segunda-feira, 5 de dezembro de 2011




Dezembro chegou. Você percebeu? Sim, sei que sim. Talvez ele tenha significado diferente para você. Chegou dezembro, tenho percebido as árvores floridas. Algumas estão com luzes. É o Natal se aproximando, o fim do ano. Mais um ano. Este passou tão rápido. Você floriu meus dias, fiquei primavera. Nem sabes, não é mesmo? Teve dias que fiquei triste como você me tratou, me tornei inverno. Deixei cair lágrimas, como se fossem folhas secas no outono. As lágrimas forraram meu solo, esperei novas estações. O tempo passa, mudanças ocorrem, e eu sempre te acompanhando, de longe, bem perto, bem dentro. Esperava as nuvens passarem e brincava de ser girassol. Sabes quem era o sol? Vivi dias de verão. Ah, sol e mar. Eu brincava de pegar fogo. Ardia sorrisos.  Brincava de mergulhar. Me descobria. Me incandiei com o teu brilho, fechei os olhos, fiquei silêncio. Brotavam flores amarelas em mim, feito sóis. Só, brincando de girassol. Brinquei tanto de sentir, que o ano passou. Já é dezembro. As árvores estão floridas.



foto: Brasília/2010

9 comentários:

myra disse...

pena que aqui é inverno:)))sim nos passamos rapido demais pelas estaçoes e anos...tem que aproveitar cada segundo desta vida tao absurda e curta...
beijos minha querida Paula!

Everson Russo disse...

As árvores estão floridas, realmente tem um perfume diferente no ar, mas o dezembro sempre me traz uma tristeza,,,uma pequena dor de alma que fica grande logo depois e me impede de sonhar....beijos de bom dia...ótima semana pra ti.

Tatiana Moreira disse...

Assim germinam e florescem em nós... As maravilhas de todas as estações!
Como diz a canção: "É preciso saber viver"!
Um beijo carinhoso

EDER RIBEIRO disse...

Às vezes passamos tão rápido pelos dias que nem reparamos as transformações. É dezembro, mas sinceramente, não sinto ares de Natal. Bjos.

Armindo C. Alves disse...

Quão diferentes são as estações e o verde das árvores e o florido dos campos, nos nossos países. Enquanto a natureza vive em contra ciclo, o nosso espírito reage a Dezembro da mesma forma primaveril com o brilho do girassol.

Feliz semana.

Beijos.

mfc disse...

Bonito este sentir como as estações...!
As ideias aqui brotam como presentes que nos fazem sorrir muito...!

Maria Dias disse...

...Eu nem percebi Paula e quando me dei conta já era Dezembro(pra mim confesso q foi um ano parado).
Foi tudo tão rápido e nada aconteceu...E o ano se finda.
Mas vamos falar de vc...Vc Primavera com suas flores amarelas...Linda e radiante...rodeada de luz solar...De flores...De vida...De sonhos desabrochando.
E vamos seguindo na nossa ciranda...Sonhando... pq se pararmos de sonhar a vida nao tem mais sentido.

Beijo grande

Maria

:.tossan® disse...

Sabe querida Paula, as vezes me pergunto(?) Por que ainda faço blog?
Faço blog para os novos amigos da fotografia que me entendem mais e ao mesmo tempo agradar e recuperar aqueles amigos antigos que não aparecem nem que seja para dar um oi não importa em qual língua. Sinto saudade e penso de hoje em diante só postar as fotos sem nada escrito. Ninguém entende que os meus textos tem um fundo político e social, e isso me diz que não sei escrever nada. Beijo

O Sibarita disse...

Doan menina, belo texto! Floriu foi? O meu também floriu mesmo num céu distante! Estamos empatados e esse jogo não pode terminar 1 a 1 e agora? kkkkkk

"Mando-te girassóis, roubo-te um beijo e tudo se diz no infinito
Fica no meu peito, como no amor, o teu nome sem precipícios
Desta estação em que me encontro na solidão das noites frias..."

O Sibarita