quarta-feira, 19 de agosto de 2009




Folhas caídas
Vidas que se vão
Uma nova dimensão
Um outro olhar
Um novo sentir
 Saudade
Já foi folha para nascer
 Já foi verde
Já esteve no pé, em pé
Foi beleza
Foi vista, admirada, ou não
Agora... Folhas caídas
No chão
No solo
Vem um vento....folha voa
Se vai....no ar
Se foi....do olhar
Uma outra dimensão
 Saudade
Folhas caídas
Folhas que se vão
Ciclos da vida
 Raízes ficam
Lembranças
Saudades.....
fotos tiradas no Rio de Janeiro - julho/09

33 comentários:

Ava disse...

Ainda sinto teu peito cheio de saudades..

Querida, sentimentos que só o tempo vai amenizar...

Beijos em seu coração!

Nanda Assis disse...

ai que lindo!!! adoro vir aqui estava sentindo muita falta, eu tava sem pc, deu problema com ele. mas voltei.

e o seu blog é o primeiro o que mais senti saudade.

bjosss...

tossan® disse...

Veja só quem também gosta de folhas como eu....Lindas viu? Beijo

Francisco disse...

Paulinha!
É estranho como folhas secas, que um dia já estiveram nos galhos e foram verdes, ainda proporcionam um belo espetáculo quando o vento as faz dançar no chão.
Ótimas fotos também!
Beijãozão, minha amiga!

Ana Lu disse...

Ah, os ciclos da natureza são tão perfeitos né? E simbolizam tanto os nossos.. Amo observar!
Belas fotos, e lindo texto Paula!
Bjs!

Blue disse...

Vida que se vai,
folha que já viveu,
e assim é nossa vida também...

Beijos

Uma aprendiz disse...

Lindas fotos.

Repare, cada folha que cai significa a vida que se renova.

É preciso que o velho saia para que o novo venha com força total.


beijos

Layara disse...

Oi Linda Menina!

Fases são faces dos ciclos da vida.
Cada qual cumprindo seu papel nas estações da vida.
Outonos e Invernos, folhas no pé, sombras no chão, folhas no chão uma nova estação. Logo vem a Primavera brotando novas e verdes folhas, logo vem o Verão aquecendo nosso chão, germinando a semente da emoção. Nesse Brasil continente, nao se aplica muito essas estações, no sul muito frio no nordeste sol de verão na estação de inverno...Vivemos assim tantas estações.

Um beijo Lilás!

ótima Noite!

FOTOS-SUSY disse...

OLA PAULA, EXCELENTES FOTOS, CADA FOLHA QUE CAI SIGNIFICA, O MUDAR DE OTRA ESTACAO...

BEIJOS!!

SUSY

Pedro Ivo disse...

Enquanto as folhas de uma árvore caem para passar o seu tempo, as nossas são colhidas para nos renovar.

Beijos minha paixão.

myra disse...

oi, minha amigha, aqui estou, hoje um pouco mais, tarde, ja liguei varias vezes à Lia, logico. depois eu conto mais coisas, beijos,

Tatiana disse...

Olha só...em meio a tantas folhas secas no chão tem outras verdinhas nascendo e crescendo...ganhando vida!
Assim é a vida nos trazendo belos e novos momentos!
Um beijo carinhoso

Verônica disse...

Nossa lindo mesmo!!!
Um folha q já foi vida, agora é saudade...
Mas outras folhas virão, outras flores, o ciclo não pode deixar de existir....
um folha só vai ao chão, quando chega a vez dela...
Saudadessssss..........

Everson Russo disse...

Quando eu crescer, já decidi, definitivamente eu quero escrever como voce, sentir esse seu sentir, ter essa sua alma e essa sua poesia, por varias vezes já falamos de que quando nos atiram pedras, vamos as pegando e guardando para construirmos um castelo, talvez possamos fazer o mesmo com as folhas,ainda que utopicamente, vamos pegando uma uma pela vida, conversando calmamente com cada uma delas, perguntando o porque da tristeza, o porque elas se amarelaram e secaram, se cairam pela simples ação da vida, ou se foram arrancadas e brutalmente jogadas ao chao, falemos a essas folhas do poder de recomeçar, do verde que elas foram um dia que é a mais perfieta e pura esperança, e porque não? a partir dai começarmos um novo jardim, uma nova paisagem e enfim, uma nova estação...beijos carinhosos e um belo dia pra ti...e não se esqueça, quando eu crescer quero escrever como voce...

Everson Russo disse...

Nossa, venho me desculpar,,,rs,,rs,,,eu te falo de coração, voce pode até achar que não, mas acredite em mim, eu venho me policiando quanto as imagens, alias sempre o fiz, procuro a sensualidade pra anexar ao post, e brinquei até agora com o Blue sobre isso, mas ontem quando buscava a visao to texto, chamou me mais a atenção o coração do que a potencia glutea em si..r..rs..rs...é serio, claro que uma faz complemento ao outro...rs..rs...mas me esqueci do seu local de trabalho...beijos...

Fábio Mayer disse...

Ótimas fotos. Gosto de imagens temáticas assim...

...vou te dar uma sugestão, mas apague-a aqui do comentário:

Tente regular a máquina para, quando fizer fotos assim, conseguir cores mais vivas. A minha câmera é Canon e tem essa possibilidade, ela aviva as cores fortes nessas situações.

De qualquer modo, LINDÍSSIMAS fotos, como diz um amigo meu, é só fotografando muito que e aprende... o segredo é justamente esse!

Everson Russo disse...

Esqueci,,,quanto ao seu comentario, a gente sempre busca o amor, de onve ele vier, o medo é uma constante, já nao tenho mais aquele espirito de aventura de antes, procuro uma fonte de aguas calmas e um porto seguro, mas prefiro ficar entre as nuvens...beijos

Wilson Rezende disse...

Adorei o poema e as fotos, um beijo com carinho Paulinha.

Allyne Alves disse...

Primeiro eu tava morta de saudades daqui. Segundo, as fotos tao lindas - como sempre. E por último, voce tem plena razao...as raízes ficam, a lembrança, a saudade...Lindo post! Adorei mesmo querida...

Beijao!

Daniel Savio disse...

Nós somos folhas ao vento, mesmo que sejamos vivas...

Belas fotos menina, mas uma curiosidade, você anda com a camera embaixo do braço?

Pois parece que sempre tem uma ótima foto (e parte de obter este resultado é estar preparado)...

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.

tossan® disse...

FOLHAS MORTAS NO CHÃO
Escrito por Maria Hilda de J. Alão

Eu vi folhas mortas no chão
Denunciando a invernal orgia
Do vento desnudando as árvores.

Crivando seus corpos de gélidos beijos,
Fecunda-os com sêmen cósmico
Na cama telúrica da natureza

Preparando-os para o parto
De folhas, frutos e flores,
Sem gemidos e sem dores,
Nos braços da primavera.

Beijo

mfc disse...

Tudo é cíclico... só nós é que envelhecemos definitivamente!

HSLO disse...

É essa interpretaçaõ que tenho sobre as folhas secas também. Amei o poema Paula. Lindo demais.


abraços


Hugo

poetaeusou . . . disse...

*
folhas caindo
semeando
o rejuvenescimento,
,
brisas serenas, deixo,
,
*

paulo disse...

Belos versos, belas imagens.

Betho |Sides disse...

Lindo...Lindo, Paulinha...Beijos

Maria Dias disse...

Oi!

Gosto das folhas caídas(acho-as poéticas!).Tb me lembram um tempo q passou e q foi bom...

Beijos

Maria

Maria Dias disse...

Estás num momento de inspiração hein?Estou gostando de ve-la assim!

Memória de Elefante disse...

porque será que as folhas de outono enternecem mais que as da primavera se são as mesmas? olhares diferentes para cada ciclo da vida? perturbou-me...

@philipsouza disse...

A saudade ainda nao passou ne Paula???
so o tempo podera acalmar esse coraçao....
como folhas....em outono é a vida...amadurecem...caem..e renascem...

bjosss

Maria disse...

Gosto das folhas verdes, nas árvores.
Mas amo as folhas secas, caídas no chão...
Nem eu me percebo, Paula.

Um beijo

Paulo Palavra disse...

ainda bem que pra cada folha que cai, outra nasce no lugar, né?

Principe Encantado disse...

Parabéns bela poesia, gostei muito de seu blog e gostaria se podemos ser parceiros em nossos blogs, se sim deixe seu recado em meu mural com seus dados. Te aguardo e sucesso.
Abraços forte