domingo, 26 de abril de 2009


Chegando em Recife
Céu enegrece
Saltam farelos de luzes na terra
Aqui do céu
Cá do alto
Vejo pontos iluminados
Hora não vejo nada
Nuvens passam
Lembranças boas me sorriem
Saudades suspiram feitos os pontos de nuvens
Quando a tristeza espirra na alma
Olho o atapetado de luz peneirada
A terra começa a se aproximar
Desço do céu em asas postiças
As minhas? Voltam recuperadas
 A realidade se faz presente
 A menina luz
Sorriso de Sol
Anjo sem asas
 Me aguarda na vida
Em terra firme, contarei os sonhos que vivi.....

32 comentários:

Pedro disse...

Saudade de ver as luzes da cidade de cima. Faz tempo que não voo.

Codinome Beija-Flor disse...

E nós aqui nessa blogosfera, aguardamos suas histórias dos sonhos vividos.
Bjos

Everson Russo disse...

Bom quando a gente dá asas aos nossos sonhos, revelamos todos os nossos desejos e depois de vividos e realizados voltamos a terra firme com a certeza de que a alma ta calma e realizada e o coração pulsando um pouco mais...um lindo domingo pra ti..beijos na alma e otima semana...

Maria disse...

Quanta saudade....
Um dia destes ainda aterro em Guararapes...
:)))

Beijo, Paula

Philip Rangel disse...

de volta em ksa heinnnnnnn

gamella disse...

e o q achou de Brasília?

Ana Lu disse...

Ahh, viajar é bom, mas voltar pra casa também é uma delíciaa!

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA PAULINHA, AMIGA DO CORAÇÃO ... JÁ ESTAVA COM SAUDADES TUAS... ADOREI O TEXTO/POÉTICO... BOM DOMINGO... ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

©tossan disse...

Muito bonita a tua poesia Paula.
Esta me eviaram e estou te repassando, espero que goste. Beijo

As pessoas não sabem,


Não podem supor,


Mas é que eu posso voar!


Tenho sentimentos de beija flor ,


borboletas e fadas


e todos os espíritos do ar!


Quando criança eu voava por aí,


E junto comigo, voava também uma amiga de nome engraçado


chamado "Fantasia".


Eu e Fantasia fazíamos coisas fantásticas no céu, como por ex: Imaginar!


Fantasia me chamava de Nuvem de Algodão,


e quando ela vinha, brincávamos no céu, como se fosse nosso grande quintal!


Desenhavamos no céu flores, estrelas,cavalos e um grande coração!


Era como se o céu, fosse uma gigantesca folha de papel azul anil!


Bem...Hoje ainda sei voar,mas me falta a confiança de antes e por isso não saio do lugar.


Penso em tentar novamente. Quero viajar nesta emoção!
Quero voltar a me chamar Nuvem de Algodão, para me transformar em beija flor,borboleta e fada e tudo que minha "Fantasia", ainda puder inventar!

Maria Flor
http://flordapelepoesias.blogspot.com

Maria Dias disse...

Sejas bem vinda Paula!Agora abra tua mala e mostratra tudo de bom q trouxe contigo!rs...

Beijinhos!

maria

Mai disse...

Oi, querida.

Eu adoro fotografar as luzes da cidade. Recife é linda quando seu chão é céu. Mas eu não gosto de voar. Não tenho medo de avião mas não gosto de voar e cada vez mais o espaço entre as poltronas se estreita.

O que ainda vale é a vista aérea mesmo.
Ainda deves ter muitas histórias prá contar dessa aventura da andarilha, não?

Beijos,
Mai

glória disse...

Paula,esse teu olhar passeia entre céu e terra. É preciso que os olhos traduzam essa passagem,

"Desço do céu em asas postiças
As minhas?
Voltam recuperadas
A realidade se faz presente"

Bom que as asas já se abram para outros vôos. bjs

Uma aprendiz disse...

Oi, Paula

Que bom que estás de volta à casa. Vou aguardar as novidades da viagem.

Tenho sentido falta de suas visitas, espero que não a tenho chatiado com nada.

Uma linda semana pra ti.

beijos

Blue disse...

Como alguém já escreveu, aguardamos os relatos dos sonhos! E olha que sabemos que foram sonhos vividos.... o que é muito bom e apenas nos deixa com certeza, anciosos.. Feliz retorno a sua casa! Beijos

Vivian disse...

...Paula querida,
você é presença essencial
entre todos nós blogueiros
afins.

sua sensibilidade contagia.
sua poesia refrigera...

adoro quando a vejo voando
baixo em meu chão...

adoro

beijus n'alma

Café da Madrugada® Lipp & Van. disse...

Recife terra boa!

Muito obrigado por semrpe está presnete no nosso blog viu!
Tanto a Van quanto eu ficamos muitos felizes e honrados!
Grande bju

Lipp

Avassaladora disse...

"A boa filha a casa torna..." rs

Paula, sabes que viajamos com vc...rsrsrs
Cada emoção, cada momento vivido e narrado por vc, foi vivido aqui por nós...
Vc arrasa com as fotos e textos!

Feliz em saber que está em casa...


Beijo grande!

Uma maravilhosa semana para vc!

PS: Na primeira oportunidade, irei passear em sua linda cidade!

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Paula...lágrimas de emoção? Claro que sim...quem não as tem? E não pretendo que elas terminem um dia...rsrs...senão a gente fica seco, sem emoção...
Quanto a postagem, tenho certeza que você ainda tem muita coisa para contar e mostrar para todo mundo...bos véspera de terça para você também...rsrs...um abraço na alma

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Pouso mais lindo e delicado, Paula!

Beijos e borboleteios

Everson Russo disse...

Uma semana muito linda pra voce minha doce e querida amiga, muito amor e muita paz no coração..beijos na alma...

Everson Russo disse...

Uma semana muito linda pra voce minha doce e querida amiga, muito amor e muita paz no coração..beijos na alma...

C.S. disse...

Conhece o samba do avião??? que pergunta é claro que deves conhecer...
"Minha alma canta
Vejo o Rio de Janeiro
Estou morrendo de saudades
Rio, seu mar
Praia sem fim
Rio, você foi feito prá mim
Cristo Redentor
Braços abertos sobre a Guanabara
Este samba é só porque
Rio, eu gosto de você
A morena vai sambar
Seu corpo todo balançar
Rio de sol, de céu, de mar
Dentro de mais um minuto estaremos no Galeão
Copacabana, Copacabana
Aperte o cinto, vamos chegar
Água brilhando, olha a pista chegando
E vamos nós
Pousar..."
Nunca me senti tão carioca quanto quando estava quase a pousar no meu Rio de Janeiro, depois de 3 longos anos longe de casa, não consegui conter as lágrimas,só conseguia pensar que lá em baixo era o meu lar, que lá estavam as pessoas que mais amava no mundo, e que era a cidade mais linda de todo o planeta...
Sair de casa as vezes é muito bom e libertador, mas voltar é melhor ainda...
Obrigada pelas palavras de apoio, és muito querida, e tens razão, a alma da bailarina só está cansada, mas em breve ela voltara a dançar no grande palco da vida.
Um abraço e boa semana!
;)
Caroll

Verônica disse...

Eu nunca voei de verdade, nem sei se tenho coragem, nunca tirei os pés dos chão, só pra sonhar mesmo...
Mas as fotos de brasília estão lindas, adorei as flores, tem um que parece um ovo frito!!! eu adoro ovo frito!!!!
Deve ter sido com o passeio e q bom que voltou pra nos contar...
eu estava com saudades....

Tatiana disse...

É tão bom estar de volta ao aconchego.

Que as boas lembranças embalem sempre o seu coração!

Uma bela semana para Você!

Beijos

Germano Xavier disse...

Fotografalmas.

Um carinho, PAULA.

Continuemos...

Cadinho RoCo disse...

Deliciosa sensação de chegada.
Cadinho RoCo

Xana disse...

Lindissimo, e penetrante, fiquei presa a lê-lo
boa semana , beijos

Amarísio Araújo disse...

Deliciosa volta para o aconchego,
com a mala repleta de saudades!

Bom retorno ao lar,Paula!Dias sempre belos pra você.
Abraços carinhosos.

[ rod ] disse...

Recife é uma cidade poética, e além de tudo é parte do nordeste que tanto sinto falta...

Palavras de um baiano perdido em sampa.

Bjs,





Novo dogMa:
lamúRias...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Daniel Savio disse...

Voar é bom, mas atualmente tem ficado chato (pois geralmente é a trabalho)...

VocÊ acredita que eu pensei que fosse elefantes soltos em Brasília (a foto de baixo)?

É sério...

Hua, kkk, ha, ha, ha, brincadeira com um fundo de credulidade.

Fique com Deus, menina Paula.
Um abraço.

José Heitor Santiago disse...

Se não fossem os aviões,
já me teriam nascido asas.

jhs


Agradeço a sua visita e comentário!
Felicito-a por tão belo voo e pela asas que criou à poesia!

Abril abraços.

Dona Sra. Urtigão disse...

A poesia do texto, a poesia das fotos, dos jardins do céu, nem sei o que mais me encanta. Mas estou encantada...