domingo, 7 de fevereiro de 2010



Todo mundo deveria ter o direito de fugir. Ou melhor, a coragem de fugir. Mesmo que fosse por um dia, por um momento que fosse.

Já fugi. Era crescida, bem crescida. Mas fugir era infringir. Era fazer o que se diz errado, na hora errada. Mas era o certo. E tudo dava certo. Entendes? Já fugistes? Era o certo, porque era o que eu desejava, ansiava, esperava, planejava, ou nem planejava, e esses eram os melhores momentos. Era o que me dava prazer.

Sabe quais os melhores momentos da minha vida? Sabe os momentos inesquecíveis? Alguns até inconfessáveis. Os que fugi para amar e ser amada. Aqueles dias que infringi o dito certo. Onde está nua, olhando o céu e o mar, era está vestida do melhor de mim. Vestida da brancura do prazer. Envolta na sensação de liberdade.

Sinto roçar por dentro de mim o vento da vontade de fugir....de ir....de transgredir.....de amar, apenas amar......vamos?

40 comentários:

Zek disse...

Pois diga que ira ...
Para onde o sol veja você


todo mundo merece infringir.
Regras impostas
Todos tem o direito de sorrir.
Que é acender a alma.
Todos tem o direito de sentir.
Liberdade

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Já fugi duas vezes.
A primeira foi de mim mesma: entrei numa depressão que me comeu a alma. Não me lembro de meses da minha vida. Foi meu apagão interno.

A segunda vez que fugi foi de um grende amor. De um amor enorme, monstruoso. Mas que me sufocava tanto que eu não vivia, só sobrevivia. Não havia carinho, cumplicidade, respeito, fidelidade. Nem mesmo amor. Da parte dele rs. Eu era a mulher troféu , a mãe da filha dele. E só.

Daí , reuni as poucas forças que tinha e saí desssa. Isso foi há um ano. Fugi de uma relação de 20.
Acho que não foi fuga.
Foi libertação.

Ufa, falei.

=)

Fabi disse...

Estou sempre fugindo , de mim, de planos, da real... Esta noite briguei com a solidão, com a ausência de motivos, com os espaços vazios desnecessários... Tentei fugir de mim, não queria ficar a sós comigo mesma. Sim! Todo mundo deveria ter a coragem de fugir, mas na maioria das vezes o que nos condena é o medo de voltar.

Jacinta Dantas disse...

Nossa!
que convite tentador, menina. Fugir para se encontrar; transgredir para se situar, às vezes é preciso.
É...
ficar o tempo todo formatado, cansa não é?
Um abraço

Everson Russo disse...

A minha fuga é a minha lua, minha estrela, minhas linhas, minhas tentativas de canções, minha fuga é minha alma serena,,,o desejo vivo,,,minha fuga é sair do equilibrio....beijos e uma linda semana.

Elcio Tuiribepi disse...

Talvesestes sejam os melhores momentos da vida, não muito planejados,nem pautados pela infinidade das razões que a própria razão as vezes nos impele diante das incertezas...isso lembra mesmo a sensação de liberdade...uma fuga as vezes necessária...legal a forma como descreveu esse sentido...
Um abraço na alma...bjo...bom domingo

Marcelo Mayer disse...

mas antes passe numa padaria. preciso comprar um cigarro. vamos!

Ricardo Calmon disse...

AS VEZES VC ME PERGUNTA ,SNIFFF POR QUE TÃO CALADO YO SOY EU SOU , A LUZ DAS ETRELAS ,AS DAS VIDAS COSAS ,UM MEDO DE AMAR,EU SOU EU FUI EU SOU,AS VELAS QUE ACENDEM O TUDO E O NADA!
eU ,VOCE SOU!
vidaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Ricardo Calmon disse...

PAZ E AMORRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

Pedro disse...

Concordo. Fugir de vez em quando é bem necessário.

Ricardo Calmon disse...

A brisa e le vent,Paula Barros ,de voce,parte faz,pois poetas femininas ,exala,mui mais que sentem!
Textuta em ternura forma tua,me faz mais HOMEM,CIDADÃO e neófito doe ,amar a vida mestra amada nossa ,da vida,ter por missão ,escriba,entre feminilidades exaladas e teu senti MULHERRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR
VIDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA,
VIVAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

myra disse...

boa ideia!!! lindo texto, so gosto de brisa...vento nao, e é o que mais tem aqui...e frio e chuva...
beijos muitos, gosto tantissssimo como escreve,

Naty e Carlos disse...

Ola fugir de nada adianta pois tudo volta mas que as vezes sabe bem fugir um pouco sabe .muita paz e amor te deixo aqui
bjs

EDER RIBEIRO disse...

Ontem eu estava trabalhando e vi o sol pela janela, e me deu uma fome de rua, de fugir dali. Bem, teria que sair às 13:00 e não aguentei, sai às 12:00. Eu sei agora o que vc sentia. Bjos.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Cara amiga.

Este texo lembrou-me uma música de Taiguara,
Que as crianças cantem livres...

Diz ela:
"Não é esta mulher o que te faz falta,
Ou esta falta de dinheiro que é fatal...

No fim ela explode em acordes que lembram a coragem de recuperarmos a nossa vida, tirando dela o que nos prende e anula.

Lindo texto.
Linda semana.

Memória de Elefante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lídia Borges disse...

Nunca fugi de mim, por isso nunca fugi de ninguém!

L.B.

Barbara disse...

Ô menina...podemos transgredir até tomando café da manhã.
Sinta-se transgredindo internamente e já estará num plano/pano/cenário de fuga , mesmo que não saia do lugar.
Mas...já fugi sim.De verdade, usando os sentidos, os pés,a rota.
E sem usar nada fujo todo dia...do jeito mais sutil possível.

Chris disse...

Poder fugir é sempre um privilégio, mas basta querer...
Um abraço
Chris

Daniel Savio disse...

eu não diria qu você fugiu, mas sim que foi com a tua coragem te sustentando para enfrentar o momento...

Fique com Deus, menina Paula
Barros.
Um abraço.

Karl d'Jo Menestrel disse...

Fugir nada resolve... ou resolve? Conforme o caso e circunstancia me dirá... Há muito que não fujo, acho mesmo que nunca fugi... mas já me esquivei... nem perto nem equivalente a fugir, mas a palavra deve pertencer à mesma família... à muito que aprendi a ver e a tomar as coisas de frente e não a aliena-las.
Sobre fugir ou não também escrevi algumas palavras hoje onde a palavra estava no centro da questão.
Quem não se desviou do seu caminho para amar? Atire a primeira pedra.

"Sinto roçar por dentro de mim o vento da vontade de fugir....de ir....de transgredir.....de amar, apenas amar......vamos?"

Os pretendentes não devem faltar mesmo...rssss

Karl d'Jo Menestrel disse...

O seu post merece um beijo bem fraterno.

Luis Eustáquio Soares disse...

sim,paula, fugir, nem uma coisa e nem outra, nem opressor e nem oprimido, nem sujeito e nem assujeitado, nem norte e nem sul, fugir, fazer outro, outramente.
beijos
luisdelamancha

Blue disse...

Fugir........ dos problemas.
Fugir........ para encontrar novos problemas!

Será?

Quero fugir!!!!!!!!!!

Beijos

tossan disse...

Anarquistas das emoções...Que tal?!
Belo texto! Beijo

Jeanne disse...

É uma das minhas fantasias, mas nunca passou disto.
Gosto também de pequenas transgressões, indo totalmente contra o politicamente correto da doutrina espirita que sigo e gosto, mas quem disse que somos coerentes todo o tempo?
Por enquanto sou apenas aprediz de gente grande...
hoje estou curtindo os amigos da blogosfera para esquecer o calor,rsrsrs
Beijos

Luis Eustáquio Soares disse...

um ovário destrambelhado e alcoolizado, kkkk, essa é muito boa, cisto de cisco nas portas das trompas do nascedouro. e tudo pra ser única.
beijos
luisdelamancha

Everson Russo disse...

Um beijo carinhoso no seu coração e o desejo que tenha uma bela semana.

Allyne Alves disse...

Ai como é bom vir aqui! Sumi ha mais de um mes, e senti falta de vcs....

Paula, vc consegue dizer umas coisas bem na hora que a gente mais ta precisando...Obrigada querida!

Espero que esteja td bem com vc, e te desejo uma semana incrível...

Bjss

Ilhados Aqui disse...

Fuigr, partir, romper as grades... acho que vc pode curtir a música mais recente que postei no blog: http://ilhadosaqui.blogspot.com/
abraços

Garota Misteriosa disse...

A questão é: Fugir de que?

As vezes precisamos nos analisar, olhar para o nosso íntimo, procurar respostas e/ou soluções para os nossos ímpetos.

Um momento olhando para o mar, podemos nos deixar vibrar na mesma sintonia das ondas, fechamos os nossos olhos e com o barulho do vai e vem podemos fugir por alguns instantes do mundo, de nós....

Abraços

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Eu já fiz isso algumas vezes.Ainda não p ude fugir pra ficar, mas um dia eu vou.Texto ótimo.Beijos

Maria Dias disse...

Bem, acabo de dar uma fugidinha mas já estou de volta!Ninguém nem percebeu q eu estava ausente mas valeu a fuga(foi por uma boa causa!rs).Sim, sei como é importante fugir um pouco das nossas vidas reais para poder respirar, ah se fugir nao tivesse tantas consequencias...Eu fugiria muitas vezes e voltaria quando bem quisesse!rs...

Le Vautour disse...

Nuóóssa, eu iria fácil. E que delícia essa forma leve e "natureza" com que você escreve. É como se a sua alma "escorresse" pelas mãos e o coração irradiasse, e nos contagiasse.
Lindo!
Abraços de duas asas!

♥ Cαmilα Girαssol disse...

Me lembrou uma música do Skank: 'Vamos fugir'

Que foto, heim?
QUe paraíso... chega a dar mesmo vontade de fugir... uma insana vontade.


Um beijo, Paula querida

Geraldo de Barros disse...

Paula muito bom, adorei!

Sim vamos fugir :)

Beijos

prafrente disse...

"fugir para amar"...belo, muito belo...então eu também já fugi...e continuo fugindo sempre que posso...fugir das regras sociais feitas por pessoas bem intencionadas, todas certinhas e que no fundo soa tudo a falso...
e amar no meio da floresta, na areia branca da praia, libertos de todos os preconceitos e sentindo apenas o prazer de amar...e de viver...

Beijinho de Portugal

Dauri Batisti disse...

Fugir deste modo que você coloca significa para mim resistir. Ou seja, não ceder ao mais fácil, que sempre é ir para onde todos vão, dizer o que todo mundo diz, estar, bonitinho, de acordo. Mas é preciso resistir. Vamos?

Everson Russo disse...

Trazendo um carinho especial de bom dia pra ti,,,e dizendo que o amor é isso,,,ele é sincero,,,até na hora de ferir feito ferro,,,de machucar o coração, e de virar as costas e ir embora...rs..rs..apenas comentando seu comentario no Livro,,,por isso que sinto sua falta....sempre há uma troca....beijos e um dia lindo pra ti....

p.s. To começando a espalhar aos amigos mais proximos,,,,mas o Livro dos Dias tá virando livro mesmo,,,,em breve,,,se Deus permitir.....

O Sibarita disse...

E isso é lá pergunta que você faça fia? kkkkkk Vamos sim e ai? kkkkk

Paula, seu coração é doido de amar e você segurando as rédeas, solta dona moça, deixa o coração sair em disparada... ô beleza! kkkkkkkkk

Seus belíssimos textos dizem isso, viu? kkkkkkkkkk

bjs
O Sibarita