quinta-feira, 1 de dezembro de 2011






Lembro. Lembro sim. Lembro do meu primeiro sorriso ao te olhar. Lembro como se fosse hoje. E hoje, agorinha, o sorriso sorriu de novo. O silêncio da madrugada está assobiando. Só mais tarde quando amanhecer o dia é que colho o som dos bem-te-vis. Por enquanto o assobio da madrugada escuta o canto dos meus olhos sorrindo. É você desfilando vestido de poesia. Nunca pensei que alguém pudesse viver vestido de poesia, mas você se veste assim, sempre. E o perfume é Poema. Um aroma gostoso se confunde em mim.



15 comentários:

myra disse...

"Nunca pensei que alguém pudesse viver vestido de poesia, mas você se veste assim, sempre."
maravilhosa frase, minha querida Paula, conheci alguem assim infelizmente se foi...para bem longe...
beijossssssssss

EDER RIBEIRO disse...

Paula, concordo com a Myra. Vc consegue ser divinamente poética ao escrever prosa. Bjos. Bjos.

Sonhadora disse...

Minha querida

Simplesmente maravilhoso...um eterno momento de bela poesia.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Blue disse...

São aromas de uma poetisa,
que emana poesia!

Beijo

Tatiana Moreira disse...

Certas emoções e sensações boas ficam eternizados em nós!

Aos poucos estou voltando com as postagens em meu blog Paula, e espero estar sempre perto das pessoas que fazem diferença em minha vida. E você com toda certeza é uma delas!
Um abraço carinhoso

mfc disse...

Que maravilha o conseguir-se manter o sorriso poelos tempos fora!
Agora é a minha vez de sorrir...!

carli disse...

Também é poesia o que escreve. Gosto da maneira acessível como descreve o que sente.

bjs

Everson Russo disse...

Uma pontinha de saudade nesse olhar,,,nesses sonhos e desejos...nesse exato momento da alma...beijos de bom final de semana pra ti amiga.

Anônimo disse...

Adorando !

Um beijo grande.

Armindo C. Alves disse...

É bom rir por ter sorrido, mesmo que esse riso tenha eco no silêncio. É que por vezes o silêncio é romanticamente perfumado.

Bom fim de semana para si, Paula.

Beijos

Evanir disse...

Venho lhe trazer rosas as mais belas e perfumadas.
Venho agradecer seu carinho mesmo estando ausênte
não esqueceu de mim.
Nossa amizade é benção Divina em minha vida.
Sou feliz e agradecida em saber
que embarcou comigo na minha Viagem.
Uma Viagem de carinho amor e paz.
Estarei fazendo tudo que puder para
marcar minha presença no seu blog,
pois você com seu carinho muito tem contribuido
muito para continuar sendo a guerreira que sempre fui.
Um final de semana da paz e na luz.
Um Lindo Domingo..
Vou continuar te seguindo e te amando sempre.
Te Amo.
Evanir

Maria Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Dias disse...

Q lindo pensar em alguém vestido de poesia(uma delicadeza) e existe sim um perfume com nome de poema:Poême é o nome do perfume da Lancôme.

Paulo Francisco (Pchico) disse...

Paula, tem um anônimo usando o üm beijo grande¨
Digo: Não comento como anônimo, sempre assino. Deixei de vir aqui, justamente por causa desse anônimo que sempre aparecia depois de um comentàrio meu.
Gostei do texto. E já li em algum lugar sobre vestir-se de poesia. Você pode me situar?

Memória de Elefante disse...

O poema insiste com a estranha sedução, sinto o seu perfume.



Abraço!