terça-feira, 12 de julho de 2011


Você tocou meu coração. Tenha certeza. Se escutei uma música diferente da que era tocada, não se preocupe, o importante é minha alma ter dançado. Dizem que só escutamos bem com o coração. E eu escutei um música embalando os meus dias. Sabe, tentei cantar e dançar. Desafinei. Posso até ter dançado demais, ter soltado as asas pelas estradas do meu céu, faz parte de quem escuta um música que toca o coração, faz parte do processo da troca de plumagem.A vida é assim, desafinamos, trocamos os passos, trocamos os pés pelas mãos, mas no fundo no fundo, trocamos as asas que ajudam a voar os dias. Acho que você bem entende que precisamos de sons, de danças, de toques, de um novo olhar, para embalar os dias. Os encontros musicais que tocam os coração acontecem, às vezes um som de tuba, outras vezes um som de violino.

Quando em contato com os sons do seu coração, tive vontade de fotografar poesias, e sai pelo mundo vendo poesias nas ruas, ali estava o melhor entendimento de vida. Mas ainda preciso de muito para compreender a dança da vida, e afinar meu coração com as músicas que tocam no dia a dia. E você sabe que não é fácil esta orquestração entre o mundo interno e o externo. Saber que você entende, faz com minha alma fique um pouco aliviada destes descompassos e desafinações. Você tocou meu coração, ainda escuto as vibrações musicais no meu ser.


10 comentários:

Maria disse...

Belíssima prosa poética de tons e sons que nos tocam o coração.
Gostei muito, Paula.

Beijos.

Memória de Elefante disse...

Paula!

Nunca nos sentimos tão inteiros como nesses primeiros tempos em que estamos fragmentados:tirados de nós mesmos e esvaziados de tudo o mais, plenos só do outro em nós.



Um beijo

Vivian disse...

...embora saibamos que
é uma inverdade,
o outro sempre nos completa,
mesmo no mundo da ilusão.

pessimismo?
não...

constatação!

bjs, querida!

Ana Lu disse...

Meu Deus Paula, você me deixou completamente sem palavras. Que texto maravilhoso! Vou ter inclusive que twittar umas frases, porque né. Dando seus créditos, claro.
Amei, amei, amei! A vida, afinal, nada mais é do que a maior das orquestras!
Beijos! ;)

myra disse...

emoçao, emoçao, e mais emoçao com tuas palavras!
querida Paula! beijosssssss

EDER RIBEIRO disse...

ainda escuto as vibrações musicais no meu ser. Que seja sempre assim, pois a vida se torna bela qdo se tem uma trilha sonora. Bjos.

mfc disse...

A sintonia do externo com o interno é amor... qualquer que seja a forma que ele revista!

OceanoAzul.Sonhos disse...

Você tocou meu coração com esta prosa poética, como se de suas palavras saissem notas musicais plenas de sentir.

Um abraço
oa.s

Everson Russo disse...

Eu to precisando escutar essa musica diferente da que é tocada outra vez,,,mas ao mesmo tempo, mora um medo nesse caminho,,,os sons do coração muitas vezes nos fazem voar alto demais,,,e aquele pensamento de que o infinito faz o limite dos sonhos, acabamos por nos perdermos pelo caminho,,,é bom,,,mas é perigoso,,,a dor que ficou da ultima vez foi tão estranha....grande beijo de lindo dia pra ti querida...

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Muito bom quando u m som toca nosso coração,Paula. Obrigado pelos comentários carinhosos. Beijos