quinta-feira, 5 de janeiro de 2012





série: o sentir da emoção

Que bom sentir esta leveza que se anuncia. Mesmo que seja momentânea. Mais é uma leveza. Até as árvores lá fora se anunciam sorrindo balanços de galhos. E o sol? O sol está firme nesta caminhada de céu azul. De beira mar. De fauna e flora com cheiros e cores. Um alívio de belezas chega macio. Que bom sentir.

13 comentários:

Vinicius disse...

Paula, mas não será a leveza um fardo? Isso me lembra o livro, "A Insustentável Leveza do Ser", do Milan Kundera. Já leste?

Abraço

Vivian disse...

...esta beleza em calmaria
sempre esteve aí.

nós é que somos
distraídos demais.

ensimesmados com coisas
bobas até.

bjs, poeta!

myra disse...

linhas de gde beleza!
minha querida Paula, nao é preciso te dizer qto gosto de vir te ver...
beijosssssssssssssss

Maria Dias disse...

E vc captou este momento magestoso da natureza.

Beijinho

Maria

Tatiana Moreira disse...

Quando a leveza nos invade... Sentimos melhor os momentos de encantamento da vida!
Feliz 2012 Paula!
Um abraço carinhoso

Eurico disse...

Andas numa suavidade... e tuas imagens vão nos envolvendo em paz...

Abraço e dias felizes nesse janeiro ainda ensolarado...

eder ribeiro disse...

Paula, para mim, a vida resume em senti-la, o resto deixamos para os filosófos, pois só sente quem tem a visão poética das coisas. Bjos.

Felippe disse...

voa beija-flor!!!

livre, leve e solto...

o infinito lhe espera menina. Com um céu azul e muitas alegrias com essa imensa vontade de viver.

Everson Russo disse...

Toda levez,,,todo momento bom é um instante,,,passa rápido pra deixar aquela boa sensação de quero mais...beijos de bom final de semana pra ti.

BRANCAMAR disse...

Paula, minha querida amiga,

E que bom trazeres esta leveza Primaveril até este lado do Atlântico em que se faz sentir um Inverno cinzento e frio no tempo e na governação do país.

Desculpa algum silêncio por estes dias,do meu lado. Ando sempre para passar por aqui, mas num tempo em que tem sido difícil, são muitas vezes os amigos mais chegados os que mais esperam porque é com eles que quero falar com calma e também porque sei que são os que mais compreendem as dificuldades, as limitações e os desânimos.

Volto amanhã para ver o que não vi aqui atràs.

Um grande abraço e beijos para toda a família, Dona Djanira também.

Dias muito felizes para todos em 2012.

Branca

Blue disse...

Sentir a natureza na sua leveza,
O sol e o azul do céu como a contemplar.

Beijo

mfc disse...

É bom este anunciar da calmaria e do bom tempo!

O Sibarita disse...

Fia, a leveza é tudo e se o amor pulsa então...

O Sibarita