segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Ano novo, sonho antigo.


Sempre gostei de ler jornais, mas não me dava conta que jornalista é gente. Apenas lia as matérias. Um dia li uma matéria que tinha vida. E li outra matéria que tinha vida, pulsavam as palavras. E li outra matéria que tinha vida, as letras sorriam enquanto eu chorava. Então descobri o jornalista, e descobri que jornalista é gente. Descobri tanta vida em mim, a partir daquelas matérias que tinham vidas. Tinha também a vida do jornalista, em algumas frases, no olhar, na escuta, na forma de descobrir vidas. Os anos se passaram. Começo a descobrir que jornalistas morrem. Aquele jornalista não morre dentro de mim. Mas vai morrer um dia, assim feito eu vou morrer. Não sabemos o dia, nem quem vai morrer primeiro. Mas será que eu não vou conhecer ele, enquanto ainda tem vida dentro de mim?



O sonho mais trabalhoso de se sonhar, é o que se sonha conhecer gente.



8 comentários:

Felippe disse...

que esse sonho possa estar alimentando muito amor e perseverança.

Sábias palavras...

Paula Barros disse...

Pois é, Felippe, é um sonho que mudou minha vida, e tantos outros sonhos já foram sonhados, e muitos realizados, criei o blog a partir destas leituras, conheci muitas pessoas e lugares, tenho me descoberto mais e mais.

Sonhadora disse...

Minha querida

Acreditar sempre...nada é impossível, enquanto há vida há esperança e perseverança.

Um beijinho com carinho e bom ano
Sonhadora

O Sibarita disse...

Porreta! Ô fia que bom tem descoberto através deste jornalista que os sonhos são possíveis...

E Com foi de passagem de ano? -O meu? -Nem lhe conto... kkkkkkkkkk

Um bom ano cheio de alegrias e que todos os seus sonhos se concretizem!

O Sibarita

Paulo disse...

Sabe, você tem alma. Então será muito mais fácil conquistar o que deseja.
Um beijo grande de boa noite.

myra disse...

sempre acreditar nao é possivel...qdo vemos tudo que passa neste mundo, é melhor viver "sonhando"..quem sabe algum dia....
beijos

eder ribeiro disse...

A vida é o resultado de encontros, não é por acaso, se tiver que acontecer, acontecerá. Vc sabe, temos que agir. bjos.

mfc disse...

Pensar nos presentes como um dia ausentes...