sábado, 31 de agosto de 2013




Um certo dia acordei com saudade do tempo que algumas das minhas grandes preocupações era decorar o nome dos ministros para a prova de OSPB (Organização Social e Política Brasileira), sem me preocupar com os políticos que roubavam e matavam; outra preocupação era pintar, bem colorido, o mapa do Brasil, sem ainda saber e compreender as diferenças sociais entre os estados, onde SUDENE era um órgão para solucionar os problemas da seca e não para enriquecer alguns, outra preocupação era pintar a bandeira do Brasil , acreditando e encantada com a frase Ordem e Progresso, e com o significavam as suas cores (o verde as matas, florestas, o amarelo o ouro e as riquezas, o azul o céu, o branco a paz) e em desenhar as estrelas, eu não sabia que existia os desmatamentos, as queimadas, a poluição, o roubos, os jogos de interesses pessoais.....eu era feliz com uma caixa de lápis de cores e com as estrelas que eu sabia desenhar.





10 comentários:

Paulo Francisco disse...

Pois é... Crescemos!

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde, Paula Barros
Pois é... tudo passa, tudo muda
mas as recordações, essas ficam sempre... Eu era muito mais feliz, quando nem se quer tinha televisão para ver... assim não tinha o stress que tenho hoje..
Pois é... entretanto estou velha. lool

Gostei muito de ler este texto!

beijo, bom fim de semana

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

brisonmattos disse...

Que foto maravilhosa! Sempre me emociono coma nossa bandeira. Talvez o amor pela minha pátria seja um bom motivo pra tanta emoção. Tb fui do tempo do OSPB, e me lembro que achava muito chato ter que estudar tudo aquilo. Um verdadeiro pé no saco.Penso que Deus faz tudo direitinho,por isso tantas fases pelas quais passamos sejam importantes.

Ricardo- águialivre disse...

Olá

Somos pequenos e sonhadores...crescemos e continuamos sonhadores.. apenas com maior compreensão e uma forma mais adulta de ver as coisas e as diferenças

Sonhamos por vezes...mas quando acordamos ficamos tristes e desiludidos

Desejo um Sábado Feliz

Deixo um abraço
************************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Blue disse...

Belíssimo devaneio!
E pensar que sentíamos orgulho de ser brasileiros, de saber de cor e salteado seus ministros.
Também pudera, na época não eram 40 ladrões (e se foram, na nossa ingenuidade não percebíamos a dureza do ato).

Beijo

O Sibarita disse...

Ôxe! kkkk OSPB?SUDENE?kkkkk Os estudantes de hoje não sabem que é isso, REPARE... KKKKKKKKKKK

Fia, os tempos são outros, os roubos e a inocência idem! kkkk

Como dizia um político baiano de triste memória já falecido. "Mãos limpas e consciência de rato" kkkk

Porreta!

O Sibarita

eder ribeiro disse...

Paula, eu sou dessa época, hj, no colégio dos meus filhos já os ensinam sobre as mazelas do nosso país. Ontem, conversando com a minha filha, ela me disse o qtos elementos químicos têm no cigarro e o mal que ele nos faz. Aí veio a perguntam: - Pai, qdo vc estudava ensinaram isso? Com a negativa da resposta, ela me disse: - Pai, vc é de outro século. Bjos.

myra disse...

e sim, Paula, infelizmente tudo mudou..sera o tal progresso, ou melhor, re-gresso?!

Rui - Olhar d'Ouro disse...

Linda foto!

Uma aprendiz disse...

Paula,

Fui exatamente como você. Essa é a vantagem da inocência infantil.
Apesar de tudo que condenamos, sinto orgulho de ser brasileira. Amo o Brasil.
Não sinto a minima vontade de sair daqui.
E quando me chamam de "lunática" ou de "utópica" eu simplesmente respondo: OTIMISTA.
Hoje mesmo, vindo para o trabalho, cruzei com dois ônibus da UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ que não sei nem onde fica, mas me enchi de orgulho.
Há trinta anos atrás só a minoria cursava a universidade e a preço de ouro. Apesar de qualquer tipo de falcatrua que possa estar envolvida, milhares de alunos estão estudando e sonhando com um futuro.
E sabe para onde estavam indo?
Fazer uma visita à um dos vários museus que existem aqui em São Paulo.
Este em particular é da prefeitura e na entrada tem um cartaz enorme dizendo: 4.360 mil visitantes por dia.
Isso é cultura, educação.
Pense nisso.
Tudo na vida tem um lado bom.

Um grande beijo