domingo, 24 de agosto de 2008

Um sábado de alegria


Um sábado de sol. Saudosa liga o computador e fala com a fonte luminosa do seu sentir. Fica bem. Leve para passar o dia. Entre muitas atividades passa a manhã. Na preguiça de fazer algo para almoçar junta o resto de comida da segunda-feira, frita um ovo, senta-se na varanda. O dia está lindo. O mar está com várias tonalidades de verde. Equilibra o prato na mão e almoça. Olhar distante, vendo as muitas belezas. Está se sentindo tão bem, tão feliz. Enviou um e-mail, e recebeu resposta. Só receber resposta já é motivo de alegria. E a resposta foi mais do que esperava. Nada de amor. Não sabe explicar porque depois de um ano ainda se sente assim. Fica tão feliz que soltou beijos para o computador. As lágrimas peraltas pulam dos olhos, brincam de escorregar pelas saliências das bochechas. Lágrimas da mais pura emoção. Almoçou olhando a natureza, apreciando os sentimentos. Quando estamos com a alma cheia de alegria e tranquila, qualquer refeição, qualquer lugar, qualquer palavra nos torna pleno de felicidades.
 

29 comentários:

Everson Russo disse...

A cada dia que passa me torno mais seu fã, voce consegue de uma forma aparentemente tão simples,descrever uma poesia em cima de uma situação, isso sim é ser poeta, voce vê poesia na luz da fonte do computador, na mais corriqueira atividade de um dia, num ovo, num prato, num email, isso é ter o coração alem do horizonte, sabe aquele lugar no por do sol, onde o céu fica vermelho e alaranjado? pois é, é lá que seu coração viaja, para, e relata a vida, eu queria ser assim, rs, pode ficar tranquila, rs,,rs,,não é inveja, é uma forma de dizer "obrigado" por me permitir, ou melhor, nos permitir, ler tanto amor pra dar, em tão simples gestos da vida...beijos meu anjo de poesia e paz, tenha uma semana toda inspirada, em amor, carinho e serenidade...fique com Deus...

edson marques disse...

Paula,


Que lindo!

Você tem uma característica epecial: consegue (já faz tempo, no meu caso) encantar a gente, mas encantar de um modo real, ainda que no mundo virtual.

Esqueci-me de dizer (no comentário desta tarde lá no blog Mude), que, além do pão e das laranjas, meu regime conta, quase diariamente, com um ou dois ovos fritos...


Você é um Amor!


Abraços, flores, estrelas..

Zek disse...

Eu gosto dessa leveza que você transmite Paula, essa suavidade ... fechou com chave de ouro meu domingo.

PS: aquela historia continua sim.

edson marques disse...

Paula,

Acabo de sugerir, no teu outro blog, a criação da Galeria Paula Barros - de Fotografia. E também disse que me sentirei honrado se receber convite para a vernissage.


Outra coisa: esta frase:

"Amar a lua em todas as línguas, assim como amar a língua em todas as luas..."

eu a escrevi apenas aqui no teu blog. Inspirado por você!

Ela não existe em nenhum outro lugar, nem mesmo em meus arquivos do HD.

Ela agora é tua!


Abraços, flores, estrelas..

Maria Dias disse...

Oi Paula...

Já é tarde acabo de postar e então resolvi dar uma esticadinha até aqui.É verdade, Saudosa tem razão...Quando estamos bem o mundo fica muito mais saboroso e fácil de digerir...Concordo mais ainda com Saudosa(é mesmo muito chato escrever para alguém,seja lá quem for e não receber nada,nadinha de volta!rs...).Obrigada por ter passado lá no Avesso!Obrigada pelas palavras carinhosas deixadas por lá...

Beijinhos e q vc tenha uma ótima semana!

Layla Lauar disse...

Iu Amiga

Voltei a tempo de ler este seu belo post..e não se sinta "tola" por jogar beios para o computador, eu encosto a minha mão na tela, ainda que vazia, só para imaginar que o outro compartilha dos meus segredos, dos meus desejos, através dos meus dedos..rss

beijos e obrigada pela preocupação, vez em quando mergulho em silêncios, não falo com a boca, nem com as mãos.. quem me conhece já sabe disso e nem se importa.

que seja iluminada a sua semana!

Layla Lauar disse...

era oi amiga, que eu ia escrever..me desacostumei de teclar..

ah ficou lindo o novo visual do blog, com as belas palavras do Edson e a sua foto, a mais bonita que ja vi aqui entre outras também muito lindas.

+ beijos

Jardineiro de Plantão disse...

Linda frase...

fala com a fonte luminosa do seu sentir.

Abraços

João Videira Santos disse...

Palavras breves em jeito de crónica. Palavras breves voando e poisando no sentimento de cada significado. Gostei.

Camila disse...

"Quando estamos com a alma cheia de alegria e tranquila, qualquer refeição, qualquer lugar, qualquer palavra nos torna pleno de felicidades."
É a mais pura verdade!
=**

Poeta Mauro Rocha disse...

Gostaria de dizer que fico muito feliz por todos que comentam ou já comentaram ou até os que tiveram a intenção de comentar meus poemas, e de dizer que o poema "Veste" é o último aqui apresentado, pois como no poema, estou precisando vestir minha alma, admiro a todos que estão nos meus favoritos, pois são pessoas que fazem um trabalho bacana, bonito e gostam de coisas boas, pessoas especiais pelo simples existir.Quero pedir desculpas se em algum momento fui rude ou desrespeitoso.Quero que todos saibam que aprendo e aprendi muito com o que todos fazem e tenho ainda muito a aprender.Saio de cena hoje, para quem sabe voltar amanhã.Muito obrigado, obrigado de coração!!

Poeta Mauro Rocha

sergio disse...

Uau... fiquei com um pouquinho de inveja (boa) deste sábado. O alimento apreciado com a natureza se enche de energia positiva e nos alimenta. Demais mesmo Paulinha. Bj e ótima semana amigal real.

Raiz disse...

Paula,

gracias pela vista e pelos comentários...

tuas palavras me tranqüilizam e me enchem de alegria fresca...com delicadeza as tuas palavras se desmancham em feitos suaves e bonitos...

gostei daqui...volto sempre!

bjos

raiza

Vinícius Aguiar disse...

Parabéns pelo momento, é a única coisa que pode-se dizer agora!
Abç!

elane rebello disse...

me senti a própria,kkk
na varanda,comendo, vendo o mar,q lindo!!muito real e gostoso de ler!!
vc é uma poetisa da vida!!!
parabéns!!muita luz,amor,paz!!!bjosss

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Oi querida,
Saudade de você. Andei meio sumida, A gripe me pegou de jeito... velho é coisa triste, qualquer coisinha derruba, principalmente febre.
Mas estou voltando...
beijos (de longe, sei lá se o vírus ainda está aqui)

Bandys disse...

Oi Paula,

Adorei o visual do blog e com a frase de Edson ficou lindo.

Beijos

Everson Russo disse...

Olha eu aqui prassando pra desejar uma otima semana, cheia de inspiração, cheia de entendimentos,,,rs,,rs,,,que nada, esse não precisa, agradecer muito seu carinho a mim e ao Livro, que possamos a cada dia mais e mais, estarmos juntos nesse blog mundo trocando nossas loucuras, sonhos, e poesias, eu , voce, Bandys, Elane, Izi, e como nosso coração é imenso, quem mais se aproximar...beijos de paz e uma linda tarde....

Báah disse...

isso é verdade, qualquer coisa faz bem qdo a alma da gente ta em paz !

precisando sentir isso!

beeijos ;*

Báah disse...

isso é verdade, qualquer coisa faz bem qdo a alma da gente ta em paz !

precisando sentir isso!

beeijos ;*

Báah disse...

isso é verdade, qualquer coisa faz bem qdo a alma da gente ta em paz !

precisando sentir isso!

beeijos ;*

Báah disse...

isso é verdade, qualquer coisa faz bem qdo a alma da gente ta em paz !

precisando sentir isso!

beeijos ;*

Marcelo Martins disse...

Essa sensação de reciprocidade nos revigora mesmo.
Como é bom nos sentirmos amados, desejados, queridos, saber que alguém se importa e que, afinal de contas, não estamos sozinhos...

Beijos

Pena disse...

Linda Amiga:
Tenho imenso respeito e uma impressão fantástica sobre a sua alegria.
Contagia. Faz pensar...???
É agradável encontrar pessoas assim.
Faz sorrir de maravilha e encanto.
Parabéns pelo seu doce positivismo relativamente à existência. É necessária e imprescindível a todos.
O resto do quotidiano surge simpaticamente aos nossos olhos.
Adorei!
Beijinhos amigos de respeito, estima e consideração.
Sempre a admirá-la

pena

É fantástica, amiga!

Nanda Assis disse...

que linda... ovo é meu rango predileto!!! e olhando o mar, a natureza e com o coração cheio de emoção, dá até pra qrer estar em seu lugar. desejo que tudo isso dure uma eternidade.
bjosss...

olivia carromeu disse...

é o amor....

Dois Rios disse...

Paula,

A poesia emana do seu ser.

Nesse texto você consegue fazer com que os versos vazem pelos objetos até caírem em lágrimas no lindo mar dos seus sentimentos.

Você é linda!

Beijo,
Inês

Pedro disse...

E tem coisa melhor que felicidade gratuita assim?

» NaY « disse...

É bom quando a gente sabe quue o outro gastou um pouquinho do seu tempo conosco... Soou meio egoísta, mas é bom!
Essa vista da sua varanda é linda! ;D
Oa, dia 31, o Blog Day, vou te linkar lá no janela, tá! Gosto muito daqui! O link com as regras estão aqui: http://www.blogday.org/pt.htm
Xeruuu
=***