quinta-feira, 14 de agosto de 2008

foto Paula Barros - Ipanema/RJ
Estou apaixonada por mim......
Ah! Tem dias que fico surpreendida comigo. Com a minha maturidade, discernimento, atitudes. Fico tão apaixonada por mim. Que vou dormir bem pertinho de mim, que nem me largo. Mas tem dias que sou insuportável. Chata. Ciumenta. Absurdamente sensível. E me detesto. Vou dormir, e não tem como mandar a parte chata dormir no chão. Ou ficar no sofá. Não, ela vem sempre comigo. E me atormenta a noite toda. Chuta a minha alma. Ronca no meu juízo. E eu acordo mal-humorada. E tenho que conviver comigo o dia todo. Se pelo menos cada uma fosse trabalhar num lugar diferente, e só se vissem de noite. Depois de uma delas tomar um porre e chegar em casa embriagada (de táxi, por causa da lei). Mas sempre voltam as duas, juntinhas, brigadas, mas de mãos dadas. Mas já estou acostumada comigo. Me casaram há um bom tempo. Desde lá, não me separo de mim. Tentamos entrar num acordo. E estamos tentando viver de forma mais harmoniosa. Então faz dias que estou apaixonada por mim. Não posso ouvir uma música romântica que choro por mim. Sabe quando você fica contente com você mesmo e sai assoviando pelas ruas. Dando bom dia a qualquer desconhecido. E vamos dormir bem agarradinhas. Pois é, estou assim por mim. Espero que essa harmonia matrimonial das minhas almas dure até que a morte decida nos levar. É bem melhor viver assim.

20 comentários:

Bandys disse...

Paula,

Eu sou minha melhor amiga assim como a pior...

Mas quem decide sou!

Beijos

Lilith disse...

Olá Paula

Te achei no Blog da Iuna.

Vim visitar seu cantinho e adorei.
Amei esse post sobre sua ambiguidade, e acho muito legal ver as coisas dessa maneira, pois faz com que nossos momentos ruins fiquem menos pesados, uma vez que sabemos que nosso outro lado, o melhor lado, ainda está lá, e logo fará as pazes conosco!

Também te desejo permanecer nesse estado de espírito por muito e muito tempo.

BJS

Nanda Assis. disse...

que delícia paula. achei um amor este texto. gostei de qndo vc fala, que não tem como mandar ela dormir no chão, ou no sofá e que incomoda a noite toda.
bjosss...

Camila disse...

É desta paixão que ando precisando!
=*

vilminha disse...

Bom dia querida. Fui lendo, gostando, e achando graça, aí comecei a quase gargalhar imagine se pudesse separar-se as vezes de mim mesma que coisa boa, já pensei em ser mais de uma, não duas, mas quem sabe umas três ou quatro. Bom daí voltei pro texto, Você tem razão melhor viver apaixonada por você mesma e pela sua vida aí vive-se agarradinha em harmonia matrimonial isto é achar a alma gêmea em você mesma. Beijos e uma ótima sexta-feira.

Iana disse...

Minha querida...

Venho cá agradecer sua doce visita em meu jardim florido...

É o nosso jardim... estejas sempre a vontade nele...

Eu adorei... amei... sua presença... é mais uma flor por lá, ainda mais vindo do blog da nossa amiga querida Bandys por quem tenho uma grande adimiração e amizade...

Eu também me amo, e as vezes me odeio...mas sou dona de mim mesma, amiga de mim mesma...

E me adoro... :) lol... tem que ser assim, se não nunca chegamos a lado nenhum...

beijos e bom fim de semana
uma simples rosa amiga
Iana!!!

sergio disse...

Paulinha... vc está começando novo ciclo e de forma perfeita... primeiro ame a si mesma e depois.... já sabe né! bj, abraço e tenha um excelente final de semana! lembrança a Lari e amigos!

Poeta Mauro Rocha disse...

Isso me lembrou Cecília Meireles:

"- Em que espelho ficou perdida
a minha face?"

Um abraço e ótimo fim de semana.

Landinho disse...

Excelente o texto. Parabéns.

F. Reoli disse...

Diferente de Arnaldo Antunes, que diz:
"eu fico louco
eu fico fora de si
eu fica assim
eu fica fora de mim

eu fico um pouco
depois eu saio daqui
eu vai embora
eu fico fora de si

eu fico oco
eu fica bem assim
eu fico sem ninguém em mim"

Beijos

Marcelo Martins disse...

Você abordou esse tema de uma forma absolutamente original.
Perfeito isso, Paulinha.
Namorar a nós mesmos, que delícia isso não?
Em bora até nós mesmos possamos nos magoar vez ou outra.
Mas as alegrias que podemos nos dar superam, e muito, qualquer possível mágoa ou decepção.
Como é delicioso observar o mundo quando estamos em nosso próprio colo.
Na segurança de nosso próprio coração e embalados pelas nossas próprias certezas.
Amei, menininha...De verdade =)

Beijinhos

Everson Russo disse...

Eu penso que isso meu anjo querido,são conflitos de todos os grandes poetas,ou é 8 ou 80,nossa com tá maravilhoso hoje,daí vai pro tá tudo pessimo sem solução,olha que dia lindo,xiii tudo cinza e opaco, eu te amo, eu te odeio,chove,faz sol,calor e neve intensos,são os conflitos da alma que quem tem uma percepção diferente das coisas sente mais...essa é a minha modesta leitura...rs...mas no fundo no fundo, tudo que queremos é extravazar todos os "eus" que existe dentro de nós...rs...beijos na alma, ah, e pode ser nas duas...rs...tenha uma linda tarde e um otimo final de semana...

olivia carromeu disse...

As vezes eu esqueço de me amar.

Anônimo disse...

Paula querida,
nunca vi uma escrita sua tão verdadeira.
É exatamente o que eu penso e o que aprendi com a minha mamãe. A pessoa só poderá ser capaz de amar alguém se, primeiro, amar-se a si própria.
Você se ama, e isto é maravilhoso. Agora entendi por que você é tão especial e manifesta essa capacidade de amar como eu nunca vi.
É porque você se ama.
E eu também.
Beijo

Maria Dias disse...

Oi Paula...

Desculpe entrar assim mas passei aqui para conhece-la e ler teus pensamentos e idéias!Bacana o q escreve e muito legais as fotografias.Aproveito para convida-la a conhecer o meu espaço.

Beijos

Maria

Layla Lauar disse...

Legal você estar apaixonada por você mesma...mostra que se aceita, que se entende... que é felixz.

eu ainda não me entendo, por isso não me apaixono por mim...

adorei o texto.

beijos

Lucia disse...

Paula:

Genial!!!!!! Nem tem que dizer mais nada. Você é fabulosa, menina!

Deusa Odoyá disse...

Parabéns amiga.
Como é bom sentirmos ser amadas por nós mesma.
Sentirmos o clamor do nosso interior.
Um final de semana co muita paz e amor em seu coração.
E cada vez mais se ame.

Beijos da amiga.

Regina Coeli

Dr. Fácil disse...

É bem pertinente, a pura verdade também... É tão bom a gente se conhecer enos gostar assim. Claro que uma briguinha "íntima" faz parte hehehe. Beijos Paulinha!

O Sibarita disse...

Belo texto é isso agente tem que se amar!

Hummmm... kkkkk

-E ai véio?
-Ai o que?
-Ela está apaixonado por ela mesmo e eu por mim mesmo! Como fica?
-Rapaz e eu sou cupido para saber de nada?
-Será que não rola?
-Rola? Ai meu Deus do céu!, Oi me deixe, viu? kkkkkk

bjs
O Sibarita