terça-feira, 2 de setembro de 2008

Te contemplo
 Oh, amor
Acariciando meu corpo
Permutando fluídos
Trocando carícias
Implorando um pouco mais do meu suor
 Distribuindo afagos
Desejo pulsante
Ao ver jorrar de mim
As várias formas de te amar
Até derreter-me em tuas mãos
Entranhando em tua pele
O meu cheiro
Essência do meu sentir
 

26 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

Tão lindas suas palavras e o olhar através de suas fotografias, que encanto.
Obrigada pela visita.

lindo dia,flor
beijos

Pedro disse...

Ah, o amor...

Alisson da Hora disse...

nossa...depois desse, que foi forte...vou tomar meu rivotril...

"permutando fluidos"

nota 10!

=**

Daniel disse...

Eita, que tá calor aqui hein... rsrs. Bjus.

http://so-pensando.blogspot.com

edson marques disse...

Paula,


Você tem ficado mais sensualizante!

Vivendo esta nova madrugada, sempre!

Abraços, flores, estrelas..

Maria Dias disse...

Ei moça!

Venha até o meu Avesso brindar conosco...Vc já faz parte dele e ele está em festa hoje!

Te espero!

Beijinhos

Camila disse...

Oh delicia de poemaaaa!
Ai ai...
;D

elane rebello disse...

pensei q fosse só eu q tomasse rivotril,kkk

maravilhoso,achei assim, fascinação...

bjs Paula q seu dia seja cheio de fluídos amorosos,luminosos!!!

Quase Trinta disse...

Ah o amor, sempre tão inspirador!

elane rebello disse...

Paulaa, relaxa,kkk,
sempre faço averiguação de área,ele sabe q sou brincalhona, pode chamá-lo de professor amado,de meu amor, ligo nao, sei q ele é amado mesmo, todos amamos ele,pessoa boa de coração,humilde, ele tb ama as amigas, nao ligo pra isso,afinal,nesse mundo, o q temos é só amor mesmo, o resto é nada.

detesto pessoas possessivas, acho q em qqer setor tem limites, mas sabe, temos aqueles amigos q amamos mesmo, q da vontade apertar,abraçar, falar,ouvir,tenho os meus, jamais implicaria com as amigas dele, só se tivesse motivos,como diz a história ng é de ng, ciumes nao leva a nada.

entao,pode falar mesmo o q quiser,de coração,acredite!!vc é muito querida pra todos nós!!para mim.

bjsss,vc é especial,acredite!!!

Layla Lauar disse...

que paixão arrebatora e belamente poetada!!!

gostei muito.

beijos

Homero, O Tosco disse...

Em uma palavra: Sexy!

Bandys disse...

Paula,
Belísimo!

Ao ver jorrar de mim
As várias formas de te amar
Até derreter-me em tuas mãos
Entranhando em tua pele
O meu cheiro
Essência do meu sentir<


Amar é "tudibão".
Obrigada pelos elogios...
Beijos

Zek disse...

O ponto auto do amor talves seja quando o " eu e ela " virá o nós !!
Se perder para ganhar, se dando para se perder.. se doando sem se preocupar em receber... quem sabe!

Bom, o selinho é sempre uma forma de carinho, e quem melhor para receber do que um amigo ? se esse amigo te faz sentir bem, flutuar, voar e voltar... no mínimo um selinho merece ganhar.

Beijo

Everson Russo disse...

Sua poesia é assim,,,cada dia uma surpresa,cada dia uma descoberta, um extase e um presente ao amor, uma reverencia, uma dedicatoria a quem escreveu um dia uma historia, eu fico me imaginado no , Te contemplo oh amor, como é bom, e quantas vezes já nao ficamos contemplando uma pessoa apaixonada, o olhar é diferente, o suspiro, o sorriso, é facil sentir a alma dessa pessoa, pois ela fica inquieta dentro do ser transbordando paixao...loucura...lindo demais...Respondendo sua pergunta no Livro, por esses motivos que acho a cada dia que passa mais legal postar meus textos, eu que resisti um pouco a isso,,,rs,,pode acreditar, eu ficava assim, "xi, isso aqui não ta legal", e vetava...rs...eu acho simplesmente o maximo cada ideia,cada interpretação que elas transmitem e traduzem, e te respondendo de coração aberto, "Infinito Amor e Paz" eu escrevi ontem a tarde, enquanto preparava outro post...rs...e sabe porque postei ela? pois é, sabe não, eu definitivamente não gostei dela...rs...achei melosa demais,melancolica, dramatica, e depois de ler seu comentario´já estou lendo a de uma maneira diferente, acredita nisso? já estou vendo cores no horizonte cinza, e ela não tem musica e nem teria, mas depois que voce me fez ve la de uma forma diferente, quem sabe??? rs...são as loucuras que nós passamos né? voce bem entende...obrigado pelo comentario, pelo carinho e pela amizade...beijos em sua alma, linda tarde pra ti...fique com Deus...

Cadinho RoCo disse...

Quando é assim não há nada que impeça o encontro esteja ele em dimensão que estiver.
Cadinho RoCo

Betho Sides disse...

Belo texto e a foto também vc sempre está acima da media. beijos Paulinha.
Ah hoje eu tbm estou no http://diarim.blogspot.com.

elane rebello disse...

Paulinha linda,estou chorando,sabe ando cansada mesmo,me emocionei com vcs,vcs sao anjos, nao deixarei de visitá-los, mas acho q esses dias foram muitas pressoes, vivo muito em funçao do outros e isso me deixou muito doente,estou bem melhor,tive depressao profunda, ainda tomo calmante as vz, estou tomando de novo e percebi q preciso parar um pouco,quero q Sergio tb seja feliz, e nao qero ser peso pra ele,por isso, e darei um tempo, mas prometo q me renovarei, tenho muitos textos q escrevi nos outros blogs,coisa antigas,depois vou resgata-los, te prometo, fazer muito texto com musica, pao, manteiga,kk, nao esqueci,e vc é convidada especial,vc erverson e marcinha,landinho tb,gosto demais de vcs.
só qero me organizar,pra falar com minha filha,sobre minha vida,e ha pressao pra ela nao se revoltar,mas sabe,cansei de pisar em ovos,pelos outrs,ela ta la com o pai, e eu aqui,entao,farei minha parte,retomarei meu euilibrio,e prometo voltar logo!!mas te falo,qm sai daki feliz sou eu,carregada no colo!!vc é uma fada!!bjs magicos, da Lane ou da Ariel,vc escolhe qual gosta mais,kkk,cansei de ser duas,kkk
obrigada mesmo,tenha certeza q amamos vc,eu e Sergio.de verdade!!

Jardineiro de Plantão disse...

Mostrando a forma... e dando a essência.

Abraços

Vanna disse...

Nossa, q sensação gostosa.
Bjs, lindos dias.

Marcelo Martins disse...

Uma profunda e bela declaração de amor.
Será que ele leu?
Pois deveria...

Beijos

Paulo R Diesel disse...

Ler o poema nos leva a "pensamentos e devaneios".
Ou será que "pensamentos e devaneios" nos leva a ler o poema.
A ordem não importa. O que importa é a interatividade do poema/poeta/ser.

Beijo Paula.

O Sibarita disse...

Isso dona moça! O amor é isso e mais aquilo! kkkkk

Que poema porretinha, aiaiaia... Sei não viu, fia? Humm... kkkk

Matou a equação, fia? Matou foi? Ah, bom... kkkk

Quer mais festa, é? Alivie! kkk

tem coisa nova lá.

bjs
O Sibarita

Mariana disse...

Olá menina!
Linda declaração.. mantenha esse coração sempre apaixonado e sempre apaixonante para quem passa por aqui.
Beijocas

Luciano disse...

Gostei muito do seu blog.
To passando pra te convidar a visitar o meu, e se gostar, será sempre bom receber vc por lá.
Ah, se não for pedir demais e se quiser me linkar em seu blog, vou gostar. Fica a seu critério.
Abraços
Luciano
PAPIROS DE ALEXANDRIA
http://papiros.zip.net

Pedro Ivo disse...

Após ler esse poema cheio de s-desejos e tudo o mais. Fiquei a imaginar o que você escreveria que não escreveu sobre meus lábios. Desejo realmente saber, agora fiquei curioso... msmo que eu fosse o único a saber. Beijos meu sonho!