terça-feira, 19 de novembro de 2013




A vida é feita de escolhas
Escolho ler e escrever
A pia que não escolhi
Está cheia de pratos para lavar

Ler e escrever me tiram o chão
Me levam para o mundo dos sonhos
A pia me devolve o chão
E as mãos enrugadas

A vida é feita de escolhas
Podemos e devemos sonhar
Mas a realidade é real
E os pratos continuam na pia

Uma hora chegará a hora dos pratos
Não será escolha
Será obrigação
Dançarei no chão real da cozinha
E a imaginação voará 




8 comentários:

Paulo Francisco disse...

Lavo louças ouvindo música.

Um beijo

myra disse...

dansa...dansa...e dansa por mim tbem!
bjos millllllllllllllllllllll!

Blue disse...

E se a vida é feita de escolhas
O ler e escrever é diversão
os pratos, coitados
obrigação...

Beijo

brisonmattos disse...

Não vejo essa realidade com esse peso todo mas enfim...Dancemos seja como for.

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Paula Barros!

BONITO =)

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá,
os pratos escolhem as suas mão macias, ficam alegres e felizes quando sentem as suas caricias, o chão ilumina-se de felicidade ao sentir os seus passos a dançar ballet clássico, tenho que concluir que os pratos e o chão são privilegiados ao ter a Paula por perto, tenho razão?
Abraço
ag

O Sibarita disse...

É isso, os pratos não são escolhas e sim obrigação, repare... kkkk

Escolhas, é o livre arbítrio...

O homem faz as suas escolhas, uns seguem o caminho do bem, outros, o caminho do mau...

Alias, vc precisa ler "A VIDA É FEITA DE ESCOLHAS" de Elisa Masselli. Livro Espírita, muito bom!

O Sibarita

Helena disse...

Ah, que delícia de poema!
Deixa os pratos pra lá... faz mais poesia, faz!