quarta-feira, 3 de agosto de 2011



Passou o Natal
Não passaram todos os desejos
Algumas ilusões ainda me movem
Meu corpo sente

Neste novo ano
Serei a mesma
Talvez troque as ilusões
As cores, as luzes
Os sons, os sabores

Preciso sentir o coração sapateando
Uma arritmia de amor
Dando um novo ritmo a vida

No ano que passou pintei o sete
Um sonho antigo
Mas este sete foi de cores infantis

No novo ano
Preciso rever os sete que não pintei
Os beijos que não dei
Preciso reinventar o Natal





escrito - 14.01.11
E nós já estamos em agosto.

13 comentários:

Paulo Francisco disse...

Gostei desse novo sete a ser pintado.
Um beijo grande

Paulo Francisco disse...

Gostei desse novo sete a ser pintado.
Um beijo grande

Vivian disse...

...que diferença faz o tempo
para quem sabe poetizá-lo
em qqr tempo?

bjs, minha linda 'andarilha'!

myra disse...

faz bem em "pintar o 7" !!! a melhor coisa para fazer:))))
te quero tanto bem,
bejinhos

EDER RIBEIRO disse...

Paula, o bom de se viver é que estamos sempre nos inventando, pois é frustrante ter os mesmos conceitos, se aceitar sendo o mesmo de todos os dias, a necessidade de mudanças é salutar, por isso pinte, se pinte, não apenas o 7, afinal o número é infinito. Bjos.

Maria Dias disse...

Natal é nascimento e se vai nascer uma outra Paula(,entao que tenhas um feliz Natal!).

Beijocas

P.s.Mude e se for preciso reevente o caminho,mas só nao deixe de sonhar mesmo que seja com os pés no chão!

Maria disse...

Sete dias, sete saias, sete estrelas, sete sóis...
Gostei deste sete pintado a cores infantis. São sempre os mais puros.
Que venham mais setes na tua vida!
(e este deve ser o comentário sete, LOL)

Beijinho, Paula!

Everson Russo disse...

Muitas vezes criamos tantas expectativas com essas datas...fazemos zilhões de planos que no vim,,nem realizamos e escalamos pro proximo ano....beijos e beijos de bom dia.

margoh werneck disse...

hum....

lembrei da tabuada do sete , onde decora-la era meu maior problema.

velhos tempos....novos dias...né???

beijo

Diegp Amorim disse...

Todo dia é ano novo!!! Precisamos de um novo ritmo a vida sempre. Obrigado pelo texto.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

As vezes o tempo
passa rápido,
e é preciso
acompanhá-lo
para que não
nos perdamos
dos sonhos
que nos habitam.

Viver é sentir os sonhos
com o coração.

Evanir disse...

Meu Anjo..
Agora, neste momento,
onde quer que esteja,
sinta o coração tranqüilo,
a alma leve, a mente junto da luz.
Sinta neste momento, o ar que te rodeia,
a vida que pulsa perfeita em você.
Não se descuide nunca!!!!
Dê sempre a você, o melhor...
aceitando a transformação dos tempos,
aprendendo que a cada dia,
muito está reservado para a você.
Então, seja feliz agora..
Seus lindos Sonhos realizados.
Um final de semana lindo e abençoado.
Sua Amizade Para Mim é Tudo.
Bjs,,Evanir,,
Amiga dessa vez chorei ao ler seu poema.

BRANCAMAR disse...

Adorei este Natal reinventado em cada dia, Natal toso o ano, pois...

Parabéns.
Beijinhos