momento, intensamente, como se fosse o último, ..mas sei que tudo passa...e por ser assim, que passou meu tempo no virtual, deixo aqui meu beijo, meu abraço, votos de felicidade, de sucesso com o blog e meus agradecimentos pelas suas palavras gentis e de apoio.

Inté +

seja feliz, se faça feliz!

Vivian disse...

..vou mais longe, minha linda!

o tempo enexoravelmente passa sim.
mas as marcas deixadas por ele,
estas apenas se acentarão como
lembranças de tempos vividos.

quanto ao amor,
este se passou não era amor,
e sim paixão, esta que se
desvanece sem o sopro das brasas
incandescentes.

o tempo passa.
assim como tbm
passamos nós.

fui longe eu sei.

mas fui levada
pelo movimento
do tempo.

tempo de aprender,
tempo de saber
que tudo é efêmero,
menos o amor.

senão não seria amor.

bjussssssssss, linda poetisa.

NOCTURNO disse...

Parece-me que ainda há algo dentro de ti. O desabafo pode servir como um último suspiro de quem te tocou tão profundamente.

Beijo nocturno

Peter Pan disse...

Oh, Doce e Encantadora Amiga:
Escreve sempre "coisas" tão lindas. Belas. Doces e Puras.
Fascina, sabe?
Quanta ternura jorra de si e do que é.
"...O tempo passa
As lágrimas por falta de entendimento
Viraram sopros de alívio
Do carinho que não era sentido
Hoje já na faz mais sentido
O olhar que era mudo
Da mudez que cegava
Já não incomoda mais...."

Uma mensagem enternecedora. Tão perfeita do seu majistral e lindíssimo sentimento.
Incrível de genialidade poética maravilhosa, fantástica e terna.
Excelente. Adorei, linda amiga.
Parabéns sinceros e sentidos.
A pessoa que é, fascina e enternece.
Sempre a estimá-la e arespeitá-la imenso.
Beijinhos da mais pura e franca amizade.
O amigo que não a esquece, nem poderia.

p.pan

TODO NOSSO disse...

Gosto da seguinte frase:
"Sofremos mais pela perda de uma ilusão, do que pela perda de uma realidade"

ms prossigo sempre, acalentando sonhos, pq minha vida está nas minhas mãos!!!
gde abço Paula!!até dia 18 estarei com muitas provas pra estudar,mas depois, voltarei com mais tempo,
pode deixar,q nao irá se livrar de mim!!
abçaooooo

Lane

Olhos de mel disse...

Oie linda! Não tente entender a vida, porque ela é concreta nos viveres e abstrata nos sentires. Assim como os motivos que nos levam as lágrimas num dia, no outro nos fazem sorrir. O que pensamos ter, de uma hora pra outra, já não temos. Mas precisamos sonhar, acreditar e continuar a caminhar. Porque precisamos vencer as etapas e cumprir a missão. Apreciar o belo, viver intensamente o que nos for permitido e tentar não sucumbir a decepções que nos espreitam pelos caminhos. Sorrir ainda que um sorriso triste, porque mais triste, é a tristeza de não saber sorrir.
Fique bem! Beijos

yehuda disse...

tudo passa
tudo se quebra
na fica como era
nada é como se espera
nem a maçã nem a pera
que bom que era
que bom uma nova esfera
o sempre o mesmo
não tem tempero

meus instantes e momentos disse...

Para uma adeus,não se precisa de aceno, nem lágrimas. Para um adeus apenas o efêmero do nada, que nem precisa de tempo ou saudade, é simplesmente sair, um adeus que nem precisa de adeus....!
.
Roberto Mauro

Jardineiro de Plantão disse...

Paulinha, que post triste o seu hoje, que lamento... Se lembre que existem mais marés que marinheiros... quem sabe se não se está escrevendo por linhas tortas e encontra na abstracção do seu sentir os momentos que espera e a iluminem.

Abraço

furanzao disse...

O tempo passa...
viver o hoje, o agora,
algo necessário.

O tempo fica presente,
apenas, em memória,
alegrias devem ser lembras,
as desgraças rejeitadas.

O tempo permite,
o existir,
o viver, e o reconstituir.

O amor é conseqüência de tempo,
que passa lentamente
ou rapidamente,
basta controlá-lo com esmero.

bjao amore.......boa noite

furanzao disse...

O tempo passa...
viver o hoje, o agora,
algo necessário.

O tempo fica presente,
apenas, em memória,
alegrias devem ser lembras,
as desgraças rejeitadas.

O tempo permite,
o existir,
o viver, e o reconstituir.

O amor é conseqüência de tempo,
que passa lentamente
ou rapidamente,
basta controlá-lo com esmero.

bjao amore.......boa noite

Thiago disse...

gosto do tempo, justamente por esses feietos e causas dele!

Thiago disse...

nossa, efeitos!

HSLO disse...

"És um senhor tão bonito
Quanto a cara do meu filho
Tempo tempo tempo tempo
Vou te fazer um pedido
Tempo tempo tempo tempo
Compositor de destinos
Tambor de todos os ritmos
Tempo tempo tempo tempo
Entro num acordo contigo
Tempo tempo tempo tempo
Por seres tão inventivo
E pareceres contínuo
Tempo tempo tempo tempo"

Esse é um trecho da música "Oração do Tempo" - de Caetano Veloso e, é interpretada pela diva Maria Bethânia.


Abraços...e beijos....

Daniel disse...

Só o tempo é capaz de currar as feridas... O Tempo é realmente o senhor da razão! Bjus.

http://so-pensando.blogspot.com

Olavo disse...

Lindo parece que eu escrevi este sentimento:
"Você se foi
Nem percebi
Só percebi quando voltou
E não mais me emocionou
A sua ausência nem foi notada
Ela não incomodou
As lágrima já não rolavam
O tempo passou"..
me tocou fundo agora..
Obrigado pela visita..volte sempre que quiser é muito bem vinda..
beijos.

Olavo disse...

Ah..esqueci..muito..mais muito bom seu blog..posso linkar vc?

Léo Mandoki, Jr. disse...

Nas primeiras aulas de Filosofia a gente aprende, com Heráclito, que só nos podemos banhar uma vez no mesmo rio.
O tempo que passa é mesmo o tempo que passa
é por isso que eu abomino as RECAÍDAS
e mulher tem uma tendencia natural para RECAÍDAS
putzzz
cada dia que passa gosto mais de vc viu!!

Gerlane disse...

E, ainda bem que passa, querida Paula! E com ele, vão-se as dores e o vazio.

Beijos!

MIL disse...

Me envolvi com este poema. Lendo, me senti parte dele, tomei-o. Meu sofrer, igual, passou.

Tempos vividos, bom tê-los experimentado... ensinaram-me a preencher melhor, com mais amor, meus espaços vazios.


Visitei seu lugar com prazer!

João da Silva disse...

Lindo, Paula, lindo mesmo. Você descreve o "samsara" da vida de uma forma doce, elegante, profunda, feminina... Amei!
Beijinhos carinhosos do João