domingo, 28 de novembro de 2010

Sonhos Despedaçados

Neste post venho num trabalho em dupla. Título e tela de Antonio Carlos, texto meu.
Este foi o comentário e logo depois surgiu o que escrevi.
Você conseguiu fazer Sonhos Despedaçados, bem colorido, e os traços dão sensação de leveza.
Mas depois fiquei pensando, geralmente sonhos são coloridos, são cheios de vida e de energia boa, mesmo que despedaçados, serão pedaços coloridos.



Sonhos despedaçados

Quando o casamento acabou, mesmo com toda a dor, tristeza, medo, decepção, ela não quis rasgar as fotos nem destruir a fita cassete da cerimônia do casamento. Ali estavam registrados momentos de sonhos. Era uma vida registrada em fotos e fita que poderiam ser destruídos. Rasgados com todo furor, entre lágrimas e ódio. Ou picotados com tesoura em pedaços pequenos na tentativa de destilar toda a raiva e frustração. Aquela cena de destruição, poderia ajudar num momento de tristeza profunda, de dor imensa, mas a sua memória não seria apagada. Os momentos de sonhos não iam se dissipar feito nuvens em céu azul num dia de verão.

Os momentos vividos estavam eternizados em seu sentir. Para onde ela fosse eles iriam. O seu maior sonho era a filha, e a filha com os olhinhos pretos, estava viva, estava bem, e seria o elo eterno com o passado. Mas era vida para se viver intensamente o presente, para se projetar um futuro, e continuar sonhando.
Mesmo com os sonhos despedaçados, e os sentimentos em pedaços, decidiu juntar os pedaços coloridos de si mesma, da sua vida, do seu passado, e transformar em novos traçados coloridos.
Se sonhos são coloridos, os pedaços são coloridos, mesmo que recortados em mil pedaços, mesmo que despedaçados e colados com rejunto preto. Serão pedaços coloridos de um sonho colorido.





Fica o convite para visitarem o blog de Antonio Carlos   http://charcoaaldrawing.blogspot.com/
Um Galeria Virtual.

19 comentários:

myra disse...

total beleza!!!as tuas palavras acompanhando a pintura tbem muito bonita!
amei!!!
beijos

Everson Russo disse...

Sonhos despedaçados na mistura das cores,,nas dores das pinceladas, nos desejos perdidos em imagens distorcidas dos sentimentos....beijos querida e uma semana muito linda pra ti...


p.s.to aguardando as fotos sim,,,elas me inspiram muito,,,pode apostar nisso...beijos.

Blue disse...

Multicoloridos sonhos, por quais passamos, Poeta e Andarilha Pernambucana!

QUase sempre, acabam despedaçados. Cabe a nós, reconstrui-los.

Beijos

HSLO disse...

Ótima postagem amiga.

abraços
de luz e paz

tossan® disse...

Lindo texto Paula com sempre com a alma. Já conheço o belíssimo trabalho desde a época do Fotoblog. Beijo

Antonio Carlos disse...

Olá Paula, tudo bem?
Amei demais esta tua postagem, mesmo com um teor triste de sonhos não concretizados da maneira idealizada, ficaram pedaços deste momento, pedaços coloridos, que com o tempo foram ganhando mais cor e força capazes de superar todas as mágoas, podem estar separados, mas representam o elo entre o presente laçado e um passado despedaçado.

Fiquei também muito feliz por escolher a imagem do desenho como ilustração para o seu belo texto, obrigado pelo carinho e consideração.

Parabéns!

Abraço e uma boa semana.

walter disse...

E são mesmo Paula!

Com muita alma e ternura (des)esvreves (re)cortadas vidas que nos habitam permanentemente, ainda que guardadas em mil pedacinhos na nossa caixa de memórias...

Um saudoso beijo

Walter

Maria disse...

Lindo!
Um enorme presente que me deste!

Beijos, Paula.

Daniel Savio disse...

Nunca podemos esquecer o passado, pois caso o fazemos, uma hora, ou outra, esqueceremos porque somos felizes...

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.

Nanda Assis disse...

ficou show!!

bjosss...

Everson Russo disse...

Uma semana toda linda pra ti amiga,,,muita paz e carinho...beijos.

Vivian disse...

...esta tela do Antonio Carlos,
e esta tua inspiração literária,
só poderia resultar neste
encantador post!

beijos, querida!

Tod(as) palavras disse...

palavra, arte..conjugação perfeita e sensível. meu abraço.

Espaço Aberto disse...

Sua postagem deu um show de criatividade e emoção!

Você sabia que mais comum do que a maioria das pessoas imaginam, o Transtorno de Déficit de Atenção afeta uma média de 5% a 10% da população infanto-juvenil?
Quer saber mais sobre o assunto? Venha ler a matéria da Carmem.

Receba o nosso abraço carinhoso

poetaeusou . . . disse...

*
multicoloridas,
as tuas palavras !
,
conchinhas,
,
*

Ana Lu disse...

Linda a pintura, e a sua descrição dela foi a melhor possível! Realmente os sonhos, mesmo quando despedaçados, continuam coloridos!
E as lembranças verdadeiras nunca são apagadas!
Beijos Paula!

Ava disse...

Paula, me senti parte do seu texto.
Sei de cor cada sensação de ver um sonho despedaçado, e querer destruir esse sonho, depois que ele acaba é realmente impossível...
Lindo demais, e mesmo com toda a ponta de tristeza, ainda assim é lindo!


Beijos em seu coração

Paulo disse...

A sintese do blog ou do texto:
Pensamentos, fotos e devaneios...

Muito bom, Paula

BRANCAMAR disse...

Bem lindo o blog de teu amigo, percorri duas páginas de bonitas telas, voltarei.

Agora o seu texto nesta tela que se chama "Sonhos despedaçados" é encantador e é bem o que penso. Não vale a pena ficar raivas, ou sonhos pretos, porque tudo tem um caminho e se você tomou a decisão certa, na hora certa, sempre há sonhos bons que ficaram e quanto mais não seja o colorido da sua consciência se fez tudo que devia fazer e esse colorido te trará a serenidade para a construção de um belo arco-íris de futuros sonhos.

Beijinhos Paulinha, gostei muito.
Branca