quinta-feira, 9 de janeiro de 2014




Abre a janela
Solta o teu olhar
Deixa ele seguir com o vento
E pela minha janela entrar

Abre a janela
Solta teus pensamentos
Você nem imagina
Que colho teus pensamentos no ar

Abre a janela
Deixa o vento levar teus pensamentos
Germinar corações
Tenho um jardim
Onde planto teus pensamentos

Abre a janela
Deixa teus pensamentos voarem
Polinizarem meus devaneios
Sinto meus pensamentos sorrindo
Quando abro a minha janela
E encontro teus pensamentos florindo

Abre a janela
Independente do tempo
Toda vez que tua janela se abre
Meu céu é verão
Minhas noites são estreladas
E a minha lua fica acompanhada
De luz e emoção

Abre a janela




8 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Fantástico!

Assim ficamos à espera de janela aberta! Gostei muito

Tal como a minha janela está aberta... (Ao Amor)

beijo
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Blue disse...

Janelas e portas abertas,
Deixar a mente fluir.
Os devaneios e pensamentos,
Fluirão igual o luar.

Beijo

myra disse...

vove pode deixar a janela aberta...somete entram coisas lindas....aqui :) so frio e solidao...
lindo poema
beijos milllllllllllll

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá,
uma janela sempre aberta faz com que o amor entre de repente sem pedir licença,o amor não se escolhe acontece.
Abraço
ag

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Telepatia do sentir... emoção que se convoca ao outro... mas há que estar mesmo prepardos antes que isso aconteça mesmo :)

Beijo amigo

Nanda Assis disse...

que lindo!!!!!
bjoss...

myra disse...

e nao tem frio??? bem imagino que nao, so vim te dar um beijo...

O Sibarita disse...

Ô beleza! kkkkk A janela está aberta e no reflexo da lua vejo o seu rosto, o seu olhar, os seus lábios pidões... Hummmmm kkkkk

Belo poema!


O Sibarita