quarta-feira, 29 de junho de 2011

Amar....




....e o que poderia ser fácil, se torna difícil.
E o que poderia ser simples é complexo.

Porque é preciso outros verbos para conjugar amar
...doar, compartilhar, compreender, perdoar...


...e mais verbos fariam parte do amar..




(achei este comentário que fiz no blog de Jacinta)
24.04.11
foto: Chapada dos Veadeiros
Alto Paríso-GO







16 comentários:

Everson Russo disse...

E por toda essa complexidade e misterios, que amar é muito bom e i nstigante.....beijos e beijos de boa quinta feira...

myra disse...

amar, amizade, temas complexos mas sem estas duas maravilhosos sentimentos nao se poderia vivir...
beijos minha querida Paula

Maria Dias disse...

...Ah o amor...
Mas q lindo casal Paula...Lindo...Puros e verdadeiros.

ADOREI as fotos!

Beijo

Maria disse...

Porque temos nós a mania de complicar o que pode ser fácil...
O amor, o acto de amar, contém muitos verbos dentro!

Beijos, Paula.

Tatiana Moreira disse...

Pois é... Conjugar AMAR é preciso que tenhamos mais sentimentos agregados...
"...doar, compartilhar, compreender, perdoar..." São alguns dos que mais precisamos! Enfim, não é tarefa fácil. Eu ainda acredito que sempre vale a pena tentar!

Beijos para você Paula!

mfc disse...

Enriquecer o verbo amar é um dom de quem sabe amar!

Daniel Hiver disse...

Amar é mesmo uma doce e complexa mistura de todos os verbos que tem a ver com coisas boas e essenciais.

Rui Pires disse...

Obrigado pelos seus comentários no meu blog OLHAR D'OURO.
É um prazer receber pessoas como vc que sabem tão bem admirar fotografia!
Estou seguindo seu blog, gostei de descobrir ele, voltarei com mais tempo.
Obrigado mais uma vez Paula!

Rui

Memória de Elefante disse...

As cinzas reacendem em círculos
e somos um continuar de incêndios lentos e repetidos.
Reaprendemos o silêncio deserto a deserto que são a nossa reinvençaõ a cada dia.

Um beijo

Lídia Borges disse...

Uma ideia bastante interessante essa de o verbo amar necessitar de outros que o complementem.

Excelente!

L.B.

Armindo C. Alves disse...

PAULA
Mais uma vez a sua forma bonita, poética, abrangente e clara de dizer as coisas.
Como diz e as "reticências" indicam, os verbos não teriam fim, tal a dimensão de "amar".

Tenho comentado pouco, por falta de tempo, mas estou sempre presente.

Beijos.

Parabéns pela fotografia, à "Chapada dos Veadeiros".

Allyne Alves disse...

Exatamente, Paula! Por isso mesmo que não é nada facil amar de verdade...E cada dia que passa a gente aprende mais e mais um pouquinho...

Beijao.

Vivian disse...

...amor de verdade é infinito,
e portanto nele cabem todas
as conjugações ditadas pelo
coração.

bjokas, querida!

Everson Russo disse...

Um lindo final de semana pra ti querida... beijos e beijos...

Memória de Elefante disse...

Paula!

Voltei só para dizer o quanto ficou linda esta foto.
A coruja como bem sabes é o símbolo da sabedoria.
Dizem que ela arranca da alma o saber, a dúvida e os medos escondidos.

Um beijo

OceanoAzul.Sonhos disse...

Só assim se consegue o verdadeiro Amor...
Lindas palavras!
um abraço
oa.s