domingo, 13 de março de 2011

Um dia fiquei chateada e triste, e as palavras sairam de pedaços.
Então juntei e coloquei de vez no blog.
Poderia ser uma série - chatice,incompreensão, tristeza...sei lá.



A-deus

Ad-mi-ra-ção

A-pren-den-do a se-pa-rar pa-la-vras das e-mo-ções.

(foi reprovada)

12 comentários:

Ilaine disse...

Genial, Paula! "Foi reprovado", pois penso que é difícil separar palavras das emoções. Elas, mesmo silenciosas, serpenteiam nossso pensamento e espelham nossa alma, constantemente. São como um auto-retrato. Beijo, escritora, e tenha um bom domingo.

epee disse...

Neste caso, uma reprovação benigna, ao caráter.

Podemos até conseguir, sabe-se lá... mas as palavras, por mais que nos esforçamos para camuflá-las, ainda permanecem, e na intimidade, delatando-nos e sendo eternas rés, confessas.
¬
Bom domingo

Dona Sra. Urtigão disse...

Genial !
Paula, está cada vez mais brilhante, se é que isso é possivel !

Garota Misteriosa disse...

Verdade, o reprovado sempre está bem na nossa testa, pois é complicado demais segurarmos as emoções e as palavras ditas nelas.

Mas ainda podemos aprender, aprender o que acontece quando sentimos tais emoções e como reagimos.

Obrigada pela Visita =)

Blue disse...

Que série fantástica, palavras, fotos. Esplêndido!

Mas não seremos todos,
náufragos neste sombrio salão de dança,
onde em cada esquina,
uma cruz está a nos esperar?

Beijos

Everson Russo disse...

Muitas vezes nos perdemos nas palavras,,,nos caminhos a que elas nos levam...beijos de boa semana pra ti querida.

tossan® disse...

Gostei do teu novo estilo de blogar parece o "Pé de Meia" Beijo

http://pedemeias.blogspot.com/

Maria disse...

Não se separam...
É uma reprovação que sabe bem!!!

Beijo, Paula.

myra disse...

impossivel separar as palavrasdas emoçoes. adorei,
gosto muito, um gde beijo minha querida Paula

Anônimo disse...

Por mais difícil que seja dizer A-deus as palavras são a certeza do elo inquebrantável deste sentimeno.

Anselmo Barcelos

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Paula, gostei da série de posts, este aqui e o anterior ficaram bons demais...
A palavra final deu o veredicto a cada momento pensado, imaginado...ou vivido...
Palavras estão ligadas ao sentimento...ou não...como já diria o Fernando...aquele...o tal do Pessoa em uma de suas frases mais conhecidas, mas as vezes discordo dele, apesar de admirá-lo por demais
Um abraço na alma...boa semana
Beijo

R. Sant'Anna disse...

Sobre os lábios... Fica a eterna dúvida do que seria menos torturante: provar ou não?

Abraços