quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Me intriga
O cheiro de relva que sai dos teus cabelos
Me dá vontade de plantar os dedos
E sentir brotar carinhos
 

34 comentários:

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Paula, esta frase é sua? Bonita e bem elaborada, seja de quem for...
Trabalho numa cidadezinha do interior do Rio, que recebeu o nome de Mendes, dizem que tem o quarto melhor clima do mundo...
É que lá perto tem um hospital psiquiátrico, aí já viu né...
Fiz um conto baseado na estória desse senhor comigo...rs
No final eu enforco ele...rs, aí já no céu, termino o conto com ele fazendo as tais perguntas para São Pedro,agora já o meu destino...um dia eu posto o conto, é que é meio grande e as pessoas não tem muto tempo para ler, mas é engraçado...um abraço na alma

traços de um homem disse...

Brotar carinhos..significativas palavras..muito significativas..
Beijos

Iúna disse...

muito lindos os versos.
desses que a gente nem pode comentar, é quase uma invasão de privacidade fazê-lo, perdoe-me a ousadia em dar palpite na beleza de seus versos, mas de fato são comoventes.

Franzé Oliveira disse...

Quando a gente ama tudo é bom, tudo é festa. Adoro o chamado cafuné, é muito bom. Bjos.

Café da Madrugada® Por Lipp & Van. disse...

Versos simples.
Que dizem tudo =)

Van.
=* Beijoooos!

Nanda Assis disse...

ai que frasezinha mais doce!!!
gente isso sim é boa prosa!

bjosss...

FRAN "O Samurai" disse...

Oi Paula!

Bato palmas por essa mensagem tão inspiradora! Acredito que todo local que se planta os dedos, sempre brota um carinho bom! Hehehe! E como brota...

beijos.

Diego disse...

Gostei do "brotar carinhos"!

Beijos,

Vivian disse...

...pura inspiração!

que lindaaaaaaaaa!

bjussss

Maria disse...

Que coisa mais linda!!!!!!

Beijos!

Daniel disse...

Me amarro em cafunés rsrs. Bjus.

http://so-pensando.blogspot.com

Gilbamar disse...

Ah esse inteligente jogo de palavras tão próprio de quem sabe direcionar os vocábulos com criatividade e formar belos textos!
Exatamente como esse poema sucinto a dizer tanto.

Fraterno abraço do amigo Gilbamar.

tossan disse...

Inspirou mesmo! Mas deve ser o shampoo de boa qualidade. Bj

Mai disse...

Imagem bonita, amiga.

Plantar os dedos na relva dos cabelos.

Deixou um sabor do be continued...

Depois, 'taca-lhe' o beijo no veludo dos lábios e no 'mar' de saliva.


Carinho,
andarilha.

Nuno de Sousa disse...

Lindo momento, bela a sensualidade empregue neste texto.
Cumprimentos,
Nuno

Luiz Caio disse...

Oi Paula! Como vai?

Que momento lindo de inspiração... Adorei esta frase!

TENHA UM LINDO DIA!
BEIJOS.

vagabundo disse...

É só regá-los com amor
e dos carinhos o sabor
lhes sentirás no cheiro.
mas junta-lhe um pouco de malandrice,
e meus dedos e mais que isso...
te planto eu pelo corpo inteiro.

rsrsr

ps: lendo blog no gabinete do chefe????

bj,

Déia Arakaki disse...

Oi Paula..

Não a muito o que comentar sobre seus versos.
Mais uma vez palavras de sua alma e de seus sentimentos

lindo

bjs

Marcella Castro disse...

Oi Paula! Olha, tem um selo pra ti no meu blog, caso te interesse!
Quanto aos teus escritos, muito bem elaborados como sempre! E sentimentais, é lógico!
Beijo!

Everson Russo disse...

Não só brotar carinhos, como sonhos de amor, aquela nostalgiazinha do passado, aquela dorzinha no peito de saudades, , não só o cheiro de relva dos cabelos, mas como tambem o cheiro de amor do corpo todo, de um amor que por toda a madrugada foi contemplado e totalmente absorvido pelo instinto, sei lá, paro por aqui, seu pequeno grande poema tem uma serie de carminhos a se percorrer, daqueles que nos faz perder em galaxias....beijos em seu coração em uma linda tarde...

Tatiana disse...

Oi Paula...
o aroma marca mesmo...não tem jeito!
Quando gostamos parece impregnar na alma!

Para mim dias especiais são aqueles que compartilhamos com pessoas que nos fazem bem... por isso estou aqui. Junto de Ti meu dia ganha muito mais cor!
Obrigada por sua amizade, carinho e presença em meu blog.
Um beijo carinhoso

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA PAULA, LINDO DEMAIS... FIQUEI COM O CORAÇÃO NAS MÃOS... UM ABRAÇO DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Pelos caminhos da vida. disse...

Muito bom um cafuné.

beijooo.

Branca disse...

Muito lindo...

bjos.

Simples Assim... disse...

Saudade daqui, da sua delicadeza com as palavras, como se vc plantasse os dedos no teclado e deixasse brotar afagos em todos aqueles que já se habituaram a vir te ler, carinho em forma de palavra. Bom, apesar da correria, vou colocar a leitura em dia. Bjin, querida !!!

Mario disse...

Oi Paula...Cadê as fotos que vc sempre coloca aqui?? Estão fazendo falta.. Acho demais as fotos deste blog. Show Total.
Sabe, estou sem inspiração pra compor. Minha inspiração foi confiscada pelo vento e pelo tempo, e só Deus sabe se minha inspiração voltará.

Abraços.


Mario.

Daniel Savio disse...

Esqueceu também há outro campo fertil, o coração, sendo que lá a gente planta a melhor flor (ou as vezes a pior)...

Fique com Deus, menina Paula.
Um abraço.

Verônica Aroucha disse...

Paula, seu blog é pura emoção!
Amei por aqui tudo que li porque senti sua verdade.
Abraço grande.
Verônica Aroucha
(oficina segunda e quarta).

poetaeusou . . . disse...

*
fonte de carinhos,
nos prados brotando,
,
conchinhas,
,
*

Eurico disse...

Um profundo e gracioso hai-cai!
Beijo d'amigo.

Humana disse...

Que frase maravilhosamente poética!
Plantar para colher, neste caso, carinhos.Um beijo bem carinhoso para ti.

Sol da meia noite disse...

É tão bom deixarmo-nos inebriar pelo cheiro que nos intriga...

Amiga, um lindo fim de semana.
Abracinho
:-)))

O Sibarita disse...

Hummm... kkk Ô, é assim, é? Ah bom, tá certo também! kkkkkkk

É isso a paixão.... kkkkk

bjs
O Sibarita

AC Rangel disse...

Eu, aqui, bem aqui em baixo. Como quem chega atrasado a uma festa. Mas ainda a tempo de perceber a delícia, de sentir o prazer que um texto como esse, pequeno, simples, faz uma poesia tão grande. Parabéns.