quinta-feira, 20 de junho de 2013



Ao pensar em ti
Sinto ainda dentro de mim
Ondas de calor e de arrepios
A minha emoção
Protesta pela tua ausência

Ah!, sentimento rebelde
Revolucionário
Caminha numa marcha contínua
E se junta a outros sentimentos
Me fazendo pensar sempre em ti
Sem respeitar os meus limites
Nem as horas do dia

Amanhecia
O sol tentava romper a escuridão
O pensamento se rebelava
Fazia eclodir saudades

O dia era o presente, a vida
Mas as horas descarrilhavam o passado
A cada novo instante
A esperança de ti ver surgir

Este protesto dos sentimentos
A desalinhar a linha do raciocínio
A quebrar meus paradigmas
A explodir lembranças
Não busca mudanças

Quer a permanência
Da ebulição das emoções
Enquanto respirava
O mesmo ar das tuas belezas
Que iluminava o meu olhar
E que fazia a vida
Ter uma rota pacífica de bem-estar








10 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Acho que foi bem feliz ao dizer, entre real, virtual e ficção. Um grito dentro de si, uma revolta, tentando rebuscar uma caminhada que já foi tranquila e plena. Parabéns, Paula.

Ricardo/águia_livre disse...

Um grito de chamamento ao amor. Gostei muito de ler...
********************
Visitem-me:
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

myra disse...

magnifico poema!!!!!!!
como te admiro e qto te quero!

eder ribeiro disse...

Nesse turbilhões de emoções o que pulsa é a vida necessitando seguir sem se importar o q virá depois. Irresponsabilidade, loucura? Quem importa para os rótulos qdo em nós a necessidade de aventuras nos impulsiona a ir. Bjos. Boa sexta. Bom finde.

Existe Sempre Um Lugar disse...

revela bem o seu lado repleto de bons sentimentos, não devemos parar a caminhada nem deixar de ser seletivos.

ag

O Sibarita disse...

Ei moça! kkkkk Tá com o coração aflorado, né? E o que dirá lá ao ler esse poemaço?

Talvez tenha escrito também, talvez tenha os mesmos desejos tão bem descrito por vc, talvez um poema de lá ele tão assim, bem assim sentimental, né não? Repare... kkkkkkkkkkkkkk

FELIZ SÃO JOÃO!

O Sibarita

Ricardo/águia_livre disse...

Lindo... gostei de ler

Fique feliz

Benno disse...

lindo poema:
A lembrança, a espera, a doçura e dor que a imaginação nos faz sentir.
beijo

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá,
A explodir lembranças não busca mudanças, afogar lembranças caminhamos para as mudanças, esta fazem falta mas nunca acompanhadas com as lembranças.

abraço

ag

Paulo Francisco disse...

Lendo...