sábado, 4 de maio de 2013






Repouso em tuas mãos de luz
O meu desejo
São infinitos e é um só
Estar contigo
Nos toques das valsas dançantes
O teu cheiro
A imensidão de nós mesmos
Um momento único
O encontro carnal dos sonhos
Na palma das mãos, as mãos
No olhar, o outro
Meu outro – você
Nas tuas mãos de luz
O meu desejo incandescente


5 comentários:

myra disse...

nas tuas maos de luz!!!!etc, voce e uma grade poetsa!!!!!!!!!!!!!!!lindo, lindo, lindo
mais beijossssssssssssssssss

Evanir Garcia disse...

A paz começa com um simples gesto.
Vem do coração e alimenta a nossa alma .
A magia da vida consiste em derramar a paz por onde passamos e
nesta passagem acrescento meu carinho a você
que percorre comigo as trilhas perfumadas e coloridas da existência.
Deus abençoe você poderosamente :Um feliz final de semana.
Beijos no coração afagos na sua alma.
Como vai os bebes ?
Sentindo falta de você .
Minha Lara já esta linda andando fala papa ,mama , vovó..

Armindo C. Alves disse...

Quando eu vir o sol ofuscando, é perque você está suplantando a sua luz e calor. Estará certamente realizando esse desejo incandescente.

Feliz domingo.

Beijos.

Paulo Francisco disse...

Um poema de amor.
Um beijo

O Sibarita disse...

Taí, esse poema tão amoroso, tão desejo e aquelas mãos de lá ele em luz clariando a caminhada...

Inspiradíssimo esse poema!

Fia, vc tá que tá, delícia! kkkkkk

O Sibarita