segunda-feira, 19 de julho de 2010

Hoje venho de parceria.  Poema de Eurico  http://euliricoeu.blogspot.com/. Foto minha. Gosto destas parcerias. Pela energia, pelo sentimento, pela emoção que flui entre os blogs. Depois de conhecermos o blog um do outro, em dezembro de 2008 conheci Eurico e a esposa, e amigas. Poucos encontros, mas muita lição de vida.





Farfalham folhas
Flutuo

In/vento um vento
Levito

...Ouve-se um suave assovio
de invisível gaivota

Asas azuis deslizando
num azulado vazio...

***
Imagem e motivo do poemeto:
Coqueiro em Tamandaré
(foto de Paula Barros)

26 comentários:

Ana Lu disse...

Ah, e quem não se sentiu flutuando também ao ver as folhas nesse céu? Mas parecem asas, com certeza!
Encantador!
Beijos Paula!

Celina disse...

Querida Paula, boa noite, agradeço a visita e o lindo comentário. Esses versos são lindos, Eu os sinto mais não sei descreve-los.Oh minha amiga que dom maravilhoso Deus te deu. Um abraço carinhoso de Celina.

Maria Dias disse...

Mas com este céu todo aberto não poderia mesmo faltar a inspiração!Os dois estão de parabéns por captar tal beleza a céu aberto.

Beijos

Maria

Dauri Batisti disse...

O Eurico é um A R T I S T A.

Abraço

Eurico disse...

Grato, gente.
Grato, Paulinha.
Parabéns pelas fotos.
Pelo teu iluminado olhar que acolhe a imagem.

Abraço fra/terno.

Vivian disse...

...quem flutuou agora nas
asas deste post fui eu!

poema e imagem
dígnos da sensibilidade
destes dois corações lindos!

Paulinha e Eurico foram
muito felizes neste post!

bjbj

Vilminha disse...

Olá amiga, vou passar rapidinho to que é só alegria e contando a grande benção que se realizou hoje na minha família. E compartilhar com você que é da casa dos desloukos.
Olá, saudades .
A Gabi passou no Curso de Direito as aulas começam na próxima segunda. A família ta em festa. Amei o seu recado e bateu saudades, mas vamos nos ver novamente com certeza. Beijos

Vilminha disse...

Ah! eu volto pra ler e me deleitar com suas palavras e imagens.

Franzé Oliveira disse...

Adoro água de Côco.
Beijos querida.

myra disse...

ja estou voando com estas lindas folhas ao vento, linda foto, e super lindas palavras!
a amizade è uma belisssssima coisa!
beijos minha querida,

Everson Russo disse...

Leve e suave o poema,,,tanto quanto o sonho que temos de serenidade,,,,beijos de bom dia pra ti.


p.s.não sabia que gostava de parceria...vou querer tambem...rs..rs...

Celina disse...

OI QUERIDA, DESTA VEZ VIM AGRADECER O AMIGO EURICO QUE ME CONHECEU ATRAVEZ DE RECOMENDAÇÕES SUA.OBRIGADA PAULA. UM ABRAÇO CARINHOSO NO DIA DA AMISADE. CELINA;

Celina disse...

OI QUERIDA, DESTA VEZ VIM AGRADECER O AMIGO EURICO QUE ME CONHECEU ATRAVEZ DE RECOMENDAÇÕES SUA.OBRIGADA PAULA. UM ABRAÇO CARINHOSO NO DIA DA AMISADE. CELINA;

Branca disse...

FELIZ DIA DO AMIGO!

“De um amigo ninguém se livra fácil.
A amizade além de contagiosa
É totalmente incurável”.

[Vinicius de Moraes]

walter disse...

E é muito bonita esta parceria... sintonia perfeita de um poema com asas emoldurado de vento...

Amei

Ai que as minhas férias estão terminando... hi hi hi

ps: Paula, dias atrás descobriste o meu outro blog, (blog fotográfico essêncialmente), fiquei muito contente... é um blog sem grandes pretensões, coisa simples, só mesmo puro devaneio fotográfico...são os "olhares de pássaro"

surpreendi-te e tu me surpreendeste... que lega!

Beijo
Walter

Franzé Oliveira disse...

Ès maravilhosa (amor)...
Terminei a série dos poetas.
Beijos.

walter disse...

liberei sim o teu comentário...
porque achei muito bonito, voltares para "roubares" as tuas próprias palavras...

o que escreveste é merecedor de um post... pensa nisso!

um abraço
Walter

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Bonito poema coroando uma bela amizade. A blogosfera é muito boa mesmo. beijos

prafrente disse...

Sabe, em Serviço Social se fala muito do trabalho em parceria.Parceria é juntar energias diferentes para atingir um objetivo comum.Funciona mesmo...até com blogue...

beijinho de Portugal

Cecília disse...

Gosto muito quando conseguimos interagir dessa forma!
Parabéns aos dois!

Beijos

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Paula...uma bela parceria, o Eurico tem um estilo todo próprio e muito bonito de escrever, admiro a arte dele, assim como a sua que combina tão bem fotos com poesia...
Sentir o vento no rosto nos dá uma sensação de liberdade, parece que ele beija a gente...assim sem pudores...vai chegando e vai invadindo a pele da gente...rs...isso quando ventania, quando brisa, o beijo parece mais com uma esperada ternura
Um abraço na alma...boa quinta pra você
beijo

Everson Russo disse...

Um super beijo de bom dia pra ti querida,,,

Espaço Aberto disse...

Venho convidar você, para estar em nosso blog e conhecer a nossa convidada a escritora Bruna Longobucco, que nos traz um assunto muito importante.
Aproveitamos para desejar que você tenha um ótimo fim de semana!
Um abraço carinhoso

Lídia Borges disse...

Perfeito, o efeito produzido pela aliteração, ao sabor do vento.
Bom o diálogo das palavras com a imagem.

Uma parceria que resulta mesmo!

Beijo

Cadinho RoCo disse...

Inventar o vento é uma delícia.
Cadinho RoCo

Daniel Savio disse...

E ao sabor do vento viajamos...

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.