domingo, 29 de março de 2009

A andarilha e o caminho Tem um caminho de palavras, e a andarilha segue, horas pisando macio, horas tropeçando nas emoções. O caminho está lá. Com grama verdinha, flores coloridas, lagos, rios, mares, lua, estrela, sol, céu azul, nuvens alvas. Tem muitas belezas. Tem também, estrada de barro, poeira, espinhos, pedras pontiagudas, nuvens nubladas. Tem lembranças boas e não tão boas, angústias, inquietações do ser. Sonhos, esperança, amor. Tem porteira rangindo ao se abrir, tem carro de boi carregando o passado. Tem asas de bem-te-vi cantando o amor. O amor na imensidão do ser, o amor de todas as formas. Tem vida pulsando. E talvez seja isso, só isso, isso tudo: a maravilha da vida pulsando, nos escritos, vida derramada nas palavras, polvilhadas nas frases, fermentadas no todo, que façam a andarilha ir e voltar, diversas vezes. E sentir o aroma do ser vivo. O ser de lá, o ser de cá. Ela segue cada palavrinha poética. Cada emoção derramada. Ela se vê. Se reencontra. Se molha nas chuvas prateadas das lágrimas. Se inunda de um ser cheio de vitalidade. Derrama-se de palavras. E segue sempre viva. Pois aquelas palavras enfeitam a alma dela de flores sempre-viva.

42 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Um ótimo domingo pra vc Paula.

beijooo.

Mai disse...

Paula, da próxima vez que a andarilha for andar por esse caminho de palavras, pede a ela que me leve consigo?

Fiquei parada diante da fotografia e desta frase e me inseri (metida, eu...) no enredo, colhendo palavras pelo caminho...

Amei esta idéia.
Queria colher palavras como colho as flores em meu jardim, para alegrar a minha sala de visitas...

Mas as palavras eu enfeitaria o meu mundo... O mundo de mim...

Beijos, amiga.

Bom domingo!

Blue disse...

Andar e vagar pelo mundo qual andarilho, deixar a vida levar, ao sabor do vento... Gostei dos textos das poesias. Enfim, tudo lindo aqui! Beijos

paula barros disse...

Mai, querida

Andamos pelo mesmo caminho. Muitas vezes você chega antes de mim, toma goles das palavras, saboreia as frases, cheira a poesia e deixa o seu carinho.

Eu, chego depois. Sou tragada pelas palavras, sou engolida pelas frases, tomada pela emoção, e faço o meu caminho.

beijos e obrigada por tudo.

Fábio Mayer disse...

E depois você diz que as vezes não consegue ilustrar uma foto com um texto... mentira!

Esse texto remete às fotos, é lindo!

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho la pra vc.

Bom domingo.

beijooo

Avassaladora disse...

Paula, creio que preciso segura na mão de sua Andarilha,, já que estou perdida...
Trilhar com ela tantos caminhos e vivenciar esse mundo de emoção!
O caminho é tão convidativo!

Vc compõe uma sinfonia com as palavras...

Mil beijos e carinhos



PS:Obrigada por ver o que não vejo no que faço!

Everson Russo disse...

Eu penso que quando essa andarilha parar, refletir e começar a montar o livro da vida, ou da estrada, ou do coração, ela terá muitas historias e estorias pra contar, não pelo que leu, pelas palavrinhas captadas dos "poetas", não se esqueça de perceber as aspas, rs,rs,rs, mas sim pelo que seu coração sentiu, onde mais ele pulsou, onde ele sorriu e onde ele chorou...um grande beijo no seu coração e uma linda semana....

Maria disse...

Andarilha, como eu gostava de te acompanhar agora nesses passeios de palavras... e noutros, por aí desse lado de lá...

Belo texto. Bom domingo para ti.

Beijos

Neto disse...

Vida pulsando, ou pulsante, é sempre algo maravilhoso...

Um abraço e um bom domingo!

Ana Lu disse...

Lindo texto
;D
Nada como ser uma andarilha e descobrir as belezas da vida assim..
;***

Mangarosa disse...

Amiga Paula, que lindo trilhar por caminhos nunca antes trilhados, belo e reconfortante.

abraços - Mangarosa

Amarísio Araújo disse...

Paula,

Lindo mais esse caminho composto por essa andarilha de alma boa e sensibilidade aguda,que vai por aí recolhendo e semeando versos floridos e perfumados de amor.

Uma ótima tarde de domingo pra você.
Beijos

Dauri Batisti disse...

A andarilha se veste de recolhedora de frutos. Faz com eles arranjos tão lindos, aguçadores de sabores.

Beijo.

Mario Neves disse...

Amiga Paula! Agora um sonho povoou o meu imaginário com este seu escrito, encontrar o mapa que me aponte onde fica este caminho que palmilha a andarilha.Amiga eu tenhos estórias e histórias na mente e no coração, mas falta-me as palavras para conta-las. Preciso achar este caminho para enriquecer meu vocabulário. Sou muito pobre em palavras, tive que abandonar a escola muito cedo por causa da matemática.Semprfe amei as palavras e as letras e gostava de brincar com elas. Mas meu ódio pelos números foi maior, por isso fugi dos bancos escolares.Ensina-me este caminho e eu serei eternamente grato. Saudações Poeticas - Mario Neves

Bandys disse...

Paula,
Seja qual for o caminho nunca perca a esperança...pois é ela que da forças pro caminho ser "bonito".

Beijos e uma otima semana ☺

Maria Dias disse...

Paula,

Acho que a Andarilha sabe o que quer e só por isso não desiste de seguir o sol, a chuva e as estrelas...

Ótimo início de semana!

Beijinho

T O D O S E U disse...

Ler seu post é viajar na imaginação, andarilha ou não.. bjs amiga

Eurico disse...

A andarilha tem asas nos pés...

Dona Sra. Urtigão disse...

Ah!
É assim que me sinto, embora minhas palavras não deem o tom claro.

Mara faturi disse...

Adorei o texto, perfumou meu início de noite;)
grande bjo!

Pedro disse...

O caminho está sempre lá, basta a gente seguir!

aninhamartinelli disse...

que lindo seu blog! parabéns paula!
até onde esses caminhos da vida poderão nos levar?
beijoss passa lá no meu blog!

Ademerson Novais disse...

Andarilho...sempre me esbarrei com essa palavra..sempre ela se chocou comigo..ora querendo que meus pés andasse por ai..percorresse caminhos...estradas desertas..ora que minhas mãos enchesse folhas...que eu andasse dessa vez nas florestas da minha mente...que caminhasse na minha imaginação...Andarilho...assim me chamo quando eu me perco..quando estou por ai...apenas andando...

Adoro vir aqui Paula e ler teus escritos...muito de nós vc escreve de vc....

Ademerson Novais de Andrade

lugirão disse...

Excelente teu texto, muitas vezes me sinto como sua andarilha.

Beijos

Luciana Andrade disse...

E sabe que é sempre nas palvras onde me encontro.. E no fundo é isso tudo que vale mesmo..
Beijos meus querida e uma ótima semana!

Luiz Caio disse...

Oi Paula! Como vai?

Seguir os caminhos das palavras, que levam às emoções do outro. Que levam aos sentimentos do outro, é aprender um pouco mais sobre a vida que pulsa nas veias de outros corpos... Nos corações de outros seres! É uma forma de poder entender a vida, um pouco além de nós!...

PAULA! QUANTO MAIS VOCÊ SE REPITA AO USO DE TÃO TERNAS PALAVRAS,EM SUAS ADORÁVEIS VISITAS, AO JÁ TÃO SEU QUANTO MEU ESPAÇO. MAIS FELIZ ME SENTIREI, SEMPRE QUE POR LÁ VOCÊ PASSE!

TENHA UMA ÓTIMA SEMANA!

BEIJOS, CARINHO, E AMIZADE...

Everson Russo disse...

Uma semana de muita paz e muito amor pra essa andarilha que tenho a certaza, anda com um cesto de flores e outro de estrelas e vai perfumando e brilhando o caminho de quem a ela segue...beijos na alma....fique com Deus sempre...

Beatriz disse...

A andarilha faz o que é preciso ser feito... caminhar! Tropeçando, caindo, levantando, olhando às vezes para trás em busca de incentivo para prosseguir, alimentando-se das esperanças nascidas no olhar do tempo e dos sonhos que um dia soube erigir, buscando não apenas sonhar, mas também construir, vivendo às vezes de poesia e outras saciando a sede na fonte de determinação que abriga dentro de si... enfim, a andarilha faz seu caminho no próprio caminhar.

Adorei o texto, amiga, bem como a suavidade da imagem. Tudo muito lindo!

Fica uma rosa azul, o sorriso de um anjo e um beijo meu, enfeitando a tua semana.

Poeta Mauro Rocha disse...

O caminho sempre estará lá.

BJS

Uma aprendiz disse...

OI, Paula

Hoje estava pensando sobre isso.
Quanto bem me fez começar a trilhar esse caminho. Descobri pessoas maravilhosas, entre elas você.
Obrigada por me permitir dividir esse lugar contigo.

beijos

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!! Venho aqui fazer uma campanha, o meu amigo Rodolfo Lima do blog Dogmas (http://do-gmas.blogspot.com/) esta concorrendo a prêmios no blogue Traços De Um Homem (http://tracosdeumhomem.blogspot.com/2009/03/tracos-golden-awards-apresenta-os.html) ( http://tracosdeumhomem.blogspot.com)O Dogmas está
concorrendo na categoria BLOG REFLEXIVO. Vamos votar nesse blog, ele merece.

Um abraço!!!

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

seus textos nos remetem à vida leve, serena, nostálgica e esperançosa..
bjs na alma Paula!!

ótima semana , plena da luz!!

Jardineiro de Plantão disse...

Estou meio Alentejano... Tive que ler, reler... depois li

"Ela segue cada palavrinha poética. Cada emoção derramada. Ela se vê. Se reencontra. Se molha nas chuvas prateadas das lágrimas. Se inunda de um ser cheio de vitalidade. Derrama-se de palavras."

Reparo que a pena rápida da prosa segue paralela à veia da poesia... no fermento crescendo nas letras moldadas, fervilham ideias cheias de luz, mostrando feliz vitalidade no sentir.

Abraço para uma escritora.

byfranzao disse...

Sempre...sempre...sempre...bjos

HSLO disse...

Paula...abalou no texto...viu.
Amei amiga.,
beijos

Eduardo Miguel disse...

Caminhos! há tantos e são muitos!!! há os que seguimos, há os que nos é imposto tem ainda aquele pelo qual nos deixamos levar ou aquele que nem sabiamos existir e no qual sem perceber estamos lá á trilha-lo há ainda aquele do qual nunca jamais consiguiremos fugir mas em todos sempre um caminho e pior que qualquer um deles certamente o será estar absolutamente perdido ou sem nenhum afinal é de caminhar que fazemos os caminhos... então caminhemos...........
Como não agradecer ou não dizer que é muito bom ve-la por lá sempre e com tão agradáveis palavras, Paula abraço grande.

Anna e Cesar disse...

Quis muito, por várias vezes, até que decidi vir aqui hoje, conhecer seu espaço... Este é o verdadeiro caminho que devemos trilhar, aquele que nosso coração nos leva, nos guia e ao trilhar por ele, devemos colher cada flor que encontrar a beira da estrada, pisar cada pedra encontrada, mesmo que machuque, que fira... O importante é depois de uma longa caminhada olhar o caminho que já foi trilhado e poder dizer: valeu a pena cada passada.
Muito legal seu blog, parabens!
Tenha uma semana abençoada de sonhos e alegrias.

Douglas Campigotto disse...

ENQUANTO MINHAS PERNAS NÃO SE MOVEM, LEVO ELAS PARA PASSEAR EM MEUS PENSAMENTOS...

Daniel Savio disse...

E nós todos vamos acompanhando a andarilha...

Pois vezes somos tão andarilhos quanto ela.

Fique com Deus, menina Paula.
Um abraço.

Sol da meia noite disse...

É preciso saber enfeitar a alma com as flores que brotam das palavras.

Abracinho

O Sibarita disse...

Andarilha é? Ah bom... kkkkk

E é bom ser assim? Se é... kkkkkk

bjs
O Sibarita