domingo, 6 de fevereiro de 2011



Ler você é feito dançar ligeiro, sem dar tempo de cruzar a perna e pisar no próprio pé. Ler você é feito dançar uma música bonita, querendo curtir a melodia e os sentimentos e o parceiro ficar falando sem parar. Porque ler você é escutar vozes que vem lá do sotão da mente. Ler você é feito dançar valsa, rodopiando no salão com um bom dançarino. Porque você sabe nos conduzir entre os cenários e o perfil dos personagens.

Ler você, é claro, é muito mais do que se possa ficar fazendo paralelos. Ler você é um baile, com uma boa orquestra, um excelente dançarino, um chão bem encerado. A gente dança e não se cansa, fecha os olhos e quer mais. Quer sentir os dedos da emoção acariciando a alma e beijando a mente.



22.01.11

10 comentários:

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!! Desculpa a ausência, mas estou estudando para concurso e definitivamente já estou ficando louco com isso,srrsrsrr.Estou trabalhando num local que tudo é bloqueado e quase nã acesso a internet, estou com saudade de comentar com mais frequência os amigos e seus blogs,postar poemas com mais frequência, me vi nesse texto,srsssrs.Ficou muito bom.
Bjs.

Sonhadora disse...

Minha querida

Um belo texto...quando as palavras são doces, entram no coração como música suave, que nos embala, adorei.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Luciana Andrade disse...

A melhor leitura é daquilo que fica nas entrelinhas! :)

Hugo de Oliveira disse...

Bonito texto...é uma declaração linda e inteligente.

abraços Paula.

EDER RIBEIRO disse...

Faço do teu texto palavras minhas quando te leio. Bjos

myra disse...

"Quer sentir os dedos da emoção acariciando a alma e beijando a mente."
maravilha, tantissimos beijos

Everson Russo disse...

O melhor de uma leitura é justamente isso, a viagem que ela nos leva,,,quando escutamos sons,,,canções,,,palavras, sussusrros do vento,,,quando na verdade ao ler,,,escutamos atraves daquelas palavras a voz gritante da nossa alma...grande beijo de boa semana pra ti.

mfc disse...

Ler... reparar... e sonhar!
É isto e muito mais.

Fie disse...

Ler alguém (como obra ou pessoa) é fazer com que parte do que foi lido se torne parte de você, fazendo parte dela ficar sempre contigo.

Lindo blog. Adorei os "Das coisas que não entendo." e "O que me irrita virtualmente.". Concordo contigo. ^^

Beijo.

Armindo C. Alves disse...

PAULA
Ler os seus textos é sempre um momento de valorização.
A Paula engrandece, reformula e dá sentido ás palavras, redobrando o sentido e polarizando os conteúdos.
Escrever com o coração é como compor uma melodia, é ter o domínio completo dos "sons". É saber harmonizar a relação entre o escritor, a escrita e o leitor.

Parabéns.

Porque não tenta escrever uma crónica num jornal ou revista?
Deixo a idéia.

Beijos.