sexta-feira, 22 de novembro de 2013






Derrama sobre mim a tua poesia. E faz meu dia mais lindo, mais leve. Você nem sabe o bem que me faz a tua poesia. E nem eu sei porque me faz bem ser banhada por tua poesia. Então, que assim seja. O sentir superando todos os percalços do dia. A tua poesia me devolvendo raízes. A tua poesia me elevando aos céus. Chorar ou sorrir, transformando em asas o sentir.




4 comentários:

Cidália Ferreira disse...

E Eis que está aqui a tua poesia! LInda


Beijocas

O Sibarita disse...

Ou é? Aimôpai! kkkkkk

Se assim é, maravilha para lá ele que escreve para lá você, né não? kkkkk

Sei não viu? kkkk Lá você e lá ele vai terminar uma hora dessa se enroscando... kkkkkkkkkkkk

Porreta!

O Sibarita

:.tossan© disse...

Eu gostaria de ser esse poeta que tanto falas, mas estou longe disso. Beijo Paula

myra disse...

chorar ou sorrir...beleza este poema....sim, e assim...
beijos