quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

(Igreja de São Benedito - Carneiros-Tamandaré-PE)



O ser humano tem mania de querer entender tudo
Querer explicar o que sente

Enquadrar em certo e errado

Tem medo do que não vê

Se sentir faz vibrá-lo

Assusta-se

Quer explicação para o que deveria ser sentido

Altera o fluir das emoções

Aprisiona os sentimentos na razão

Quer entender

Quer entender....

Passou!

Não sentiu

Não viveu

Passou


 


20 comentários:

caurosa disse...

Minha cara amiga Paula Barros, e o tempo passa muito rápido, por isso temos que aproveitar cada momento de prazer que o mundo nos proporciona.

Paz e inspiração,

forte abraço

Caurosa

Francisco disse...

E depois que passa, nem sempre recuperamos o tempo perdido.
As vezes sim...ou não...sei lá!
Talvez!
Beijãozão, Paulinha!

Marcelo Mayer disse...

e quando não onsegue explicar, inventa deus

▒▓█► JOTA ◄█▓▒ disse...

ººº
Bonita poesia

myra disse...

e depois que passa...que passa?
lindo...beijos minha querida,

Pena disse...

Maravilhosa e Doce Amiguinha:
Sim. Por vezes, custa-nos enxergar tanta maravilha e encanto do Universo.
Cremos ser detentores de toda a verdade e não damos valor a nós próprios, à ternura do ser e sentir.
Adorei. Extraordinário.
Um valioso hino ao existir. À pureza, encanto e beleza.
Parabéns sinceros pela extraordinária pessoa sensível e perfeita que é.
Já registei.
Bem-Haja.
Beijinhos infinitos perante a sua extraordinária pureza e encanto.
Excelente!
Com imenso respeito pela sua imensa significação na Blogosfera. É uma referência fabulosa aqui.

pena

Bem-Haja, adorável amiguinha.

A Magia da Noite disse...

há coisas que apenas não têm explicação, e perder tempo a tentar explicar o inexplicável, é perder-se na curta vida.

Everson Russo disse...

Talvez o problema maior é que o ser humano queira conhecer coisas, ou sobre tudo, sem se conhecer, por mais que sejamos experientes nessa vida, ou por mais que vivamos anos com uma pessoa, jamais a entenderemos por completo, ou jamais nos entenderemos por completo, o ser humano em sua forma de sentir não é completo, ele só é perfeito pela criaçao e pelo Criador, mas a sua existencia é toalmente sem compreensão...e se o assunto for amor, então pode parar, porque nem com manual de instruções será decifrado....mas ta bom assim, tudo tem seu misterio,,,nossa alma tambem....beijos e um dia lindo pra ti.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Eu já vivi um tempo de fazer muitas perguntas, de querer interferir nas coisas.Hoje não mais.Deixo fluir vou peneirando o que presta e o que não presta, e me sinto mais feliz assim.Mas seu poema é perfeito,disse a maior verdade.Beijos

Franzé Oliveira disse...

Isso é ser humano, não?
Naõ entender
Entender
Esquecer a bel prazer...

Bjos menina linda (saudade de vc no msn)

Blue disse...

Assusta ver que passou,
quando lembramos que nem se parou,
pra ver tudo passar!

Piada boba: tudo é passageiro, menos o motorista e o cobrador... rsrsrrs. Ajude-me e ria comigo!!!!

Beijos

Fabiano Mayrink disse...

As vezes queremos entender tudo o que nos rodeia, ficamos tao cegos com isso que deixamos a vida passar...

abraços!

Dois Rios disse...

Pois é, Paula, o tempo continua a sua caminhada desenfreada enquanto ficamos querendo entender, expressar, sentir e explicar o que talvez só ele seja capaz de responder, ainda que só depois de ter passado.

Beijos,
Inês

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Ah, moça...

Por isso é tão mais importante o sentir do que o pensar, do que o achar, do que o (sobre) viver!

Quem só sobrevive, não vive, é só uma sombra de si.

Obrigada pelas palavras.

Beijo!

walter disse...

Oi Paula
E é esta pressa incontrolável em querer viver "uma vida num segundo", que nos levará à nossa própria desumanização, enquanto seres pensantes.
Temos pressa para tudo, olhamos sem ver, vivemos uma espécie de desaprender, perdemos o bom senso - o razoável sentido da normalidade - estamos vivendo desajustados do ritmo sábio da natureza, e o pior são os danos que nela causamos, e consequentemente todos perdemos.
Um dia li um livro que falava de todas estas coisas, e dele reti uma frase que resume tudo isso: «O MUNDO É UMA BESTA QUE JÁ NINGUEM CONSEGUE DETER»
Será que ainda vamos a tempo de reaprender a VIVER?

Beijo grande

O Sibarita disse...

Pois é! E nisso estamos passando e ai? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Dona moça Paula você consegue nos fazer refletir e não é que tem razão mais uma vez?

Sim, somos humanos! kkkkkk

bjs
O Sibarita

Sol da meia noite disse...

Nem tudo se entende e muito se perde nessa tentativa de entendimento.

Um bom fim de semana e um beijinho *

Daniel Savio disse...

Não era para se prender ao ato de sentir em vez de entender o porque se tem o sentimento...

E boa poesia.

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.

Karl d'Jo Menestrel disse...

O ser humano é assim, como caninha verde ao vento, se abana todo, no momento do entender.

Será que noto alguma forma de explicar vibração no sentido de entendimento?

Abraços Fraternos

Aninha Leme disse...

eu tenho mania de racionalizar sentimentos e aí, a situação passa e eu não senti. Ou senti pela metade, vivi pela metade e ainda magoei outras pessoas porque não fui inteira.
que tristeza.

você coloca as coisas de uma maneira tão clara e fácil, mas ao mesmo tempo delicada e bonita.

gostei especialmente desse.

besos