sábado, 17 de setembro de 2011

série: amigo imaginário



Muitos já tiveram vontades de manipular o tempo. Parar o tempo. Acelerar o tempo. Depende da emoção, dos sentimentos. Quando estou me deleitando com a emoção que surge de você também tenho essa vontade de ser dona do tempo. E sou. Quando paro tudo e deixo os meus dedos falarem loucuras. Quando deixo os meus dedos sussurarem meus sonhos. Quando deixo meus dedos caminharem falando de desejos, de vontades. Só em contato com as emoções que você me acorda, é que consigo deixar os meus dedos penetrarem os espaços vazios, mas que estão repletos de histórias, de sons, de cheiros. Parei o tempo, para me escutar. E assim o tempo caminha lindo. Repleto de sons, cores, cheiros e movimentos da natureza. Da minha natureza.


15.09.11




18 comentários:

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Oi Paula!
Continua muito interessante essa série, mas o tempo jamias pode ser manipulado... eu acho!
bom fim de semana!

Antonio Furquim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antonio Furquim disse...

Oi Paula,
Descartes já falava sobre a dúvida, que é tão possível desconhecer mesmo sabendo, a verdade é evidente a quem consegue exerga-lá, e manipular o tempo só é possível a quem o conhece o bem mesmo que pontuado de interrogações.
Abraço e bom fim de semana.

http://antoniofurquim.blogspot.com/

Blue disse...

Parar o tempo, só em palavras, em sonhos ou tirando a bateria do relógio. Mas mesmo assim, escutar-se, um belo exercício!

Beijo

EDER RIBEIRO disse...

Parar o tempo para requerer aquilo que é importante, que lhe toca, sim, isso é possível, a mente nos dá essa possibilidade. Bjos.

Sonhadora disse...

Minha querida

Quantas vezes não sentimos vontade de parar o tempo...mas ele não obedece, vai sempre correndo.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

myra disse...

como seria bom poder parar o tempo---infelizmente, ninguem ainda inventou esta coisa qu seria fantastica:)))), bem nem sempre..
beijosssssssss

Everson Russo disse...

MuiTas e muitas vezes já parei o tempo pela madrugada olhando a lua,,e ela olhando pra mim,,,sentimentos ali presos num vazio sem fim...que por resultado,,,uma cançao ou algo assim,,,,beijos de boa semana pra ti querida.

mfc disse...

" Quando paro tudo e deixo os meus dedos falarem loucuras. Quando deixo os meus dedos sussurarem meus sonhos."
Que lindo!

Cαmilα ♥ disse...

Não consigo controla-lo, me perco, seja nos momentos bons ou nos não tão bons... seja escrevendo ou vivendo.
Lindo, Paulinha.
BeijO

Memória de Elefante disse...

O tempo me ensinou
a não acreditar demais na morte
nem desistir da vida:cultivo alegrias num jardim
onde estamos eu, os sonhos idos,
os velhos amores e seus segredos.
E a esperança que rebrilha
como pedrinhas de cor entre as raízes.

Um abraço

Sotnas disse...

Olá Paula, desejo que tudo permaneça bem contigo!

O tempo, jamais será nosso aliado e sendo assim jamais se deixará por nós ser manipulado.
Entretanto, quando nos deixamos manipular por ele, de certa forma o estamos indiretamente manipulando também, ou não!
Gostei do teu belo texto, talvez porque já escrevi algo sobre este indomável também, e por me interessar por esta relação de desconfiança ao mesmo tempo em que confiamos nosso destino a este inclemente tempo!
E já que por cá estive, e deveras agradecido por tua amizade e visitas sempre tão generosas, deixo aqui meu desejo que você e todos ao redor tenham um intenso e feliz viver, sempre regado de saúde, amor e paz, abraços e até mais!

Maria disse...

É muito bom quando temos assim a capacidade de, com os dedos, parar o tempo. Ainda que seja só para nos escutarmos...

Beijo, Paula.
Com saudades...

OceanoAzul.Sonhos disse...

E em sonhos vivemos, revivemos e sonhamos. O tempo esse parece parar em cada recanto de memória, de vida.

Gostei muito do texto.
boa semana, um abraço
oa.s

Everson Russo disse...

Uma ótima segunda feira pra ti minha querida amiga...beijos e beijos.

Maria Dias disse...

Vc parou para se escutar e se esquece dos amigos...Ô Paula Kd vc? eu vim aqui só pra te ver!rsrsrs

Beijocas!

P.s.Vc brigou comigo?

Evanir disse...

Uma semana de paz que Deus abençoe
poderosamente sua vida.
Agradeço seu carinho e sua amizade.
Que eu possa deixar somente
amor por onde passar.
beijos feliz semana.
Evanir

Ilaine disse...

Tempo repleto de ti, de tua procura, de tua sensibilidade: "quando deixo meus dedos sussurarem meus sonhos." Teu tempo que fica e que tens. Lindo escrito!

Adoro estes textos, Paula.
Beijo