quarta-feira, 13 de janeiro de 2010


Foto tirada de um mirante na estrada de Alagoas.


Vamos rodopiar por esse mundo de fantasia
Suspirando o cansaço do dia
Inspirando melodias e poesias


Vamos voltar a ser criança
Empinar os nossos sonhos nos céus azuis
Deixar voar os pensamentos
Como se fossem as mais belas borboletas


Vamos brincar como criança
Deixar correr a ilusão
Pelas campinas verdes


Vamos nos dá as mãos das emoções
E deixar saltitar poesias
Nos escorregos das nossas almas


Vamos no ser criança
Deixar o adulto mergulhar
Nas mais profundas águas cristalinas da mente
Colhendo as conchas peroladas da ternura

29 comentários:

Tatiana disse...

Oi Paula!
Que delícia ler seu poema...
A criança em mim está saltitante!

Um beijo muito carinhoso para você!

Gilson disse...

Muito lindo mesmo, vamos correr descalços, vamos dar gargalhadas e pular pela areia da praia, vamos recobrar a ingenuidade e tudo o mais perdido.

Bacana mesmo.

Bjs

Mai disse...

Bela imagem, amiga. Belo convite ao devaneio. Mas sabes, embora a vontade de voltar no tempo e ser criança novamente não falte - a realidade da vida não tem tornado possível sonhar. De qualquer modo dançar, cantar, fotografar e escrever sempre ajuda a elaborar os dias, nem sempre tão límpidos, nem sempre tão verdes, nem sempre tão azuis. Mas vale a poesia porque desarvorar é improdutivo, não?

Beijos, querida.
Fica bem.
De onde é esta imagem?

paula barros disse...

A foto é da estrada de Alagoas. Tirada de um Mirante, a vista é deslumbrante.

A escolha da foto, para tentar combinar com o que escrevi, só depois me dei conta que foi uma pegadinha da mente.

Lídia Borges disse...

Que agradável esta leitura. Especialmente se pensarmos que a esperança, o verde pode surgir em qualquer momento. Baste que tenhamos os olhos bem abertos.

Um beijo

myra disse...

como sempre, lindas palavras!!! querida paula,
sabe tenho uma duvida. sera que fiz bem ou fiz mal, em fazer o blog
www.gigi-e-myra?

beijos

Everson Russo disse...

Eu penso que jamais deixaremos de ser crianças, sempre faremos algo que nos remeta aquela fase sem responsabilidade, ou uma criança volta a nos fazer sonhar, acredito que o amor é por ai,,,a gente começa como brincadeira de criança e depois vai vendo crescer, dai a gente vira adulto e avacalha tudo...rs..rs..rs...minha querida, eu fico aqui pensando e as vezes até me achando...rs..rs..rs...claro que nem tanto, voce me conheceu e sabe disso, mas acho legal quando voce chega, le e deixa uma frase que achou interessante, e comenta ali, vem outra pessoa e fala de outro pedaço e comenta, aquilo vai se encaixano,,,concordo contigo, a gente precisa de zelo na vida, principalmente no amor, tive uma namorada que falava que o amor era como uma plantinha que precisava ser regada todos os dias...ela tinha razão....beijos e um dia lindo pra ti.

Karl d'Jo Menestrel disse...

Não sei, mas senti mais um desafio...
Encontrar esse mirante... desafiante, de voltar a ser criança e rodopiar na fantasia.

"
....
Inspirando melodias e poesias
....
Deixar voar os pensamentos
....
Deixar correr a ilusão
....
Vamos dar as mãos nas emoções
E deixar saltitar poesias
Nos escorregos das nossas almas

Vamos voltar a ser criança
Deixar o adulto mergulhar
Nas mais profundas águas cristalinas da mente
Colhendo as conchas peroladas da ternura"

Beijo de carinho fraterno

Juliane disse...

Vamos mergulhar na infância, e trazer para a vida a alegria de criança!
Beijos...

Vivian disse...

"Vamos brincar como criança
Deixar correr a ilusão
Pelas campinas verdes."


você é linda e sábia...

adoro

beijo

Maria disse...

Nunca perder a capacidade de sermos crianças, saltitar poesias e deixar o adulto mergulhar..... são pérolas de ternura, as tuas palavras!

Um beijo, Paula

walter disse...

Querida amiga,

Me convenceste, eu vou...
Com esta pérola de fantasia, salvaste meu dia...

Obrigada
Beijo

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Paula, uma imagem muito bonita...
Ser criança é dar chance a vida, para que ela fique menos dura, menos real, menos triste, é fazer o coração e a alma sorrir...
Tem dias que isso aflora na gente, eu sei lá, mesmo triste as vezes prefiro brincar com as palavras, prefiro brincar com as pessoas, mas as vezes acho até que eu exagero
Queria saber dançar também , é tão bacana, sempre que tento piso no pé de alguém, minha afilhada foi minha ultima vitima, na sua formatura...
Deixa eu ir...não deixei nenhum sorriso ainda..rsss...pronto...rs
Um abraço na alma...bjo

HSLO disse...

Você tem um talento incrível pra unir imagem com belas palavras.


abração

Hugo

Simples Assim... disse...

Uma vinda aqui é um descanso. É como deixar a alma livre, sentir o sol ameno tocar o rosto no início da manhã, deixar o corpo boiar em águas mornas. É isso.

Aí, numa outra visita, você nos arrebata com emoções fortes, sentimentos profundos, sensações vívidas. Gosto dessa diversidade.

Bjs !!!

EDUARDO POISL disse...

-- Não ame pela beleza, pois um dia ela acaba.
Não ame por admiração,
pois um dia você se decepciona.
Ame apenas, pois o tempo nunca pode acabar com um amor sem explicação.
Madre Teresa de Calcutá

Desejo uma linda semana com muito amor e carinho.
Abraços

Dauri Batisti disse...

Vamos. Vamos sim. É tão bonito o seu convite que como resposta não pode haver outra palavra senão VAMOS sim.


Beijo

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Cara amiga.

Empinar nossos sonhos nos céus azuis, é um convite ao que possuímos de mais pleno: a vida.

Semana de sonhos para ti.

Everson Russo disse...

Bom dia menina linda,,,,sobre o que voce comentou, mesmo que não exista a musa, a poesia tem vida propria, ela inventa a musa...rs..rs..rs...e o coração acredita e continua procurando....um beijo e um dia lindo pra ti.

Multiolhares disse...

E como é bom ser criança, sentir a liberdade do Ser
beijinhos

caurosa disse...

Olá minha cara amiga Paula Barros,e vamos por esse mundão saltitantes e felizes, graças ao bom Deus...e que beleza de imagem fotográfica.Parabéns.

Paz, harmonia e um 2010 de muita inspiração,

forte abraço

Caurosa

mundo azul disse...

___________________________________


Um convite irresistivel em seus lindos versos!
É sempre um grande prazer ler seus poemas...


Beijos de luz e o meu carinho, Paula!!!

________________________________

tossan disse...

É isso Paula, vamos ser crianças porque nós os adulto sempre esquecemos de sermos felizes. Belo poema! Beijo

Uma aprendiz disse...

Singelo e belo.

beijos

Everson Russo disse...

Um beijo e um otimo final de semana pra ti querida e sumida amiga....

Sol da meia noite disse...

É tão bom sentirmos em nós a criança que fomos... solta, alegre, feliz... sonhadora... E olharmos o mundo com esses olhos de pureza e candura...

Um bom fim de semana :-)


Beijinho *

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Gosto de saber que a criança em mim é sempre presente!

Beijo!

O Sibarita disse...

Brincar é tão bom! kkkk Oi fia em todos os sentidos, viu?

Sim, ser criança mesmo adulto nos faz mais humano!

bjs
O Sibarita

Daniel Savio disse...

Eu não posso voltar ser criança, mas posso continuar alimentando a ela...

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.