sexta-feira, 30 de abril de 2010

Folhas ao vento
Caindo bailando
Ruas atapetadas

Árvores desnudas
Respirando aliviadas
Galhos esguios e fortes
Braços ao céu

É chegada a hora
Nova etapa de uma vida
Ciclos, mudanças
Fase, renovação
É outono


45 comentários:

♥ Cαmilα Girαssol disse...

O Outono é um periodo agradavel, mas confesso que a beleza da primavera me fascina mais.

Paulinha estou fazendo uma promoção em meu blog e ficaria super feliz se você participasse:


O 'CAMINHOS DE CAMILA' está de aniversário e presenteará um andarilho com um livro, dentre 4 opções:
* Os melhores Contos de Caio Fernando Abreu
* Perto do Coração Selvagem da Clarice Lispector
*Tô com vontade de uma coisa que não sei o que é da Tati Bernadi
*Eu sei que vou te amar do Arnaldo Jabor
.
QUER PARTICIPAR?
.
Escreva um texto bem bacana com o TEMA: CAMINHOS, e envie para meu e-mail, o texto mais bonito será publicado aqui e o autor leva o livro escolhido (enviarei via sedex para o endereço do ganhador).
Espero que participem, pois sei que tem muitos andarilhos super talentosos por aqui.
Ah meu e-mail: kamyllablopes@yahoo.com.br - Quero receber muitos e muitos textos!

FERNANDINHA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDA PAULINHA, MARAVILHOSA POSTAGEM, DESTE TEMA MARAVILHOSO... O U T O N O...
TAMBÉM ESTOU PARTICIPANDO...ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Jacinta Dantas disse...

Hummmmm! gostoso ler seus versos assim, tão suaves, demarcando a simplicidade e complexidade do outono. Renovação é a palavra.
Grande abraço

Maria Dias disse...

Adoro ver as folhas deitadas pelo chão.Lembram o tempo passando,acho poético e lindo.Precisamos passar,evoluir, deixar para trás coisas que já não nos cabem mais, precisamos seguir!As folhas caídas celebram o desapego, e a natureza é sábia pois ela sabe bem a hora de partir e se renovar.Adorei as fotos e teu pensamento poético deitado feito as folhas por aqui.

Beijinhos...

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

A suiavidade de teus versos, essa simplicidade revestida de poesia me encanta.

Beijo

Fabiano Mayrink disse...

Oi Paula!

mesmo com o outono fraquinho aqui no Brasil as vezes encontramos arvores que participam deste ciclo, aqui em frente a minha casa na ciclovia da avenida, tem uma arvore que esta renovando suas folhas, sua copa é grande ainda esta verde mais com um monte de folhas amareladas, o chao esta como um tapete de rohas da cor do ouro, esta lindo!

Maria disse...

Bonitas fotografias e boas descrições da minha estação preferida!

Um beijo, Paula.

Elis disse...

Olá, me chamo Elis e também estou participando da blogagem coletiva! Aproveito e conheço uns outonos por ai! Até agora uma das postagens mais criativas!
Adorei
Abraço
Elis

Tatiana disse...

Oi Paula...acho que o outono mexeu forte com as nossas emoções!
Gostei muito desse trecho;
"Árvores desnudas
Respirando aliviadas
Galhos esguios e fortes
Braços ao céu"

É tão bom nos sentirmos livres de alguns pesos e recomeçar...

Obrigada por sua participação tão bela!

Beijos com meu carinho

Memória de Elefante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
myra disse...

fotos lindas, palavras que emocionam, sim o outono, com todas
as folhas cor cobre, ouro, é realmente lindo,
sabe hoje estou bastante triste, aniversario de meu irmao...enfim..ainda bem que minha filha esta aqui comigo.
beijos

Sonia Pallone disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sonia Pallone disse...

Vim através da blogagem coletiva pra te cumprimentar e conhecer seu espaço. Adoro versos curtos, que te dão várias possibilidades de interpretação, por isso gostei daqui e vou te seguir. Sua poesia encanta de verdade. Um beijo.

Everson Russo disse...

A nudez das arvores é a mesma da nossa alma,,sensivel e em busca de carinho,,,de paz,,,de amor,,,,adoro o outono,,,tem sensações,,,tem ilusões,,,é aconchegante,,,e nada melhor do que ouvir o barulho ao pisar em folhas secas no chao...adoro a cor do outono,,,beijos de lindo final de semana pra ti....


p.s.poxa...falhei nessa,,,gostaria de ter participado dessa coletiva...outono é comigo mesmo,,,,to vendo folhas pra todo lado,,,

Carmem L Vilanova disse...

Linda postagem sobre Outono...
Simples, belo, verdadeiro!
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Vivian disse...

...mágico post assim
como é mágico todo teu olhar
em fotografar a vida.

parabéns, querida!

esta blogagem reune o que
há de melhor por aqui,
eu me encanto com isso.

deixo beijos...

Pelos caminhos da vida. disse...

Maravilhosa a sua participação nessa blogagem, mues parabéns Paula.

Tb estou participando se der dê uma passadinha por lá ver o meu Outono.

Fim de semana de muita luz.

beijooo.

tossan disse...

A cada outono é uma folha no asfalto e uma pequena mudança na alma. Linda folha! Gosto e fotografo folhas não sei por que?!
Talvez me despeça dela. Beijo

Wilson disse...

Olá, Paula...

Obrigado pela sua participação na blogagem coletiva.

Poema perfeito, combina com as imagens...Parabéns!

Desejo a você um outono perfeito e cheio de amor.

Um abraço carinhoso, bom fim de semana.

Larissa (sua filha) disse...

Mãe!
primeiro comentário em?
como vc disse,outono momento de renovação,mudança,como na vida.Agora, esperar o inverno.
Como a mudança das estações, é a mudança das atitudes, sem perder a essência,com isso, meu primeiro passo: deixar um comentário no blog que para você é a descoberta da sua essência! te amo,beijo.

Armindo C. Alves disse...

Bonitas fotos da estação que me é mais cara.
Tudo é posto em causa, tudo se torna frágil... É o fim de um período, de um ciclo de vida. São os sinais da natureza. Brevemente milhares de sementes germinarão dando origem a novas vidas. Os ciclos se repetirão seguindo o ritmo natural, emitindo sinais, lançando "alertas"... Até quando? Saberemos entender?

Bom fim de semana.
Beijinho.

Sonhadora disse...

Desculpe entrar sem bater.
Poema e imagens muito belos.

Sonhadora

Majoli disse...

Pôxa, quando aqui entrei pra ler a postagem sobre o outono, me lembrei que algumas vezes já estive aqui, na época em que você esteve de férias e passeando conheceu o Everson do blog O Livro do Dia dois.

Bem, nos afastamos, mas agora a oportunidade de te ler de novo apareceu e foi um prazer voltar aqui, gostei muito do teu outono, das imagens, ficou lindo.
Parabéns.

Beijos.

Hod disse...

Belas Imagens da estação que se renova. Assim como os muitos eventos de nossas vidas. Parabéns.

Bom final de semana, com muitas bençãos,

Alôha,

Hod.

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Paula...
Eita coisa bacana essa interação...gente nova por aqui tendo o prazer de conhecer suas palavras e vice-versa...essa e a nossa intenção...ver as pessoas se conhecendo por meio da escrita, da palavra, do sentimento...
Definitivamente o outono para mim ganhou uma nova cara, um novo revestimento...ficou mais verde, mais florido dentro de mim...
As paisagens outonais não deixam nada a desejar...são tão lindas quanto a primavera...
Valeu...Obrigado por participar com seu lindo outono e boa sorte no sorteio...rs
Um abraço na alma...bjo

Jacinta Dantas disse...

Sempre que posso, gosto de aceitar o convite para uma blogagem coletiva. Assim, posso ver as várias nuances de um mesmo tema. Isso é muito bom. Aqui, nos seus versos(palavras e fotos) vou sentindo seu olhar. O olhar de quem acolhe o Outono como passagem importante no trajeto do Viver. E eu acho isso lindo demais.
Grande abraço e um bom final de semana

ADiniz disse...

Bom Dia !

Estou preparando uma festa surpresa
Pra nossa Amiga Maria Dias
Hj ela esta de aniversario
Vamos dar um super abraço
Amigos blogueiros.

Bjkas e te mais

Mai disse...

É isto, Paula, renovação - Outono - um novo ciclo.
E eu sorri porque reconheci algumas fotografias.

saudades, amiga.

bjo

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!! Minha pausa nos estudos para ler um texto interessante e belo!!
Parabéns pelo texto e pelas fotos que traduz tanto teu blog.

Bjs!!

RICARDO MIÑANA disse...

Muy bonito el poema y precioso texto,
un placer leerte.
feliz semana.

angela disse...

Belo poema e fotos lindissimas que compuseram uma bonita postagem.
beijos

prafrente disse...

A vida é cíclica..."adormece" no Outono para acordar com a pujança da primavera...

beijinho de Portugal

A.S. disse...

Paula,

Falas do teu outono... eu falo da minha primavera! :)


Beijosss
AL

Eurico disse...

boa noite, Paula.
grato pela ligação e pela força,
abraço fra/terno

EDER RIBEIRO disse...

é a hora de voltarmos para nós mesmo para, tb, depois, reflorescer. Bjos.

Daniel Savio disse...

Outono é especial, bem como o inverno (apesar de ser o tempo mais rigoroso, nos lembra que a primavera está perto)...

Hah, poesia bonita.

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.

Pelos caminhos da vida. disse...

Hoje à partir das 18 hrs, meu blog está concorrendo mais uma votação da Copa Blog, conto com seu voto amiga.Essa votação termina dia 05/05 e, depois aguardar a semi- final.

Meu blog é:

http://anamgs.blogspot.com

O site para a votação é esse aqui:

http://dado.pag.zip.net/

Caso não consiga acessar por aqui, o link está no final do post atual meu.

Desde já fico-lhe grata.

Uma semana de muita luz.

beijooo.

Mari Amorim disse...

Olá!!!,
Linda participação,desculpe-me.só pude vir hoje,o que mais gosto nesta interação,são as poesias belíssimas,em forma de estação.
http:/sempretensoesamorcontos&causos.blogspot.com/
Boas energias
Mari

Olhos de mel disse...

Lindo post, Paulinha! O outono traz consigo a nostalgia...
Boa semana! Beijos

Le Vautour disse...

Seus tapetes outonais, Paula, eles mais parecem aqueles tapetes persas, deliciosos...
Abração de duas asas!

Memória de Elefante disse...

Paula!

De muita criatividade e originalidade teu poema sobre essa estação que amo tanto!
Enfim ficou lindo!
Parabéns!!!

Diria que o Outono é um andarilho melancólico em busca de Esperança.


Um beijo

Deia disse...

Oi Paula! Lindas fotos, lindo texto! Parabéns pela blogagem coletiva! Um beijo, Deia

serpai disse...

Olá Paula!

Ler blog é um prazer...
Ler blog bem escrito e com bons poemas dá um prazer ainda maior, pois foi o que senti aqui neste teu espaço.

Oxalá te agrade tanto ler a minha participação como me encantou ler os teus versos a uma estação tão colorida.

Sergio (Argentina).

Cynthia Lopes disse...

Gostei deste lance de "espaços abertos", rima com braços abertos e acolhedores.
bjs

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Paula,

Gostei das "Árvores desnudas, respirando aliviadas...". Eu nunca pensei desse modo e foi bom descobrir um outro prisma de se ver...

Beijos,