domingo, 31 de janeiro de 2010

Serie Andarilha - escrito em 18.11.2009.
Minhas palavras estão de férias, portanto vai de escritos antigos, mas novos no blog.

 

Ainda no processo de seguir teus passos....

Ah!!! Continuas......continuo eu....

Mudaste o rumo....sigo-te.
O processo continua.
Inexplicável, interessante.

Incompreensível.....para mim....para quase todos.....
Você.....nem sei se me ler....(isso foi no dia que escrevi, hoje já sei)
Quem és? Não sei, nem quero saber. Ou quero?
Quem sou? Uma navegante no teu rio, a atravessar a tua ponte – mente – palavras – emoções.
Escreves...não entendo....então eu crio, invento, transformo....

Na confusão solta, me amarro, e vou e volto, e sigo..

O bem e o mal, te forma, me forma.....é o mundo, somos todos...

O tudo, o nada. O caminho, o descaminho. O branco no preto, o preto no branco.....o arco-íris.
A ponte, a rede, o mar....a vida....Que nos liga, nos inunda, nos afoga, nos deixa nessa trama.
O céu, o sol, a lua, as estrelas......o universo, meu, teu, de muitos....palavras, emoções, intricados de seres....de mundos distantes...um elo ...a palavra...só ela, e ela é tudo.
A invisibilidade, o silêncio, o não ser – presente.
Eu – ainda não consigo fazer você atravessar a ponte até mim...Não do jeito que quero. Com a constância que gostaria. (só lembrando, isso foi no dia que foi escrito)
Amor? Não. Porque sempre se pensa em amor? Não me falem de amor romântico - seres que pensam...só.
No pensar diverso, amplo, solto, irrestrito e até o restrito, a emoção borbulha, palavras se juntam.

O que pode parecer bizarro, ou amor,  não é, é o muito de sentimento transformado em versos, com poesia, do ser, do sentir, da vida. Nas palavras dos diversos mundos forma-se a ponte, quem atravessa é a emoção, no ir e vir. E na rede, os diversos fios se tramam, emoções se entrelaçam.

 
Nova Frigurgo-2009
E aí Mai, lembranças...saudades.

22 comentários:

Everson Russo disse...

Bom, primeiro é sempre bom saber que o alvo a ser atingido,,,le seus versos...rs..rs...penso que traçamos nossos caminhos pela vida,,,e nele vamos nos ligando a tudo que nos rodeia,,todos os sentimentos, sonhos,,,amores,,,dores,,,choros e risos,,,somos parte de uma loucura total....um beijo e uma semana linda pra ti.

tony disse...

Uma amiga há muito me disse que a vida é feita de encontros e desencontros, e no misturar deles é que vamos aprendendo.

Acredito que a ponte pode até formar-se no entrelaçar de palavras, mas são os gestos que vão solidificá-la. Palavras são apenas palavras, dizemos as mesmas coisas para pessoas diferentes, mas com cada um sentimos uma dada intensidade. Assim a emoção atravessará com completude, sem medo de ir e voltar, de acompanhar-se ou não...

fotos [e demais versos] lindos! Ótimo domingo pra ti!

Memória de Elefante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
myra disse...

como todos os dias, leio voce, e sempre gosto e sempre estou de acordo...sim, a vida é feita de muitas pontes, o geito de atravessar é nao ter vertigens:)))
beijos,

Blue disse...

Seguimos, somos seguidos.
Procuramos, somos procurados.
Difícil é achar a ponte......
que leva à feliciade!

Será que ela existe?

Beijos

A.S. disse...

Paula...

"Nas palavras dos diversos mundos forma-se a ponte, quem atravessa é a emoção, no ir e vir. E na rede, os diversos fios se tramam, emoções se entrelaçam."


E exactamente assim!!!

Beijos
AL

Fabi disse...

Oi, te achei por acaso... tava passeando por aki procurando posts interessantes e atuais (ou não ne rs)

Sabe me identifiquei com Vc, te conheço a alguns minutos , mas da pra ver que Vc é mais uma "andarilha" ? , eu ia dizer perdida no mundo das palavras ...

"Sou uma pessoa em busca de me conhecer"
"(...) Do que fui, do que quero ser. Do que sou, e do que nunca serei."

Achei o máximo isso . Estarei sempre por aki.
Beijinhos
http://paixoesinventadas.blogspot.com/

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDA PAULA, BELA LIBERTAÇÃO MINHA AMIGA... BELA PONTE QUE NOS DÁ A LIBERDADE... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Pedro disse...

A gente tem mesmo mania de amor...

Amarísio Araújo disse...

Paula,

Feliz e emocionado fico eu com suas visitas,e sempre que venho aqui.Ainda volto a visitá-la sempre...é só uma questão de tempo.Fazem-me falta esse 'muito de sentimento seu transformado em versos',essas doces e românticas aventuras de uma andarilha.

Obrigado pelo carinho em meu recanto nas suas visitas que me enchem de prazer.

Um lindo final de domingo e uma ótima semana pra você.

Beijo com carinho e saudade.

Angelo A. P. Nascimento disse...

As pontes sempre serão símbolos de união. Dizem, inclusive que a distância mais curta entre dois corações é o olhar. Embora nossas confusões cotidianas nos fastem de nossas precisas travessias, algo dentro d enós sempre nos impulsionará ao outro.
E assim, todas as cores se unem ao desembaraço de descobrir o outro.
Abraços.

RESILIÊNCIA disse...

Paula Barros

Estou aqui me maravilhando com os seus escritos. um grande abraço

Mai disse...

É, amiga, também lembro e com muito carinho dos dias em que estivemos juntas. E espero que possamos nos reencontrar em breve e matarmos as saudades, atualizarmos os temas.
Mas, sobre o Amor, ele é tanto que nada que dissermos será o bastante.
Beijos, andarilha.

Deusa Odoyá disse...

Olá minha querida andarilha.
Suas viagens se tornam sonhos.
Parabéns seus sonhos, fotos seu dia a dia são muito preciosos.
Beijinhos na alma, e uma semana de muitas realizações, paz e amor.
E continue a viajar, amiga.
Regina coeli.
.

Nanda Assis disse...

é as coisas mudam muito rapidamente.

.
.•´¯`•.¸¸.•´¯`•.¸¸.><((((º> .•´¯`•.¸¸.•´¯`•.¸¸. ><((((º>
¯`•.¸¸.><((((º > ¯`•.¸¸.><((((º>¯`•.¸¸.
><((((º>
¯`•.¸¸.><((((º> ¯`•.¸¸.><((((º> ><((((º>
.•´¯`•.¸¸.•´¯`•.¸¸. ><((((º> ¯`•.¸¸.><((((º> ¯`•.¸¸.
><((((º>¯`•.¸¸. ><((((º>
Que sua semana seja um MAR de coisas boas!!!

bjosss...

Layara disse...

Paulinha, essas incertezas, agora a certeza de que ele leu...rsssss...atravessou a ponte desse tão lindo sentimento...

beijos e otima semana.

mARa

Anônimo disse...

Gostei de descobrir seu blog. Muito legal! Será leitura obrigatória. Ótima semana.

Ronaldo Nezo
www.blogdoronaldo.wordpress.com

Everson Russo disse...

Um beijo carinhoso minha querida pra desejar uma semana cheia de poesia no coração.

Luan Fernando disse...

Difícil compreende o amor, e aonde nos leva.
Gostei do seu desfecho.
Gosto muito do seu blog e da forma como escreve, estou te seguindo.
Tenha uma ótima semana!

Daniel Savio disse...

Amor não é bizarro, é bizarro deixa-lo de sentir...

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.

Karl d'Jo Menestrel disse...

Uma ponte é um elo de ligação entre dois pontos e esses pontos de amarração podem ser constituídos das mais diversas emoções que porventura se irão ligar entre si.

O ser humano se estriba em paradoxos que alimenta no seu imaginário viver, são essas emoções que lhe dão vida e vão colorir o ilusório, utópico ou irreal momento.

Mentes abertas e iluminadas como a sua, têm a fantástica capacidade de trazer até nós momentos do sentir

Muito bom todo o seu texto, é esta capacidade de síntese, que muito admiro em si.

Sem nada de "bizarro" um forte XiCoração

O Sibarita disse...

Segue, é? Ah bom... Bem que eu desconfiava, bom né? kkkkkkkkkkk

Eita Paula danadinha, então, no seguir já sabe tudo, sabe, é? kkkkk


bjs
O Sibarita