quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

O tempo passa
Páginas viradas
Folhas caídas
O tempo não volta
 O livro da vida está gasto
As folhas caídas
Pisadas
Outono Ou eu
Um novo ciclo
A vida pisada
 Os sonhos caídos
A esperança
De uma nova vida
Verão
Ver eu....

22 comentários:

Sol da meia noite disse...

As folhas caídas são promessas de folhas que irão renascer.
Os sonhos caídos, promessas de novos horizontes...
Ciclos se fecham. Ciclos se abrem.

Querida, um beijinho *

Iúna disse...

gosto de poesia, mas não ouso analisá-las, me contento em ler e dizer que fico boba com quem tem talento para brincar assim com as palavras, e vc tem.

Alisson da Hora disse...

o tempo só volta na nossa memória...

beijão...

Julia 3MP disse...

Oi Paula, repassei seu carinho.

na verdade, só eu chamo o Olavo de sorriso [nao só de sorriso, como tbm: meu lindo, minha vida, meu amor , hahhaa x) ]. E sim, o sorriso é lindo! ( suspeitissima pra falar)

Um bjo.

Pena disse...

Extraordinária e Sensível Amiga:
Um comentário assumidamente de ouro. A sua GIGANTESCA atitude e gesto fabuloso, como sempre nos congratula.
Lindo...!
"...O tempo não volta
O livro da vida está gasto
As folhas caídas
Pisadas
Outono
Ou eu

Um novo ciclo
A vida pisada
Os sonhos caídos
A esperança
De uma nova vida
Verão
Ver eu...."

É de uma pureza e beleza de fascínio e doçura.
Num blog de passagem e atenção obrigatórias que fazem sonhar e sonhar...pela significação de incrível magia doce, delicio-me de palavras construídas com imensa genialidade poética e um repleto carinho...
Beijinhos amigos de imenso respeito pelo seu encanto
em palavras doces...
Saio maravilhado por tanta beleza de si...


pena (Memórias Vivas e Reais)

A+☺$ disse...

Nossaaa! Ficou muito bom!

Outono
Ou eu

Verão
Ver eu....

O jogo de palavras foi algo incrível!

Bom dia para você =D

Zek disse...

Ahhh esse livro da vida, tem paginas que eu guardo outras deixo escondidas... mas escrevo ainda que por covardia não deixo mais nada passar em branco !!!


Ficou lindo !!

Bjs

Pelos caminhos da vida. disse...

Obrigada por estar presente na homenagem a nosso amigo Olavo.

Fim de semana de luz.

Um gde abraço.

beijooo

yehuda disse...

o tempo passa
yehuda num novo ciclo
reaparece
confira!

Amarísio disse...

O livro da vida pode até estar gasto,mas há,nele,folhas novas esperando para serem preenchidas.
E,se é chegada uma nova estação,
vamos continuar o livro com o coração aberto.
Linda a sua poesia,Paula.Como sempre,vir aqui faz bem ao coração.
Gosto muito também dos seus comentários no meu recanto.Você é sempre muito gentil e amável.
Um ótimo dia.
Abraços.

Izi e Everson Russo disse...

As historias, as paginas, as folhas caidas da vida são um ciclo sem fim, quantas e quantas vezes não passamos pela mesma paisagem....beijos carinhosos, lindo final de semana pra ti e muito amor e carinho pro coração...

Camila .:εïз disse...

As folhas caem para que as novas possam nascer!
É um ciclo, como vc bem disse, né?
Um grande beijo querida!
=***

Jardineiro de Plantão disse...

O ciclo da vida é uma mudança constante e indefinida, nos sobra sempre a esperança de uma florida Primavera.

Abraços

Quase Trinta disse...

O tempo passa...
Com ele cada pessoa
Mas mesmo assim não deixa de ter momentos a toa
Coisas que nada a ver fazem parte de nós
Nos leva e cativam nossa total atenção, e sem perceber tudo chega ao fim!!!

Paulinha não fale a segunda vez q arrumo as malas e corre pra Recife te conhecer..rs

beijos

Olavo disse...

Oi querida obrigado pela força..tem um selo para vc lá no blog..
beijão.
Olavo

João da Silva disse...

Paula, querida, que coisa mais linda! Você trouxe, de uma forma que mescla o existencialismo de Sartre, mas misturado com o entendimento de Sêneca e o amor de Gonçalves Dias, versos que de um lado nos asserenam e de outro nos instigam. Quem não passa por isso? Exprimir com arte, entretanto, é para poucos; e você o fez.
Beijos carinhosos, reconhecidos e de afeto, do João

Angel disse...

Que lindas e fascinates palavras que compõem assim um maravilhoso poema.

Adorei.

Beijos

Raíza Rocha disse...

tempo passa
leva
cura

Passa tempo
passa sem demora

e eu recomeço com o passar das horas.

tempo passa
traz
refaz.

edson marques disse...

Verei.


Abraços, flores, estrelas..

O Sibarita disse...

Fia, é isso ai! Renovar é preciso...

Belo poema, essa moça sabe das coisas!

bjs
O Sibarita

Gerlane disse...

Ah1 verás, sim, querida Paula! com certeza!

As estações sempre se renovam e nos renova.

Beijos!

Pavón disse...

Outono e sua chuva de folhas sempre trás esse ar de tristeza, mas que podemos encarar como renovação...

Beijos