domingo, 31 de agosto de 2008

Ele é feito a matemática. Incluindo a álgebra, a trigonometria, a geometria. É uma incógnita. Um “x” elevado a “n”, um y+x = 1, duas retas paralelas, que não se encontram nem no infinito, ela elevado a zero, sempre um, só ela, nunca o nós. Ele tem muitas formas, muitos ângulos. Ele e ela sem lógica. Sem regras. Sem conceitos. Sem definição. Sem equação. Sem resultado. Ele a longitude do triângulo dela. Sem ângulo. Côncavo, sem convexo. O cilindro, sem o círculo. A matemática, diz-se uma ciência exata. Ele inexato. O indecifrável. Ela perdida em tantas contas inexatas. Ele a matéria (sentimento) que faz ela quebrar a cabeça. Tentando encontrar um resultado que sinalize o fim dessa equação (emoção). Mesmo que desse negativo. Menos tudo dentro dela. Menos ele. Um zero a esquerda. Um conjunto vazio.

10 comentários:

Alisson da Hora disse...

zero = zero vírgula zero

por isso que eu me ferrava em matemática...nunca conseguia ser exato, nunca consigo aliás...

os inúmeros conjuntos que me compõem são indivisíveis e irredutíveis...deveras...desse jeito quem se atreveria a tentar me calcular e não sair com a mente em parafuso?

beijos nada matemáticos...

Nanda Assis disse...

achei tão lindinho, me fez imaginar uma adolescente, quebrando a cabeça, pra se concentrar nos estudos, qndo só pensa no amor.
bjosss...

Everson Russo disse...

Isso é a equação do amor que somando tudo dá um coração, coração esse que erra, soma pra menos, subtrai de si e da em troca tudo que tem, perde mais que ganha, divide tudo e acaba sem nada, é nessa matematica da vida que vamos acreditando que exata mesmo só a matematica, mesmo assim, se refizermos as contas, sérá???? beijos carinhosos e uma linda semana...

Bandys disse...

Paula,

Gostei.

Uma formula meio complicada, mas que no final tem seu resultado.
Beijos

Milady disse...

Paula, infelizmente a matemática não resolve tudo como os cientistas gostariam de pensar...

Nem tudo pode ser tão exato...

Mas que às vezes seria bem mais fácil... isso definitivamente seria...

beijos

O Sibarita disse...

Bom dona moça! É uma incógnita né? Então, tá! Desanuvia, fia! kkkkk

Valha-me Deus!

Então vou deixar sem pretenção alguma uma incógnita para você resolver viu? kkkkk

Equações

Aqui, adejo
os meus vulcões
todos eles em lavas
e em plena erupções.
Cospem línguas de fogo
para decifrar a incógnita
das tuas equações!

Me diz...
Se um dos lados do teu coração
é adjacente ou é um ângulo reto
de um triângulo que não é retângulo?

Sim, eu sei, poderia ser um cateto,
mas, os lados não são iguais
e esse teu amor é imperfeito...

O amor é a forma da igualdade,
a incógnita vem na raiz da equação
e na junção de duas quantidades,
o produto é a soma de todas imperfeições!

A paixão é um número multiplicado
da raiz, elevada a segunda potência
na incógnita de um quadrilátero
da resultante dos quadrados...

Ah, essa equação é girândola
de catetos toscos em charadas
extraídas do arco das fórmulas
no bálsamo das flores sugadas!

E então?
Me fale dos versos!
Eles tem a marca da estigma
e o segredo dos anversos
no decifrar do teu enigma...

O Sibarita

-Xiiiiiii o cara é doido véi!
-Oxém! Por que?
-Isso é poesia que esse cara bote ai, é?
-O que tem demais?
-Sei lá, nem mesmo sei, é um incógnita, né? Como não sou bom de matemática da tudo no mesmo! kkkk
-É isso... eu também não entendo não! Esse pessoal para dizer que estudou tira é onda inventa até palavras. Veja, eu sei lá o que é incógnita?
-Também não sei não! Esse bicho morde?
-Acho que morde e antes que ele me morda vou é me picar! Fuii... kkk

bjs
O Corró kkkk

Layla Lauar disse...

bem... em se tratando de matemática... para todos as equações, problemas e teoremas, existe solução...

sobre matemática amorosa,nada sei, mas quem sabe com um cadinho mais de concentração, você encontre uma solução.

gostei da criatividade.

beijos e boa sorte!

» NaY « disse...

meu Deus, agora entendi pq fui para as ciências humanas! rsrsrs negocinho complicado! As explicações de Freud são mais simples!
hehehe

Xerus
=***

thais. disse...

amei de paixão a foto do blog.
linda linda linda.

passa lá no meu :*

Quase Trinta disse...

caraca...talvez seja isso, nunca fui boa em matemática, por isso não sou boa em relacionamentos...rs