segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Passeio de trem pela Serra do Mar - Curitiba com um blogueiro - SérgioFerreira, o filho dele e a nossa turma.

Curitiba, maio de 2008
Noite estrelada. Lua brilhante. Um intervalo no sono. Uns escritos. O dia amanhece lindo. O sol se preparou para nos brindar nesse dia que tanto precisamos dele. Um giro longo. Um sobe e desce, estrada, verde, serra. Conversa e mais conversas, sorrisos, um olhar vago, tristeza controlada. Bons momentos. Não tem como deixar de pensar na saudade, enquanto o dia caminha para o fim. Começo a pensar quando não puder mais conversar olhando nos olhos. Perceber os olhos desviando para despistar a tristeza. Ou os olhos que deixam escapar raios de alegria. A voz que quebra para engolir algo que ficou preso na garganta. Seguimos. O dia caminha conosco. Mas depressa que minha vontade. Se atrasar os passos, ou andar de ré, será que o tempo demora mais a passar? Segue o dia. Seguimos nós. Cada um com sua vida. Nos falaremos, faltará o olhar. Fico desejando no íntimo que a amizade e o carinho sejam maiores. Esse almoço de despedida é ruim. A paisagem. O trem que segue o seu caminho. Nossas vidas seguirão seus rumos. Ficarão as lembranças. O que dizer mais? Tanta vontade de ficar abraçando, me despedindo. Olho, não sei o que dizer. Dá uma tranca no coração. A boca só conseguiu deixar sair..... Se cuide....Ficou a falta nos braços, dos abraços não dados.


Meu outro blog está atualizado.


Sérgio
Gostaria de estar contigo nesse seu momento. Convesar mais, ouvir mais, dizer mais. Mesmo distante, sem o olhar, sem os abraços, conte comigo.

28 comentários:

vanessa lopes disse...

foi mal o coment acima pensei num blog e respondi no outrooo
hahahahah doidaaaa...
lindas fotos, adorei.
bjuss querida

vilminha disse...

Oi Paula, A Serra é linda mesmo, mas hoje o nó ta na garganta, o amigo ta precisando do nosso apoio e das orações e da intercessão de Deus e logo logo ele volta. Eu fico aqui por perto olhando, orando e cuidando pra que ele volte logo. Beijos e ate breve.

anderson eduardo disse...

belas imagens de um passeio inesquecível.. abraços e tudo de bom

Diego! disse...

"Se atrasar os passos, ou andar de ré, será que o tempo demora mais a passar?"

Sempre penso nisso também. Quer dizer tem horas que desejamos mesmo é correr.

Obrigado pelo comentário no blog.Que bom que tenha gostado.

Abração e fique na paz!

Daniel disse...

Lindas fotos! Têm prêmio pra ti no Só Pensando.bjus.

http://so-pensando.blogspot.com

tossan disse...

É demais já fiz este passeio, adoreias imagens são lindas e o texto como sempre é do coração. Xau xau

Olhos de mel disse...

Oie linda! Existem momentos que palavras são desnecessárias. Basta o sentir. Os abraços, olhares e carinhos, deixam fluir toda emoção. Olha o que escreveu? É puro carinho, saudade, sentimentos que saem do coração.
Boa semana! Beijos

sanfilipo disse...

bonitas fotos.o texto muito melhor.
apareça
sanfilipo

sergio ricardo disse...

Você conseguiu me emocionar relembrando este momento. Agradeço a Deus pela sua amizade! estarei sempre por perto. Abraço e bj querida Paulynha.

Beatriz disse...

Um relato que comove pela doçura com que falas desse encontro não só de amigos, mas de almas. Paisagens lindíssimas!

O poema anterior é uma ternura só! Mui lindo!

Vou ao teu outro blog!

Fica um ramalhete de violetas azuis enfeitando o teu dia e um beijo no coração.

elane rebello disse...

Amigo é coisa pra se guardar, com certeza
bjs Paula,lindo demais!!!

BAh disse...

Esse passeio é lindo mesmo! As fotografias me fizeram lembrar da vez que eu tive a oportunidade de, em um dia nublado, aproveitar do trem para ver a paisagem tão maravilhosa.

Fábio Mayer disse...

Não conseguiu fotografar o Véu de Noiva?

Betho disse...

É Paulinha estou triste com à ausencia de nosso amigo. Vamos torcer...Beijos lindinha.
Ah não preciso dizer que o texto é maravilhos...preciso?

Peter Pan disse...

Maravilhosa amiga:
Um texto poético de saudade, onde a beleza e ternura de si se pronunciam com uma entrega fantástica.
É sempre tão lindo o que escreve que encanta e fascina pela pureza e deslumbre como o faz.
"...Seguimos nós. Cada um com sua vida. Nos falaremos, faltará o olhar. Fico desejando no íntimo que a amizade e o carinho sejam maiores. Esse almoço de despedida é ruim. A paisagem. O trem que segue o seu caminho. Nossas vidas seguirão seus rumos. Ficarão as lembranças. O que dizer mais? Tanta vontade de ficar abraçando, me despedindo. Olho, não sei o que dizer. Dá uma tranca no coração. A boca só conseguiu deixar sair..... Se cuide....Ficou a falta nos braços, dos abraços não dados..."

Indiscutível de maravilha.
Parabéns sinceros.
Sempre a lê-la e a relê-la com fascínio e admiração.
Ele nunca poderá ficar indiferente perante tanta ternura linda expressa.
Beijinhos amigos pela significação imensa e que "preenhe" do seu sentir e ser.

p.pan

OBRIGADO pela sua pureza indescritível.
É fantástica!

Layla Lauar disse...

fotos e texto perfeitos...adorei!

este tipo de saudade é muito bom sentir...

beijos

Anônimo disse...

Paula... você tem um jeito de transmitir o que sente de uma forma muito linda.

Ass: Eu...

Everson Russo disse...

Tambem gostaria de estar com Sergio nesse momento, poder ouvir sempre, deixar falar muito, um abraço apertado, a gente fica inerte, doido pra ver a situação resolvida, mas a vida não e assim, tudo que é bom acaba partindo, sumindo no horizonte como o olhar, como nuvem, como o sol, mas temos que acreditar que na proxima manhã um novo dia brilhe com mais intensidade e traga de volta tudo que a noite passada levou...beijos querida, e uma linda tarde pra ti...

Homero, O Tosco disse...

já dizia o Tiririca "Amizade é a melhor coisa do mundo".

Bandys disse...

Paula,

Lindo, lindo, lindo!
O prof. Sergio merece todas as homenagens e carinhos.
Voces são d+;

Eu estou indo devagarzinho...melhorando

Obrigada e beijos

Lilith disse...

Nossa...que bonito esse texto!
Linda homenagem a um amigo...

Realmente ter amigos virtuais é uma delicia, desvirtualiza-los, mais delicioso ainda, mas a depois dessa decisão, o coração não será mais o mesmo de antes, não é mesmo?

Bj imenso

edson marques disse...

Paula,

além de escrever muito bem, você fotografa ainda melhor!


Quando teremos a Galeria Paula Barros?!


Abraços, flores, estrelas..

O empírico disse...

Viajar sempre é bom... E a saudade é linda quando se pode saciá-la...

Marcelo Martins disse...

Já fiz esse passeio, mas não acompanhado de uma blogueira,rs.
Linda a Serra, um passeio inesquecível.
O filho dele deve ter adorado o trem =)

Beijos

Gerlane disse...

Que maravilha, Paula!
É ótimo viajar, principalmente para belos lugares e bem acompanhada.

Beijos e bom dia!

Jardineiro de Plantão disse...

Lindo texto...bela homenagem à amizade...

Fotos perfeitas..

Abraço

Zek disse...

Nossa, agora você me levou direto para minha infancia quando fiz este passeio de trem pela serra... puxa se tiver mais fotos posta para eu poder pegar??


Beijos

O Sibarita disse...

Ai Deus! Aconteceu foi? Hum... kkkk

Sua menina, nem sempre, as coisas saem como queremos ou imaginamos, mas, da frustação é que vem o apendizado, tá rebocado piripicado! kkk

Dona Paula, ao final, vocês são amigos, isso é que importa...

Tava apaixonada em fia? kkkkkk

Você precisa ler "Soneto! viu fia, lá no Sibarita. kkkkkkkkkkk

bjs
O Sibarita