sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Quem cabe na minha solidão.....

Estava me perguntando o quê e quem, no singular e no plural, cabe na minha solidão. Na minha solidão plena de mim. Sem faltas. E na minha solidão onde algumas ausências me fazem falta. Até onde o estar só é muito bom? Sem obrigações, compromissos, sem vozes. Sem ouvidos querendo me ouvir, sem perguntas, sem toques. Transbordando de tranquilidade Sem muito esforço de mim. Até onde o estar só é ruim? Mas quando eu penso no que eu gosto, no que quero para mim. No que não gosto, e nem suporto mais. O tipo de companhia que gostaria para estar ao meu lado. Fico mais uns dias pensando... E convivendo comigo Mas quando percebo o quanto ando chata. Abusada. Mal acostumada. Cheia de vícios. De habitos. Com uma liberdade imensa. Um ciúme ainda rebelde. Viciada em mim. Gostando de estar só. Tenho pena do outro. Desisto de preencher os espaços vazios e me contento comigo.

28 comentários:

Nanda Assis disse...

a solidão muitas vezes somos nós que a criamos.
temos que nos bastar.
vc tem muita facilidade pra expressar em belas palavras o que sentes.

bjosss...

Vivian disse...

...não tenho medo da solidão, pq aprendi a viver com minha solitude.

e é com ela que trago pra dentro de mim todas as coisas e pessoas que amo.

vc é linda em suas colocações, e portanto merece bjusssss

muahhh

Layla Lauar disse...

eu fico perfeitamente bem quando estou só comigo mesma.. e se estou apaixonada,como agora, consigo tanto imaginar o meu amado, que durmo e acordo com ele ao meu lado... todos os dias... (mesmo distantes distante 1301 km...)

beijos querida, um ótimo sábado!

Everson e Izi disse...

Que bom que Deus abençoou e seu amigo já esta de volta, e bem...
Quanto a solidão, eu penso assim, muitas vezes é opcional nessa vida, as vezes nós nos afastamos das pessoas,e não elas da gente, a solidão é imensa, sem tamanho, sem dimensão, sem dó, ela é implacavel, e o mais interessante, ela nos parece tão intima, tão conhecida, é um espaço nada estranho pra nós, que parece estar dentro de nós mesmos, assim eu penso...beijos querida e um lindo final de semana cheio de carinho e paz...

Glayce Santos disse...

Oi, Paula! Antes de tudo, um belo final de semana, viu!
Sobre a frase do título: Um ano passa .mais rápido do que imaginamos...Mas com certeza qlgo vc terá feito!!!!

Que cabe em nossa solidão!!!! Eu não ficaria triste se alguém me dissesse que eu caibo (está certo isso? rs) em sua solidão! Se está lá é pq foi, ou é, importante, deixou marcas! Mas é sempre bom não se sentir assim, né???

Belo Texto, Paula!

Beijos

*tossan disse...

Paula, as vezes eu fico rodiado de gente em casa, na rua, no trabalho...E me sinto muito só. E outras sem ninguém e feliz. Vai me entender? Não é solidão é um encontro comigo mesmo. Bj

Marcella disse...

Há momentos de solidão que são necessários, há outros que não e isso nos traz certa angustia
acho que todos nós precisamos um pouco do outro, de uma companhia, aprendemos a doar um pouco de nós, a sermos menos egoístas, enfim, há momento para tudo nessa vida!
beeijos paula!

Glayce Santos disse...

Tem um MEME para vc em minha Bruzundanga, mas só faça se quiser! =)

Cleo disse...

Paulinha.
solidão é bom, estar com a gente mesmo é uma maravilha. às vezes estamos rodeados de gente e estamos sozinhos ao mesmo tempo, então ficar só, mas acompanhada de nós mesmo é ótimo.
e também vamos ficando mais exigentes, egoístas com nossos silêncios, e é como você diz, "tenho pena do outro".
belo teu poema.

Um belo fim de semana prá ti.
Beijos com carinho.
Cleo

Recanto de Sonhos disse...

Paula,gostei muito do que você escreveu aqui.Veio-me à mente um escrito de Nietzsche,sobre a solidão.
Se não me falha é memória é assim:
"Minha solidão nada tem a ver com a
presença ou a ausência de pessoas.
Detesto quem me rouba a solidão,
sem,em troca,me oferecer,
verdadeiramente,companhia..."
Que bom que seu amigo já está bem.
Um bom dia e um bom final de semana
para você.
Fico feliz que tenha gostado do meu
poema de ontem.Obrigado pelas visitas.
Beijos.Amarísio

Sonhadora... disse...

As vezes a solidão faz bem, é um estar conosco q não há comparação. mas com alguém é muito melhorrr, mesmo sabendo q é necessário um tempo só.

bjos e um fds lindinho!

Léo Mandoki, Jr. disse...

a solidão é um fenomeno estranho.
existe aquela solidão temporária, onde a gente gosta de estar só para podermos "arrumar" a casa, os pensamentos, as emoções...ter liberdade.
Dps existe aquela solidão de mto longo prazo...a solidão dos monges, doas ascetas...que tbm é boa pq deixa a alma apaziguada.
Conclusão:
existe um TEMPO intermedio onde a solidão realmente doi. Que tempo é esse?
Acho que vc está quase chegando lá!!
beijossss

Márcia(clarinha) disse...

Eis a melhor solução, caber-se em si com perfeição.
Solidão é nada...

lindo dia flor
beijos

Tuza disse...

ola!!!!!

sabe, a solidao as vezes muitas vezes e necessaria, as vezes faz bm...

+ nem sempre...

gostei muito do blog!

bjoooooooo

Quase Trinta disse...

Tem uma frase que gosto muito que diz que solidão só é boa quando é por opção.
E concordo muito, tem momentos que queremos é ficar sozinhos..
O que não é meu caso no momento...
Estou passando pela fase ruim da solidão..
Mas como eu escrevi é uma FASE.. ou seja, vai passar...

beijos linda e bom final de semana

Leonardo Hoffman disse...

Só,eu sei,do que não sei,quando vi e passei.
Compartilho das suas palavras.

Beijão

Lay disse...

Eu adoro, ficar comigo. Me acho muito melhor companhia do quemuita gente, quando estou apenas comigonão me considero "sozinha".
É bomnão ter ninguém querendo conversar, não ter ninguém querendo escutar o que tenho pra dizer, e eu não querendo ouvir o que teêm para me falar.
Tbm ando meio abusada, meio mal criada, mas ainda assim gosto de ficar comigo e com meu gato (esse sim me entende).

beijos Paula

Sol da meia noite disse...

"Na minha solidão plena de mim. Sem faltas.
E na minha solidão onde algumas ausências me fazem falta."

Solidão plena de nós, porém vazia do que nos falta.
Parece contraditório, mas não é.

Muito gostei deste texto.


Tudo de bom para o teu amigo.

Abracinho
:-)))

Poemar disse...

Paula, querida,

Penso que, às vezes cobramos muito de nós mesmas, pois tenho andado assim como tu, porém, percebo que não é por ser mal-humorada, mas por estar cada vez mais consciente do que me satisfaz ou não. E antes a minha própria companhia do que a de outras pessoas com as quais não me identifico.

* Também curto Enseada! Passei bons momentos lá! E conheço bem este caminho.

* Bom que teu amigo já está recuperado.

* Beijos te deixo!

Iana disse...

Oi linda...

A solidão é um bichinho perigoso
ela vem de mansinho e pega a gente derrepente...

Muitas vezes criamos esta tal solidão... outras vezes ela aparece e se alimentarmos ela ai babau...

tem é que ter força e não deixar a solidão invadir nosso ser, nem fazer morada dentro de nós...

Obs: desejos de melhoras ao teu amigo
Beijos e beijos da amiga rosa
Iana!!!

TODO NOSSO disse...

ESTOU TENTANDO ME ENCONTRAR, NO MEU CASTELO DE SONHOS,ESTOU MAIS FORA DE MIM DO Q EM MIM,
PROCURO NAO SOFRER COM O Q PENSAM DE MIM,FALAM,MAS,CONFESSO,AS VEZES
DÓI, MS VALE A PENA,SERMOS NÓS MESMOS, SOZINHOS OU NÃO, A VIDA...
A VIDA NOS ENSINA ,UM DIA ..UM DIA,QM SABE, ENTENDEREMOS TANTOS
POR QUES, TANTOS SONHOS DESFEITOS,
TRANSTORNOS,ALEGRIAS E REALIZAÇÕES,E O Q TEMOS Q FAZER COM TUDO ISSO.
BJS Paula, tudo linod aki,seu post,essa foto,sua busca de vc mesma..parabéns!!
bj na alma!

Bandys disse...

Paula,
Depois que me descobri nunca mais fiquei sozinha.
Hoje quando nada mais me resta, tenho a mim... Falando de amor, de carinho, e às vezes ate mesmo de solidão...
Beijos

PS: Ser poetisa do amor é uma responsabilidade muito grande, sou nãoooo, rsrsrsrsr

Léo Mandoki, Jr. disse...

biblioteca ambulante??!!! eheheheheh
adoro passar aqui pelo teu blog...e adoro teu comentários inteligentes...
é msm verdade...a vida se decide em poucos segundos...a nossa e a dos outros
beijossss

Hugo de Oliveira disse...

Oi gostei muito do seu blgo...suas palavras são lindas...Aff!! solidão é algo necessario as vezes.

Te linkei em meu blog...viu.


te espero lá no meu.


abraços

Hugo de Oliveira disse...

Paula, obrigado viu...vejo que vamos trocar várias ideias...ok.


Beijão.

Cacau disse...

Paula

A solidão somos nós que criamos.
Podemos ter muitas pessoas a nossa volta, mas nenhuma realmente presente.
É bom ter momentos com nós mesmos, aproveite esses momentos,são com eles que você se descobre, e permite que outras a descubra.

Beijos ótimo domingão

Pelos caminhos da vida. disse...

Hoje tirei um tempinho pra visitar novos blogs,ate que cheguei ate aqui.

Paula as vezes mesmo rodeada de pessoas,eu me sinto só.

Gostei daqui.

Apareça lá me visitar.

beijooo.

Jardineiro de Plantão disse...

Não gosto lá muito de solidão... e não existe... por vezes sinto a necessidade de um retiro e me recolho em mim e me procuro em vivências vividas e sonhos a realizar.

Abraço