quarta-feira, 4 de novembro de 2009




Como é difícil me sentir assim
Me apaixonando pelo céu
Uma imensidão de azul
A me tocar

De noite me oferecendo a lua
Inteira, ou não, fases de lindas canções
Com belezas a encantar
Como é difícil amar
A escuridão desse  céu multicolorido
Sem saber onde o infinito vai me levar

Como é difícil entender o céu
Com suas linguagens especiais
E mudanças de humor a navegar
Hora sorrindo, me mostrando os dentes do sol
E logo depois, o breu da noite que vem me assustar

Como é difícil lidar assim
Com tantas belezas
E suposições
Do azul anil, do preto mistério
Desse vasto céu

Como é difícil amar o céu, imenso, azul
Com suas distâncias a nos distanciar
E amando o céu poder voar
E me entregrar
Ao céu...apenas ao céu....

18 comentários:

Mai disse...

Parecem flores de uma cerejeira tardia. Um Bem-te-vi e, lá no alto parece ser um colibri em voo. Beija-flores adoram cerejeiras, Paula. Pode até nem ser mas a gestalt é de um beija-flor.
O céu de num azul de brigadeiro completa o colorido apaixonante.

Beijos, amiga.
Fica bem.
Abraços na Lara

Daniel Savio disse...

Poesia bonita, mas também tentamos amar as pessoas com todas as tuas diferenças contraditórias, por que não amariamos o céu?

Fique com Deus, menina Paula.
Um abraço.

poetaeusou . . . disse...

*
lindas palavras,
de anil cantadas.
,
conchinhas floridas, deixo,
,
*

(Carlos Soares) disse...

Linda poesia,Paula.Deu vontade de voar de novo.beijos

Memória de Elefante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Francisco disse...

Paulinha!
Acho que o céu é apaixonante em todas as suas variações. Claro, nublado, com tempestades, e principalmente à noite, com todas as estrelas brilhando.
Difícil não se apaixonar por algo assim, não é? rsrs
Beijãozão!

Vivian disse...

...não dá para não se perder
na vastidão do céu que acolhe
a noite e abriga o dia,
sempre na paz do silêncio.

beijos, linda!

Vanna disse...

É mesmo muito difícil nos sentir assim, é muita coisa vindo antes d o olhar mirar o sol.
Bjs, bom fim d semana.

myra disse...

minha linda paula, o ceu é sempre maravilhoso, mas logico que eu prefiro um ceu bem azul...nao como aqui agora sempre cinza escuro:)
beijos e saudades,

Everson Russo disse...

É muito dificil entender o céu, é muito dificil entender o nosso interior, ambos são cercados de misterios a serem desvendados, ou não, no céu existe uma galaxia, ou varias, e jamais exploradas, planetas, cometas que vagam errantes, no nosso interior tambem, quantos mundos existem dentro de nós? quantos eu? quantos sonhos, quantas realidades e verdades? tudo sem explicação, e sem explicação será pra sempre...enquanto houver um misterio chamado amor....beijos e um lindo dia pra ti.

Cris Animal disse...

Oi Paula!
Seu texto me trouxe a imagem de uma águia...rs
Aquela que voa sem limites, que alça seu vôo em busca de uma liberdade sem limites, porque é só bater as asas...só! Tão só!

Voar para ser feliz. Voar para estar perto. Voar para sentir na solidão o amor de estar próximo!

Beijo enorme pra vc, minha linda !

Cris Animal disse...

Oi Paula!
Seu texto me trouxe a imagem de uma águia...rs
Aquela que voa sem limites, que alça seu vôo em busca de uma liberdade sem limites, porque é só bater as asas...só! Tão só!

Voar para ser feliz. Voar para estar perto. Voar para sentir na solidão o amor de estar próximo!

Beijo enorme pra vc, minha linda !

Luiz Caio disse...

Oi Paula! Como vai?

Ao céu não podemos tocar!
A quem amamos, muitas vezes, também não. No entanto, apenas ao céu é impossível!

TENHA UM LINDO DIA!

Beijos

Iana disse...

Amiga...

Bom estar de volta e ler-te com atenção e carinho que mereces...

Beijos e beijos de saudades

Rosa amiga
Iana!!!

Fabiano Mayrink disse...

eu tambem acho que e um bemtevi sim, tem varios desses ao redor daqui de casa, eles ficam comento minhoca na terra perto do laguinho rs, ja vi eles comerem 5 de um vez!

abraços!!!

(Carlos Soares) disse...

Olá.Poderia voltar ao meu blog?Obrigado

O Sibarita disse...

Oxente! kkkkk O cara tá lhe mnostrando os dentes de aço? Não acredito! kkkkkkkkkkk

Ô fia, você não tá vendo coisa demais não? kkkkkkk

Que amor é esse? Se ligue fia! kkkk

O céu tá uma maravilha... kkkkk

bjs
ZéCorró

Jardineiro de Plantão disse...

o céu é o limite... ou a levaram ao céu... está mesmo apaixonada...não?

Abraço bem fraterno