sexta-feira, 28 de dezembro de 2007








A festa animada. Estava super cansada. Dançando com os olhos fechados não só por prazer e sim por fadiga. Queria ir para casa mais cedo. Um colega veio se despedir. Ela prontamente pediu uma carona. Chegou onde mora no carro da polícia. Por um momento sentiu-se estranha, nunca havia andado em carro de polícia. Não tinha feito nada errado, só pediu uma carona. Pensou na cara do porteiro, saiu com uma amiga, e volta para casa assim. O que terá acontecido? Desceu, despediu-se. Boa noite e entrou. Uma simples carona a fez refletir: Assim como em outros momentos da vida é preciso não estranhar, não ter vergonha. Muitas vezes é necessário ousar, arriscar, enfrentar as situações inusitadas, não pensar no que os outros vão pensar e falar, é preciso ter em mente o destino. Planejar-se, aproveitar as oportunidades ou criá-las. Se necessário pedir ajuda. E seguir. Com certeza se chega ao destino.





7 comentários:

Layla Lauar disse...

Amiga..é isso aí, eu não estranho nada, não julgo nada e também nem me preocupo em ser julgada. Sigo sempre o que manda meu coração, o que vão pensar ou deixar de pensar...não me importa. Ajuda sempre peço quando preciso, não me envergonho, agora planejar o futuro, isso não faço, eu realmente deixo a vida me levar...

Muito bom seu post..beijos mil procê!

Edson Marques disse...

Belíssima metáfora!



Com ajuda correta sempre chegamos ao Destino.


Com ajuda do próprio Destino, melhor ainda...


Abraços, flores, estrelas, amores!

Chuvinha disse...

Vim pegar carona aqui...rs. Quero acrescentar que concordo com voce quanto a realidade e pratica, quanto ao que deveriamos fazer e nao fazemos e quanto ao que pensamos. Este teu post e um pouco do seu comentario. As vezes nao deveriamos sentir vergonha de certas coisas, mas e FATO que muito vezes sentimos. Feliz Ano Novo,moca! Vou te ler com mais calma.

bel disse...

Paulinha,
fiquei muito feliz em conhecer se blog, percebi que você realmente esta ampliando seus horizontes de informações, crescimento pessoal e espiritual, continue assim ,beijos de sua amiga e sempre para todas as horss
Bel

frodo disse...

Paulinha, querida! Tem tudo a ver com a música dos Beatles que postei. Seja bem-vinda, é uma honra estar linkado aqui. Assim que chegar em casa farei o mesmo com vc.
Grd beijo, e ótimo ano novo!

paula barros disse...

Obrigaga carinhosamente a Layla, Edson, Chuvinha, Bel e Frodo.
beijos no coração.

Codinome Beija-Flor disse...

Talvez um dos meus maiores erros seja sempre fazer o que tenho vontade, sem medo.
O preço que pago é o julgamento alheio, que nem sempre é justo.
Bjos