quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Quero lhe chamar de querido.......

Você me maltrata
 Me ignora
Não me dá bola
Fico triste com você
Você me provoca
Se insinua
Se joga

Quero lhe chamar de querido
 Você me abandona
Me olha de soslaio
Passa e não me olha
Fico triste com você
Você me chama
Me quer
Me seduz

Quero lhe chamar de querido
Você se vai
Sem olhar para trás
Sem dar adeus
Sem me dar um beijo
Fico triste com você
Você volta
Me acaricia
Me faz mulher
Me faz sentir viva
Me acorda

Quero lhe chamar de querido
Você não me escuta
Não me responde
Você não é você
Fico triste com você
Você é toda minha energia
Me faz bem
Me deixa acesa
Me tira o fôlego

Quero lhe chamar de querido
Você apaga meu lado aceso
Fico triste com você
Você acende meu lado apagado

Quero lhe chamar de querido

18 comentários:

Alisson da Hora disse...

sempre a busca, sempre a topada com alguns obstáculos e sempre a esperança...

Olhos de mel disse...

Oie linda! Entendo bem sobre isso. Pior que eles sentem que é assim e não dão importância as nossas tristezas, porque sabem que a qualquer momento, basta um simples carinho e já estamos sorrindo novamente...
Gostei muito da poesia!
Beijos

Layla Lauar disse...

faça como eu... por tudo negocio... rss, para conseguir algo de mim tem que me chamar de "amor" e me beijar sempre...ou nada feito!

gostei do poema!

beijos amiga e que seu querido mereça ser chamado assim, sempre.

sergio disse...

Quando menos espera, isso vai lhes acontecer e o seu querido, estará aí juntinho a você! bj, abraço e ótima quinta Paulinha.

lugirão disse...

Mudou tudo de novo? tão bonito quanto o anterior, adoro a lua também.

beijos

Jardineiro de Plantão disse...

Muito interessante este seu poema... Me tira o fôlego.

Abraços

Jardineiro de Plantão disse...

Birô...penso que seja escritório... gabinete... um aproveitamento da palavra inglesa... será que estou enganado... se estou, necessito mesmo de ajuda.

Sobre as comesaidas é só atravessar o ribeirinho que nos separa... e prova de tudo... claro, regado com o vinho desta linda região... desde já um aviso... o vinho tem sabores a flores, passas e frutos... cuidado com ele... que é dos melhores trepadores deste País à beira bar plantado.

Grande abraço.

Everson Russo disse...

É por isso que o amor é o mais simples e o mais complicado sentimento, na mesma hora que está tudo bem, ta tudo mal, voce me toca, me acende, me abandona me deixa, me abraça e nem olha pra mim, é um conflito eterno, sabe aquela sensação que se tem, tipo assim, se eu pular naquele buraco eu vou me machucar,mas eu preciso pular naquele buraco pra eu ver como é...rs...louco isso né, e voce consegue expressar tudo isso de uma maneira tão instigante, tao envolvente...rs..queria eu ser assim,,,me ensina sua poesia???eu quero....beijos minha linda, tenha uma maravilhosa tarde de amor, muita inspiração, e paz...

Everson Russo disse...

Engraçado,,,voltei,o louco de tudo é isso mesmo, a gente nao entender muito eu fazer o proprio entendimento, mas normalmente o que eu escrevo tambem relata um momento,dor, perda, distancia e solidão, que são os temas do dia a dia mais vividos...é muito complexo, complicado e longo isso...rs...e vamos segundo a vida e como voce disse, tem que explicar muito mesmo não, o negocio é soltar os monstros que no final das coisas são todos iguais em todos os corações...rs...ao menos me parece assim....beijos

Camila disse...

E assim é o Amor!
Lindo!
BeijoooOOO

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Fico triste com tanto (des)encontro.
A gente passa querendo chamar de querido e às vezes insiste, persiste, e eles nâo nos vêem como queridas...
beijos

Landinho disse...

Mas o melhor mesmo é quando vc chama de querido.

Betho Sides disse...

Belo texto...Paulinha! Estive ausente, mas vc também esteve! Beijos

edson marques disse...

Ah, essas paixões contraditórias!

Será que não poderíamos escolher apenas os fatos que nos elevam, e esquecer, simplesmente, as demonstrações de desprezo?


Ainda que eu, do meu exclusivo ponto de vista, abomino essas contraditórias demonstrações de desprezo por parte de quem se diz amante.


Mas teu poema está belíssimo!

Abraços, flores, estrelas..

Pena disse...

Oh, Extraordinária Amiga:
"...Você me maltrata
Me ignora
Não me dá bola
Fico triste com você
Você me provoca
Se insinua
Se joga
Quero lhe chamar de querido..."

VOCÊ tem todas as capacidades para chamar o que quiser e puder.
Quem vai contestar tamanha maravilha da natureza, como a sua?
Um momento de poesia perfeita numa perfeita pessoa.
Fantástico!
Beijinhos amigos

pena

OBRIGADO pela sua amizade, sim, doce amiga?

Paulo R Diesel disse...

Andas bastante inspirada, Paula

(Tô esperando o meu link na tua página)

Beijo.

Nanda Assis disse...

Muito dengoso isso, eu adorei!!!!!
vc é linda, romantica, doce e me parece ser uma pessoa muito especial.
bjossss...

O Sibarita disse...

Oxente!kkk Quem lhe disse isso dona Paula? kkkk

Escuta sim! Aiaiaiaia... kkk

Nem vou lhe dizer nada a não ser que a poesia é um chamamento apaixonante, eu heim? Hummmm! kkkk

-E ai? Você não escuta? É surdo?
-Eu surdo? Sou não! kkk
-Por que ela faz o chamamento e você nem ai?
-Oxê! E é para mim? Né para mim não meu nego!
-Né, não?
-Não! Ai se fosse... kkkkkk

bjs
O Sibarita