sábado, 11 de setembro de 2010

Borboleta Cobre

Hoje venho de parceria com fotos e título de Armindo. Gostaria de fazer mais parcerias, mas minhas palavras são voluntariosas, e só surgem quando querem, o último trecho saiu na caxinha de comentários do blog dele, o início foi quando ia desligar o computador.

Lycaena phlaeas- (Vista interior e exterior das asas)
Nikon; Nikkor 105 mm, VR, Micro.
Local: Proença-a-Nova.
 
 
Já vou. Me despeço. Agora posso dormir e sonhar. Vi duas Borboletas Cobre, pousaram em galhos de plantas diferente. Eram lindas. Queria ser borboleta, poderia ser qualquer borboleta. Até aquela amarela que sobrevoa o meu jardim, o jardim que meus olhos alcançam pela vidraça. Melhor ainda ser a Borboleta Cobre, tão esbelta, tão linda, tão rara. Com uma roupagem diferente.
Já fui lagarta. Tive que sair do casulo a pulso. Fui jogada na vida. Mas não sei porque não me tornei uma borboleta. Criei asas. Asas partidas. Não são coloridas e leves e bonitas feitas a da Borboleta Cobre. Mas eu vôo, sabia? Ah, no pensamento sou borboleta, sou beija-flor, sou arara, sou até urubu. Qualquer bicho que tenham asas me encantam, e posso ser um deles. Quando deixo o pensamento me levar na brisa da emoção.
Então já vou. Está tarde. Preciso dormir. Vem Borboleta Cobre.....
 
Cobre com as tuas asas
Os meus sonhos
Vou deitar
Vou dormir
 
Quero ter asas logo mais
Pousa nos meus pensamentos
Com esta leveza e beleza
Uma delicadeza ímpar
 
São tantas cores que te cobre
Oh, Borboleta Cobre
Ilumina de fios de cobre as minhas asas
Para serem maleáveis e condutoras de boas energias
E serei rara feito és tu


20 comentários:

Paula Barros disse...

Ah, no outro dia duas borboletas amarelas me sobrevoaram, rondando perto dos meus braços...me senti uma flor.

Elas sempre aparecem no pátio lá do meu trabalho.

Maria disse...

Há borboletas lindas! E desejo muito que esta borboleta cobre te tenha feito voar alto.

Beijo, Paula.

Memória de Elefante disse...

Pois no meu mundo imaginário sabe de uma coisa?Todos os bichos me encantam.
De grande suavidade e beleza teu poema !

Um beijo

Memória de Elefante disse...

complemento:
E aqui fora as borboletas encantam com sua beleza e voo em silêncio...

"Oh, Borboleta Cobre
Ilumina de fios de cobre as minhas asas"

Linda esta imagem!

Um beijo

Everson Russo disse...

Vem cobrir com suas asas meus sonhos,,,vem colorir minha vida,,,vem me trazer perfume de flores que tocaste,,,vem pedir de mim um voo louco ao infinito,,,limite exigido pelo amor....beijos de bom final de semana pra ti...com varios jardins pra pousar.

walter disse...

se o silêncio tivesse cor e forma seria uma borboleta!

amei!

bom fim de semana!

beijos
walter

EDER RIBEIRO disse...

Tudo neste post é belo, encanta, sublima. Bjos.

Memória de Elefante disse...

Paula:

Hoje meu blog termina.
Vários projetos em minha profissão me exigindo.
Não consigo fazer nada pela metade.

Agradeço sempre tuas visitas,palavras e carinho !

Um beijo!

Tatiana disse...

Em voos rasantes da criatividade surgiu essa lindíssima postagem.
Que a Borboleta Cobre, esteja sempre em seu coração permitindo essas riquezas encantadoras.

Um beijo carinhoso

myra disse...

as borboletas sao umas joias da naturaleza, um gde beijo pelas tuas palavras!!!!! e outros pelas fotos! adoro-te:)))))
sabe Angela fechou seu blog, que pena....( Memoria de Elefante)::

HSLO disse...

imagem linda e de um significado grandioso para nossas vidas.

abraços
de luz e paz

Eurico disse...

Já és borboleta, amiga, e nós sentimos o esvoaçar de tua arte nessas imagens.

Abç

Daniel Savio disse...

Poesia bonita, mas quando era criança, parecia que via mais borboletas, até de forma mais simples, porém de forma mais bonitas...

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.

Poeta Mauro Rocha disse...

Maravilha de texto, maravilha de foto, maravilha de blog.

Tenha um ótimo domingo

Sonhadora disse...

Minha querida
Maravilhoso poema, muito terno.

Cobre com as tuas asas
Os meus sonhos
Vou deitar
Vou dormir

simplesmente belo.

Beijinhos
Sonhadora

Maria Dias disse...

Ah isso é poesia...Me tocou fundo e me fez desejar ter escrito tão lindo assim. LINDO LINDO LINDO feito a borboleza rara de asas cor de cobre.Bela parceria e que venham muitas borboletas feito estas(vou estar aqui para me delicir com o olhar!).

Bom domingo

Beijinhos

Mara

Everson Russo disse...

Beijo carinhoso de otimo domingo e uma semana cheia de carinho e paz pra ti...

Insana disse...

Muito lindo..

bjs
Insana

Sam disse...

E eu, adoro borboletas.
De todas as cores, formas, desenhos ... com seus ensaios de balés e ciranda no meu jardim, no teu jardim...Sim!

Nas flores do peito, do pensamento, dos sorrisos ornamentados de sol, dourado cobre.

Sim, mas também gosto das lagartas... das transformações, das mudanças.

Gosto do bom da vida, gosto daqui!

Beijo meu.

Abraços, flores e estrelas...

Armindo C. Alves disse...

PAULA
Se os vossos comentários já por si, independentemente do que digam, são uma mais valia, agora pense a Paula, o elogio que pode representar um bonito poema fruto da interpretação de uma fotografia que tive a sorte de tirar e publicar.
Desta vez não venho só dar os parabéns pela forma eloquente e bonita como escreve, mas também agradecer a honra que senti por publicar no seu portal sa minhas fotos.
Obrigado

Beijinhos