sábado, 18 de abril de 2009

Sexta-feira.Visitas noturnas - Clube do Choro, que não tocou o chorinho e o bar Beirute. Na realidade no bar Beirute queria mesmo era conhecer Cícero, garçon, gerente, treina os outros garçons. Ele trabalhando não pára. Exemplo de dedicação, da perfeição. Serenidade, discrição , compenetração. História lida, pensada, agora vista e vivida. No seu traje impecável, calça preta, blusa branca, casaca vermelha, gravata borboleta. Que não voa. Ele, quase. Pedi para chamá-lo e disse que tinha ido ao bar, não pelo bar, mas por ele, pela história de vida que tinha lido. Ele disse: então levantesse e me dê um abraço. Não observaria Cícero se não fosse a história lida. No alvoroço do bar super lotado, gente esperando na fila, no corre-corre dele, no burburinho das muitas vozes, uma pausa, para um olhar, um sorriso, um aperto de mão, um abraço. Na saída fotos. Ele então disse: estava pensando nisso. História que eu nunca viveria.
Sábado – Zoológico. Lá me atacou a veia crítica. Quando a bílis corre pelo sangue. Sou super crítica para algumas coisa e hoje me vi acometida deste mal súbito. De repente, do nada, pensei: vários animais presos, tirados da natureza, para o prazer dos irracionais humanos, com suas máquinas fotográficas. Animais, muitas vezes isolados, sem convivências com outros da mesma espécie. Pássaros a beliscarem as grades, podia ser para amolar o bico, não sei, mas entendi como um pedido de socorro. Me senti super mal. E ainda o gasto com manutenção e alimentação. Uma quantidade enorme e variada de frutas, em grandes tigelas, e eu lembrando das crianças famintas, dos muitos que estão morrendo desnutridos. Eu realmente não entendo, e não aceito. O zoológico lugar com muito verde e canto dos pássaros, os soltos e os presos. Lá tinha um objetivo, conhecer e observar a macaca Capitu. Também notícia do jornal. Já perceberam que dá para eu ser garota propaganda de um dos jornais daqui? Qual a grande semelhança entre a macaca e o tal jornalista que não quis me conhecer? A macaca não conversou comigo, nem notou minha presença, e ainda me virou a bunda. Já que nem todas as bundas podemos chutar, pelos menos tentei fotografar. De tudo podemos tirar uma lição, cada macaco no seu galho. E eu escrevendo e sorrindo. A macaca, segundo a história, é quase gente. Queria ser macaca....
(depois vou tentar colocar o link para as histórias).

18 comentários:

Philip Rangel disse...

Muito bom mesmo esse seu tour ne.......

poe msmo...

bjao

Leo Mandoki, Jr. disse...

hahahhah...agora sim!!! um diário de viagem digno de um diário de viagem...gostei desse Cícero. Sabe que eu, como sou adepto do canibalismo e da auto-mutilação mental, me divirto escrevendo histórias. E para contar histórias tenho que ser um bom observador. Vc já reparou que todos os garçons (veterenos) tem os músculos do antebraço bem desenvolvidos? é por causa dos anos na posição de levar a bandeja na mão. Sempre fui um obcecado pelos antebraços dos garçons. Por isso gostei do Cícero.
...
dessa macaca não gostei não..não gosto de macacos. Acho que eles são muito metidos a besta pq alguém lhes disse (alguém irresponsavel, claro!) que os humanos descendiam deles....isso os tornou insuportáveis. Vc já reparou que todo macaco tem um ar bestão? O culpado são os cientistas e o diabo do Darwin.
beijos

Paulo R. Diesel disse...

Clube do choro, taí um lugar que gostaria de conhecer...

Beijo, Paula

Café da Madrugada® Lipp & Van. disse...

Interessante tua formade contar o final de semana... Gostei. Na verdade, nunca fui a um zoológico, mas penso que me sentiria assim como você. Liberdade... é uma coisa que privamos dos seres e nem nós mesmos temos! --'

Booom, eu não sei se estou voltando, mas adorei vir aqui visitar e comentar hoje.

Vanessa.
Café da Madrugada.

Blue disse...

Difícil entender os homens e seus zoológicos, mas enfim, somos culpados, pois enquanto vamos lá visitá-los, é sinal de que talvez façam algum sentido. Sei lá, melhor não entender. Propagandista não, apenas uma excelente escritora do dia a dia de uma turista diferente. Adorando seus passeios, com certeza. Beijos.

Luiz Caio disse...

Oi Paula! Como vai?
Sobre o zoológico, permita-me, querida amiga a descordar do seu ponto de vista! Talves eu estejá enganado, mas segundo o pouco que sei sobre os zoológicos, eles não vão buscar os animais lá, em seus habitar natural, e sim os recebem e os tratam, quando por alguma razão tiveram que abandonar o seu lugar de origem. Muitos são retirados das mão de pessoas que os possuem ilegalmente, e quando ainda é possível são devolvidos aos locais de onde nunca deveriam ter saído. Porém em muitas situações isto já não é mais possível, pois o animal depois de certo tempo fora do ambiente perde o estinto de sobrevivência e torana-se presa facil para seus predadores, e também, até poderia morrer de fome por não ter mais a mesma capacidade para caçar!

MAS EM PARTES VOCÊ NÃO DEIXA DE TER RAZÃO, POIS ELES NÃO DEVERIAM MESMO ESTAR ALI, MAS ISSO ISSO SE O MUNDO FUNCIONASSE DIREITINHO, COM CADA COISA EM SEU LUGAR.

ESTA É A FORMA COM QUE VEJO, MAS INSISTO... POSSO ESTAR ENGANADO!

TENHA UM LINDO DIA DE DOMINGO!

BEIJOS.

Luiz Caio disse...

Paula, voltei para falar do texto própriamente dito, alíaz, dos textos... Estão muito interessantes, passando um espirito de aventura! Esta Paula eu não conhecia... Tô adorando!

BEIJOS.

a Juh! disse...

dizem que esse zoologico é muito lindo!
Minha amiga que foi tambem comentou do macaco!

Everson Russo disse...

Menina,mas voce vai em viagem preparada pra tudo, um rastro de historia em movimento, vai num bar pelo folclrico garçom, legal, gente como a gente né? Quanto ao zoo concordo com o que disse, tambem acho assim, uma sacanagem tira los da natureza pra o nosso bel prazer, palavrinha gay essa né? bel prazer..rs..rs..rs..mas enfim, eu percebo que os bichos se vingam da gente, toda vez que vou ao zoo, saio em disparada pra cumprimentar o rei, eu diria que um Reis cumprimentando um rei, e ele sempre deitado, juba caida, curtindo as duas garotas que o rodeiam..rs..rs..feliz tambem né? tem duas e eu aqui escrevendo poemas nem sei mais pra quem..rs..rs...alias,tenho até uma boa dica pra voce quando BH for sua rota, o macaco Idiamim, viuvo a decadas, dizem até que ele nem se lembra mais como é..rs..rs..mas enfim, estão vindo duas namoradas pra ele da Africa, é mole? sei lá tambem, é triste ser tirado do seu habitat, mas tambem vivem melhor que muita gente..rs..rs..rs...bom, deixo pra ti um beijo carinhoso no coraçao, já te avisei que o Livro tá de mudança de novo né? agora sou seu vizinho de blogspot, vamos ver se vai...ooooo saudades do meu Livro primeiro, nunca deu problemas...rs..rs...lindo domingo e linda semana pra ti, beijos e obs...depois me manda a foto da bunda da macaca..rs..rs..rs..vou levar pro macacao aqui..rs..rs..rs..rs...

lua prateada disse...

Sim é bonito messmo.
Passei no entardecer do fim de semana, desejando que a aurora da semana que se aproxima seja bela para ti.
Beijo embrulhado de papel prateado-

SOL

Daniel Savio disse...

Menina, fala sério, deixa com essa mania de perseguição (na verdade, deveria ser o contrario, de não perseguição)...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de maldade.

Mas que bom que o seu final de semana (na verdade, o sábado e a sexta feira) tenha sido bom...

Fique com Deus, menina Paula.
Um abraço.

Maria Dias disse...

Paulinha!Acho q vou marcar minha proxima viagem pra Brasilia!Estou adorando este tour!rs...

Pedro disse...

Faz tempo não vou ao zoológico. Uma pena. Mas o do Rio fica num lugar bem perigoso.

Everson Russo disse...

Oieeeeeeee, chegou em casa? chegou bem? uma linda semana pra voce, bom feriado e muitos beijos na alma....

Poeta Mauro Rocha disse...

Acho que vai ter de mudar o nome do blog para "Andanças por terra e mar" srsrsrsrsr.

Tenha um ótimo feriado e curta a festa da cidade.

Abraços!!

Allyne Alves [LynneHouse] disse...

Varios programas, vida agitada!

Adoro!

Um otimo feriado querida,

Beijo

Allyne Alves [LynneHouse] disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beatriz disse...

Por aqui apreciando tuas aventuras em Brasília. Comungo o mesmo pensamento a respeito dos Zoológicos.

Que o restante dos dias de 'férias' te cheguem envoltos em muita alegria, diversão, conhecimentos, realizações, enfim, com tudo aquilo a que te propusestes fazer.

Fica uma rosa azul perfumando o dia da tua volta, o sorriso de um anjo para te receber, e um beijo no teu coração, com meu carinho.