domingo, 21 de setembro de 2008

SEM EXPLICAÇÃO

Se esse amor que sinto fosse real
Se fosse do jeito que sinto
 Se chegasse a sentir que era retribuído
 Imagino que seria o amor mais lindo
 Sinto tanta, mais tanta vontade de te tocar
De acariciar
De fazer o amor mais louco
 Permeado com esse carinho que sinto
Só senti isso uma vez
E foi real
Então sei como é gostoso
 Não sei descrever
 É aquele gostar
Que sinto a ponta dos dedos querendo lhe tocar
Sinto vontade na língua
O corpo tem espasmos de desejos
Não, não sei explicar
É aquele gostar que o corpo se sente vivo
O coração acelera
Todas os sentidos ficam aguçados
É um sentir que já dura meses
Pode ser paixão
Poderia ser um grande amor
Não sei, nunca entendi
De onde vem essa energia
Não, não sei explicar
Quanto mais gosto de você
Mas me perco em mim
E descubro a mulher
Mas tenho vontades de fazer loucuras
De largar tudo só para lhe ver
Para lhe tocar
Sentir, cheirar
Não, não sei explicar
 Porque esse sentir não tem explicação
 Só sei sentir.....

25 comentários:

Daniel disse...

Uma palavra para esse poema: LINDO! Bjus e boa semana.

http://so-pensando.blogspot.com

anderson eduardo disse...

O amor é inexplicável..... adoro seus textos abração e tudo de bom

Paulo R Diesel disse...

Tudo tem explicação Paula.

Boa semana...

vilminha disse...

oi Paula. Passei pra desejar uma ótima semana, muito iluminada e cheia de paz. O retiro me fez bem, agora estou muito bem. Beijos

tossan disse...

Paula, eu esteive no cantinho das suas fotos e não precisei usar colírio, vc clica muito bem! Vc deve ter uma Canon ou coisa parecida. Parabens 1 beijo

lane disse...

é isso mesmo,esse amor vale tudo...
pena , q tem pessoas, q usam DDeus,sabe Paula, ficam falando cada absurdo, usam até os filhos pra desvirtuar esse amor, só por nao saber perder,separar,e saber q todos temos direito de ser felizes e viver esse poema maravilhoso q vc escreveu...
as nuvens vao passar, mas meu profe e eu estamos com um baita de um vudu,q coisa,pessoa nefasta,usa Deus para aterrorizar.
desculpe o desabafo!!
bjs linda!!!e muita luz nessa segunda!!!

Vivian disse...

...aprendi que o que não tem explicação, explicado está...rsss
e tbm pra quê explicar o amor?
amor sente-se, não define-se ou rotula...senão deixa de ser amor, e sim meras especulações...lindo post...muahhhhhhh

Layla Lauar disse...

tem coisas que não carecem explicação...

e paixão é uma delas... a gente não explica, só sente.

bonita paixão a sua, em forma de poema.

beijos..uma linda semana!

sanfilipo disse...

quem não gosta de loucuras?

Camila disse...

Ai Paulinha... creio que sinto algo parecido com o que vc descreveu no poema... aiai!
Mas aqui... mudando de assunto, sou de MG sim e será muito bem vinda! Tomara que dê certo sua vinda e quem sabe nos encontramos?
Beijos

Homero, O Tosco disse...

No amor a reciproca nem sempre é verdadeira, Se fosse como você disse seria o mais lindo amor
A brisa que sopra cá nem sempre vem de lá. Fazer o que? Não tem explicação para os sentimentos, não existe por que. Então buscar explicação é perda de tempo. A grande sacada é saber o que fazer com o sentimento.

Poeta Mauro Rocha disse...

Amar sempre amar...

Everson Russo disse...

Ola minha querida,venho aqui hoje em mais um dia triste pra mim no blog mundo, o prof esta nos deixando, isso é tão ruim, e a gente nada pode fazer né? Mas adorei seu comentario no Livro, rs...foi colocando as notas e nao se perdeu não, pelo contrario se achou, foi muito legal, quanto ao seu post, eu penso assim, já passei por isso tambem, esse amor intenso, que faz a gente fazer loucura, aquela vontade de tocar, de abraçar, o friozinho na barriga, maos suadas, a ansiedade pela pessoa, o acordar pela manhã e saber que essa pessoa existe, mas sei não, acho que isso tudo passsa pela vida da gente uma vez só, ao menos pra mim, ainda não conseguir sentir de novo essa mistura de emoçoes...e com isso, tudo vira poesia, tudo vira musica...beijos pra ti e uma linda tarde de segunda, alem é claro de uma otima semana de amor e paz...

Gerlane disse...

Querida Paula,

Não é que descreveste bem o que ando a sentir! E, como eu te disse naquela conversa, acho que tem um monte de gente por aí, sentindo o mesmo.

Bonito, "viu"?

Beijos pra tu!

Bandys disse...

Amor e paixão, não tem explicação...

Pedro Ivo disse...

Olá Paulinha meu amor, como você está? Pelo que vi está muito bem, até aprendeu a tirar fotos de boas coisas da vida. Rss...
Depois de ler sua primeira postagem repleta de desejos e ver as fotos da praia e suas belezas naturais, só me deu desejo de estar ai com vc. Beijos.

Cadinho RoCo disse...

Caramba, fiquei perdido. Este amor é ou não é?
Cadinho RoCo

Grace Olsson disse...

PAULINHA,

nada é por acaso querida.
Olha, eu tive problemas no layout e perdi um monte de comentários.

Vimte avkisar por que o seu está no meu.
beijos e dias felizes

Zek disse...

Minha querida amiga Paula, vamos por partes que hoje eu estou meio metódico....

- Umas das minhas pirações é me sentir velho, e a cada dia eu sinto que fico mais velhor rsrs, e quase enlouqueço saber que não posso parar a ação do tempo, sabe quando parece que sua vida não será o suficiente para vc realizar todos os seus sonhos... é por aí

- Eu ja senti essa vontade sabe .. vontade de cheirar, beijar ... ficar perto, sentir o gostinho e eu me sentia muito vivo somente por " gostar", nem exigia nada em troca, afinal amor se dá!!! e não se pede de volta.

- Puxa, como sempre.... obrigado pelo comentário, eu as vezes fico na duvida " posto ou não? " e é legal saber que um pouquinho do que escrevo faz bem pra uma amiga.

Beijão

Dr. Fácil disse...

O amor é completo, uma beleza total. Mas pode bater na trave também. Faz parte do jogo. Que aliás, demora um bocado pra 'terminar'... hehe;) Beijos!

Glayce Santos disse...

Pára o carro, quero descer!!!!

Minha gente, esse poema disse TUDO! Se fosse correspondido, e um dia té foi, seria o amor mais lindo!!

De fazer o amor mais louco! Nossa! =( ai, ai...

essa saudade do ausente tem que passar!

òtimo poema!

Parabéns, pra variar!
Beijos grande

Dois Rios disse...

Paula, minha linda,

O amor não precisa de explicações, somente de sensações.

Lindo poema! Como sempre!

Beijos meus,

Inês

Jardineiro de Plantão disse...

Caramba, que força...que vontade... quanta emoção por aí vai... isso sim é paixão.

Abração

O Sibarita disse...

Pois é! O amor e a paixão de mãos dadas ao mais belo dos desejos...

Paula minha fia! kkk Oi e será que o felizardo não sente o mesmo? Já pensou nisso? As vezes só olhamos a nossa parte... kkkkkk

O poema é muito lindo, apaixonante entrega... Atô Tô meu Pai! kkkk

Você é ouro!

bjs
O Sibarita

Anônimo disse...

Good dispatch and this enter helped me alot in my college assignement. Thanks you seeking your information.