domingo, 14 de setembro de 2008

Anjo de luz
Com sua forma de escrever
Descobri em mim
A minha própria vida
Minha força
O sentido da vida
Descobri a mim
Vivi no olho do furacão
Com tantas descobertas
Anjo de luz
Um ano
Muitas mudanças
Várias descobertas

Comecei a escrever em agosto de 2007. Tudo começou quando li uma matéria no jornal. Senti algo diferente, tinha a impressão do jornal vibrar. Depois mais duas matéria em semanas seguintes, a mesma sensação. Muito forte. Quando observava, o mesmo jornalista. Um e-mail para contato. Elogiei. Pedi mais matérias. Ele enviou várias, e eu tendo várias emoções e descobertas de mim mesma. A partir dali minha vida mudou. Eu mudei. Comecei a escrever dia e noite, hoje estou melhor. Criei o blog para colocar o que escrevia. Assim conheci vocês e minha vida melhorou mais ainda. Um ano de muitas emoções, algumas quase me tiram do prumo, muitas descobertas. Está sendo o ano mais maravilhoso que vivi nos últimos cinco anos.

Li uma matéria no jornal
Sem nem abrir a janela
O sol e o mar me invadiram
Várias janelas foram abertas
Lembranças da infância
Retornaram com uma velocidade
Própria da criança
Sem medos, sem pudores, sem receios
Foi o sentimento mais estranho
Mais avassalador
E se não soubesse conduzir
Poderia ter sido destruidor
De mim, das relações
Uma simples matéria
Depois outras e outras
Magia, encanto, admiração
Fui jogada dentro de mim
Forçada a dar um mergulho
Sem preparo
Sem fôlego
Sem esperar
Sobrevivi
Hoje estou aqui
Contando a história
Cantando vitória
Até hoje não entendo
A primeira emoção
O primeiro encanto
E o porquê tudo aconteceu
Sei de toda a trajetória
Que veio depois
Sei dizer onde me perdi
E como me encontrei
Só não sei o que tinha na primeira matéria.
“E a música se fez magia”
Na matéria tinha magia
Minha vida foi transformada
Eu não sou mais a mesma
Hoje toca uma nova música dentro de mim
Música que embala
Que inquieta
Que transforma e move
Música que dá colorido ao sentir
Me faz escrever
Pensar
Sonhar
Desejar
Essa música me leva
Por lugares nunca antes visitado
O mundo do “eu”

18 comentários:

Alisson da Hora disse...

Desde 2005 que eu escrevo...não sei se me tornei uma pessoa melhor por causa do blog (imagino que não), mas também tive minhas pequenas cotas de emoções. Pessoalmente (fora os amigos que eu já conhecia e possuíam blogs) você foi a única que eu conheci através do blog, e tenho um bruto orgulho da nossa amizade, embora nós ambos estejamos sumidos um para o outro.
Mas também conheci outras pessoas maravilhosas que compartilham de algumas pirações minhas. A blogosfera já pregou a mim também uma de suas peças tremendas...acho complicado de escapar delas, embora hoje eu esteja triplamente vacinado.
Acontece. Somos seres humanos, feitos para viver e sentir...

beijo

anderson eduardo disse...

Que bom entao, ganha nos que devoramos seus textos e ganha voce por expressar suas belas escritas... abração e tudo de bom

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Paulinha, os teus textos são um manancial de saber bem escrever!... Para mim foi maravilhoso ter-te conhecido...Parabéns e um belo Domingo!
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Wilson Rezende disse...

Quando entro aqui respito paz.

Cadinho RoCo disse...

Começar é nascer e de um jeito ou de outro é sempre bom nascer.
Cadinho RoCo

Everson Russo disse...

Eu comecei um pouco antes, por volta de final de 1996 e inicio de 1997, foi por pura inspiração, intuição, musica, sei lá, só sei que escrever é bom, a gente coloca os monstros pra fora, mente dizendo a verdade, diz a verdade mentindo, voa, viaja, muda de planeta, ama,odeia, cala, fala, tudo...everything...beijos pra ti querida, e um otimo domingo e uma linda semana...

Gerlane disse...

Olá, querida Paula!

Parabéns por este ano! Pela tua fome de ser, aprender, viver e compartilhar a arte e a vida.

Às vezes, sumo um pouco, devido a trabalho e ao pouco tempo pra tanta coisa, mas foi bom ter te descoberto e agora, vou visitar o nosso conterrâneo Allison.

Uma boa semana, querida!

Beijos!

Daniel disse...

Escrevo desde os 12 anos de idade. Tenho pilhas e pilhas e cadernos com os meus escritos. Com o advento do blog, pude ser lido e ler coisas magníficas como os seus textos. Bjus e bom domingo.

http://so-pensando.blogspot.com

O Sibarita disse...

Pois é, né fia? kkkk Um anjo de luz lhe colocou no blog, oi que bom! kkkkkk

Dona Moça Paula, a vida é assim as coisas boas se apresentam sem quem que jamais tenhamos pensado ou sonhado!

O melhor de tudo é o seu agradecimento ao jornalista, ai demonstra a sua humildade e a grandeza da pessoa que é!

O texto magnífico sobre todos os aspectos!

-Tá vendo você?
-Eu?
-Você é cego, é? kkkk
-Não!
-E como não está vendo?
-Vendo o que? kkkk
-Sei não, esse cara só pode ser cego! kkkk Se alerte cara, o jornalista! kkkk
-Ah certo!
-Certo mesmo? Tá vendo ai, você não quis ser jornalista...
-Mas, não estou lhe entendendo não!
-Se você fosse jornalista colocava um bocado de notas falando de Luz, entendeu? E ai...
-Ai o que?
-Xiiiiiii... é cego mesmo, acabei de crer! kkkkkk
-Cego nada! Eu achei foi bom ela colocar um blog depois dos textos que leu no jornal. kkkk
-Ô foi? Hummmm... kkkkkkkkk

bjs
O Sibarita

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Olá querida Paula
Feliz aniversário!
O presente ganhamos nós, seus leitores...
Amei o "cadê o rapaz", vc poderia ter falado uma mentirinha, dizer que ele está na memória (coisa de poeta, rs)
beijos e bom fim de domingo

layla disse...

Amo escrever, fazer amizades... Sentir, mesmo que de longe. Brincar com as palavras, embora algumas pessoas acabem achando que eu estou brincando com elas. Acontece. Assim como na vida as pessoas pensam que a primeira aparência é sempre a que fica. Confundem-se, nos confundem. Apesar disso, posso dizer que sou feliz com tantas amizades que fiz e que faço. Beijos procê

vanessa lopes disse...

eu escrevo desde sempre...
amo escrever é exorcizante...
qto a seu comentário lá no blog ...
o meu primeiro pensamento foi, vou pedir o msn da paula pra ela me contar tudo como foi, mas se fizesse isso iria ferir o princípio da liberdade e da leveza q estão me guiando.. mas bom saber q tem sido bom pra tu ler aquelas letras...
um beijo querida

Cleo disse...

Paulinha! É assim, através do outro conhecemos um pouco de nós, diz ali:"sem nem abrir a janela". e precisa? o sentimento, a magia está no ar, é só sentir, vibração, intuição. Que lindo teu texto, mágico, sutil, maravilhoso. Beijos e vá em frente.
Uma semana de sucessos prá ti.
Beijos
Cleo

Vivian Mag disse...

...que maravilha poder encontrar-se e assim resolver parte dos conflitos inerentes ao viver...vc escreve lindo...muahhhhhh

Vinícius Aguiar disse...

nossa! um poema descritivo?? uma ode?? independente do gênero textual, seu relato é de uma intensidade impressionante, principalmente por se tratar de algo real, e transformar realidade em versos é uma das tarefas mais difíceis... PARABÉNS!

Pena disse...

Doce e muito Estimada Amiga de Encanto:
OBRIGADO pela entrega da sua beleza e pureza. Serão inesquecíveis.
Até um dia.
Adeus.
Beijinhos de maravilhar por tanto encanto.
Sempre a preservá-la em mim e no que sou.
Sensibilizado...!!!
Emanado de ternura e carinho perante a enormidade talentosa
dos seus lindos Posts que valem ouro e são confeccionadas por mãos delicadas de ouro.
Boa sorte.
Com deslumbre pela sua magia perpétua.
Vejo tanto maravilha que abraça e arrebata ternamente.

pena

A sua doce amizade é inconfundível. Se algum disse alguma inconveniência ou insensatez, desculpe-me.
Talvez, um dia nos encontremos de novo.
Grato pela sua pura e linda amizade.
De sonho.
Felicidades sinceras...!

sergio ricardo disse...

Concordo plenamente contigo. A blogosfera nos prega muitas supresas e cheias de emoções. Amizades que fiz por aqui, assim como a sua, valorizo até o fim da vida. Abraço e bj querida.

lane disse...

tb concordo com Sergio!!esse mundo é surpreendente!!bjjj